Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-11-10T10:19:58-03:00
Estadão Conteúdo
Estável

BTG Pactual tem lucro líquido de R$ 1 bilhão no terceiro trimestre

Resultado em comparação ao mesmo período do ano anterior manteve-se praticamente estável

10 de novembro de 2020
8:21 - atualizado às 10:19

O BTG Pactual registrou lucro líquido de R$ 1,002 bilhão no intervalo de julho a setembro deste ano, estável em relação ao observado um ano antes, quando atingiu R$ 1,003 bilhão. Ante o segundo trimestre do ano, o lucro cresceu 2,5%. Pelo critério ajustado, o lucro foi a R$ 1,016 bilhão, recuo de 5% na base anual, porém um aumento de 3% em comparação com o observado ente abril e junho deste ano.

"Estamos muito orgulhosos com o resultado apresentado em todas as linhas de negócio, principalmente nas franquias de cliente, com recorde de captações e chegando a mais de R$ 550 bilhões em ativos sob gestão e custódia. Além disso, em linha com nossa estratégia de manter a robustez do nosso balanço, obtivemos os melhores índices de capitalização e liquidez da indústria. Continuamos a cumprir o nosso papel de apoiar a economia com a concessão de crédito para clientes atuando em diversos setores de atividade, mantendo a alta qualidade do nosso portfólio", afirmou, em nota enviada à imprensa, o presidente do banco, Roberto Sallouti.

No terceiro trimestre do ano os ativos sob gestão do BTG atingiram R$ 329,3 bilhões, alta de 29% em um ano e de 8% ante o trimestre anterior, já mostrando crescimento de sua plataforma digital, diante de uma ofensiva no período que envolveu aquisições.

Na pandemia, o BTG tem emprestado mais. Sua linha de crédito corporativo registrou receita de R$ 425 milhões no terceiro trimestre do ano, alta de 106% em um ano e de 40% ante o visto no primeiro trimestre, melhor trimestre da história do banco. No período, o negócio de crédito voltado às pequenas e médias empresas (PMEs), por meio de antecipação de recebíveis via plataforma digital, atingiu um portfólio de R$ 5,8 bilhões. A carteira de crédito corporativo foi a R$ 68,29 bilhões no período, alta de 74% em um ano e de 19,4% ante o visto no segundo trimestre.

A receita total do banco no terceiro trimestre ao ano atingiu R$ 2,478 bilhões no intervalo analisado. Ante o mesmo intervalo de 2019, o número representa aumento de 13,5% e estável em relação ao período imediatamente anterior.

O retorno anualizado sobre o patrimônio líquido (ROAE) foi a 15,7% no trimestre passado, ante 20,8% no terceiro trimestre do ano passado e de 17,5% de abril a junho.

O patrimônio líquido do BTG no período findo em setembro foi a R$ 26,049 bilhões, expansão de 25,1% na relação anual e de 16% em relação aos três meses prévios. O índice de Basileia no terceiro trimestre foi de 17,5%, ante 15,1% um ano antes e de 19,6% em junho deste ano.

Já a linha de ativos totais do banco foi a R$ 253,2 bilhões, avanço de 50,7% ante o visto no mesmo intervalo do ano anterior. Ante o segundo trimestre do ano, o aumento foi de 9%.

Plataforma digital

Mesmo ainda não abrindo os números de sua plataforma digital, o BTG Pactual já mostrou em seu demonstrativo financeiro que começou a colher os frutos do crescimento da plataforma, após uma ofensiva que incluiu aquisições e lançamento de serviços bancários.

No documento que acompanha o seu demonstrativo financeiro, o BTG aponta que na gestão de recursos de terceiros e em fortunas houve captação recorde no acumulado do ano atingindo R$ 81,1 bilhões.

Desse valor, os ativos sob gestão total de ambas as franquias chegaram em R$ 550,8 bilhões no trimestre. Em gestão de terceiros somou no final de setembro R$ 329,3 bilhões, aumento de 8,3% em relação ao segundo trimestre. Em gestão de fortunas encerrou o período em R$ 221,5 bilhões, avanço de 14,6% em comparação ao trimestre anterior.

O BTG frisa que lançou em setembro os serviços bancários na sua plataforma, com o objetivo de torná-la completa. "Até o momento, os serviços bancários são oferecidos apenas aos clientes da nossa plataforma de investimento e planejamos atrair novos clientes a partir do primeiro trimestre de 2021", segundo a instituição financeira.

Ainda nos últimos meses o BTG atraiu escritórios de agentes autônomos, aproveitando o caixa que fez em sua última oferta de ações e anunciou mais recentemente a compra da corretora Necton.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

em família

Sobrinho-neto do bilionário Warren Buffett supera Berkshire Hathaway no ano

Ações da Boston Omaha, holding de capital aberto co-liderada pelo sobrinho-neto do bilionário, Alex Buffett Rozek, estão batendo os papéis da Berkshire Hathaway

novo serviço

Grupo pão de Açúcar vai fazer entrega para lojistas de seu marketplace

No próximo ano, a companhia passará a oferecer a possibilidade de que os lojistas virtuais armazenem produtos nos centros de distribuição do GPA

inovação

Varejo online agora quer conquistar a fronteira da venda de produto fresco

A partir do mês que vem, começa a funcionar no País uma startup mexicana de tecnologia do setor de supermercados que vai explorar exatamente esse filão

Clube do livro

Ajuste fiscal pode ser dolorido no início, mas é necessário; entenda mais no novo livro de Fabio Giambiagi, “Tudo sobre o déficit público”

Nova obra do economista do BNDES evidencia que atingir um equilíbrio orçamentário no país é essencial para o desenvolvimento em termos econômicos e sociais

em busca de recursos

AES Brasil (AESB3) aprova oferta pública e pode captar até R$ 1,8 bilhão

De acordo com a AES Brasil, o objetivo da oferta é acelerar seu plano de crescimento, com foco na diversificação do portfólio por meio de fontes complementares à hídrica, além de potencializar a criação de valor para os acionistas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies