Menu
2020-06-09T18:46:15-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Graduado em Jornalismo pela USP, passou pelas redações de Bloomberg e Estadão.
Subiram mais de 250% desde a mínima

Ações de Gol, Via Varejo e CVC são as que mais se recuperaram na crise, diz Economatica

Levantamento classifica as maiores variações de papéis desde a cotação mínima atingida durante a crise

9 de junho de 2020
15:37 - atualizado às 18:46
Avião da companhia aérea, Gol
Imagem: Divulgação/Gol

A ação da Gol (GOLL4) foi a que a teve a recuperação mais intensa durante o período da crise desencadeada pela pandemia do coronavírus, seguida por Via Varejo (VVAR3) e CVC (CVCB3), de acordo com levantamento da Economatica.

Após o preço mínimo atingido de R$ 5,60, em 18 de março, o papel da companhia aérea foi cotado a R$ 23,99 no fechamento desta segunda-feira (8) — o que representa alta de 328,39%. Nesta terça, a Gol cai 4,75%, para R$ 22,85.

O dado mostra uma retomada vigorosa em meio a condições mais favoráveis do mercado, mas ainda não quer dizer que o preço voltou aos níveis pré-crise. O que mostra isso é a queda de 29,07% que a ação da Gol ainda tem em relação a esse patamar.

O levantamento da Economatica considera os preços das ações do dia 21 de fevereiro como referência. Na ocasião, o preço do papel da Gol valia R$ 33,82.

Aquela sessão do mercado foi marcada por tensão nos negócios, tanto na bolsa quanto no câmbio. Os investidores reagiram com cautela à disseminação do coronavírus por outros países, além da China.

Confira a lista com as maiores recuperações do levantamento da Economatica

As outras recuperações

Via Varejo e CVC completam o pódio das empresas do Ibovespa que mais se recuperaram na crise, diz a Economatica.

A varejista teve a segunda maior alta desde o seu vale no período. O menor preço a que caiu o papel da Via Varejo foi R$ 4,10, verificado em 3 de abril. Ao preço de fechamento ontem, a ação valia R$ 15,50, um salto de 278,05% em relação à mínima.

Mas, no patamar pré-crise, uma ação da Via Varejo valia R$ 16,64 — ou seja, ainda está 6,85% abaixo dele. Hoje, a Via Varejo cai 2,13%, para R$ 15,17.

A CVC, por sua vez, saiu de R$ 6,49, na mínima alcançada em 18 de março, e no fechamento de ontem tinha valor de R$ 23,04, uma disparada de 255%. Em relação ao preço-base, no entanto, a ação ainda está 25,39% abaixo. A CVC sobe 4,38%, para R$ 24,05, nesta sessão.

Azul (AZUL4), Braskem (BRKM5) e BTG Pactual (BPAC11) são outros destaques. A petroquímica avançou 173,58%, ainda 10% abaixo do nível antes da turbulência. Hoje, a Braskem cai 1,52%, para R$ 27,13.

A aérea subiu 164% desde o preço mínimo, e, sobre o pré-crise, o preço da ação tombou 50,85%. O banco avançou 152,85%, estando 9% abaixo do preço pré-covid. As ações de Azul caem 5,30%, para R$ 25,90, e as units do BTG tem alta de 0,42%, para R$ 66,30.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Após vacinação e apoio fiscal

Economia dos EUA está “em ponto de inflexão” positivo, diz Powell, do Fed

Economia norte-americana está prestes a começar a crescer muito mais rapidamente, afirmou presidente do banco central norte-americano em entrevista

nos estados unidos

Remuneração de CEOs cresceu em meio à pandemia

Recuperação do mercado de ações impulsionou ganhos de executivos em 2020, que tiveram remuneração média de US$ 13,7 mi no período

Após estremecimentos

China quer parceria estratégia com Brasil, diz chanceler asiático

Chanceler chinês, Wang Yi, falou com o novo ministro das Relações Exteriores do Brasil, Carlos Alberto Franco França.

entrevista

Bittar reafirma que Guedes sabia de acordo para destinar verba a emendas

Apontado como um dos artífices da “maquiagem” no Orçamento, o senador Marcio Bittar diz que não chegou sozinho ao valor de R$ 29 bilhões em emendas

Apesar da pandemia

Saúde perde espaço em emendas parlamentares

Números mostram estratégia dos parlamentares para destinar recursos para obras e projetos de interesse eleitoral em seus redutos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies