Menu
BTG Pactual
CONTEÚDO PATROCINADO POR BTG

Taxa Selic em queda: onde investir?

Para investidores com maior apetite ao risco, a queda da Selic favorece o mercado de ações. Aos que não conhecem muito bem o funcionamento da bolsa de valores, aplicar em fundos de ações pode ser também uma boa alternativa

1 de outubro de 2019
BTG
9:38 - atualizado às 9:39
Imagem mostra moedas ao fundo e gráfico que aponta tendência de quedas de uma taxa
Imagem: Shutterstock

A taxa básica de juros Selic já estava, há muito tempo, no radar de quem investe em títulos públicos. Os recentes anúncios de corte na taxa, no entanto, fizeram com que ela virasse o centro das atenções de boa parte dos investidores.

Afinal, com a decisão do Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central) de reduzir a Selic para 5,5% ao ano, em setembro de 2019, a taxa básica de juros alcançou o seu menor patamar histórico. E novos cortes poderão ocorrer adiante.

Mas o que isso realmente representa para o investidor? Como investir em um cenário de queda dos juros? São muitos questionamentos que ainda pairam sobre a cabeça de muitos investidores.

A taxa Selic

A taxa Selic, é a taxa básica de juros da economia do país. Ela é extremamente importante, uma vez que dela derivam diversas outras taxas, como juros de empréstimos, investimentos e financiamentos.

O governo utiliza a Selic para controlar os índices de inflação – como uma forma de frear ou acelerar a economia.

Na prática, significa dizer que, quando temos uma Taxa Selic alta, os juros dos financiamentos e empréstimos aumentam. Por consequência, há menos procura por bens e serviço, desestimulando o consumo e favorecendo a queda da inflação.

Já quando a situação é oposta, isto é, a taxa de juros cai (como o que está acontecendo agora), os empréstimos e financiamentos ficam mais viáveis, incentivando a produção e o consumo. Nesse caso, há uma certa redução no controle da inflação – que tende a evoluir.

Perceba, portanto, que um cenário de juros baixos é fundamental para a manutenção da inflação no patamar estimado pelo governo e para o crescimento da economia. Afinal, nesta situação, a tendência é termos mais dinheiro circulando, certo?

Quem toma a decisão de reduzir ou aumentar a taxa Selic é o COPOM (Comitê de Política Monetária) que, a cada 45 dias, se reúne para determinar o piso de juros anual.

Como investir em um cenário de queda na taxa básica de juros?

Para investidores com maior apetite ao risco, a queda da Selic favorece o mercado de ações. Aos que não conhecem muito bem o funcionamento da bolsa de valores, aplicar em fundos de ações pode ser também uma boa alternativa.

Quando o assunto é investimento em bolsa, há também os ETFs. São fundos de índice indicados para quem procura por facilidades e diversificação ao investir no mercado de ações.

Outra opção para investir em um cenário de queda dos juros – especialmente para aqueles que buscam por investimentos mais seguros – é apostar em renda prefixada. Isso porque, travar um investimento em renda fixa prefixada evita que ele perca rentabilidade.

Exemplos de investimento em renda prefixada incluem: Tesouro prefixado, Tesouro IPCA+, CDB, LCI, LCA, LC etc.

A única atenção que devemos ter com as rendas prefixadas está relacionada à prefixação das taxas quando a Selic está muito baixa. Caso haja alguma modificação no mercado e a Selic volte a subir, o investimento permanecerá prefixado numa taxa baixa.

Para investidores que desejam diversificar seu portfólio de maneira simples e contar com uma gestão e administração profissional para a escolha dos investimentos, os fundos multimercados também são opções a se considerar em um cenário de queda dos juros.

Conclusão

É sempre possível investir em um cenário de queda dos juros. Mais do que isso: é possível melhorar a rentabilidade das suas aplicações.

Independentemente de qual sejam suas escolhas de investimentos, é importante conhecer o perfil do investidor e saber se seus objetivos com os aportes são de curto, médio ou longo prazo.

Comece a investir e busque lucros mesmo com a Selic em queda. Abra sua conta no BTG Pactual digital e tenha acesso aos melhores produtos do mercado.

Conteúdo BTG Digital

BTG Digital oferece até 99% de desconto em cursos e produtos financeiros na ‘Blue Week’

Maior banco de investimentos da América Latina entrega oportunidades de investimentos com taxas reduzidas e 10 cursos para você cuidar melhor do seu patrimônio: ‘Queremos reforçar uma relação de longo prazo com nossos clientes’

CONTEÚDO PATROCINADO

BTG Pactual digital inicia a sua Blue Week de descontos até o dia 19

Garanta descontos de até 99% em cursos selecionados.

Conteúdo BTG Pactual

Simulador de investimentos: diga seus objetivos e receba uma sugestão de carteira de graça; acesse aqui

Plataforma do BTG Pactual monta carteira de acordo com sua realidade e faz estimativas de como você pode multiplicar seu patrimônio com aplicações de 6 meses a 10 anos; banco oferece também simulações de previdência privada

CONTEÚDO PATROCINADO

BTG Pactual digital zera corretagem no módulo Day Trade

Para usufruir de mais esta vantagem, basta abrir uma conta no BTG e realizar a adesão ao módulo diretamente no site.

Conteúdo patrocinado

Semana do Brasil para Investidores: CDB prefixado do BTG Pactual com retorno de 7% ao ano

Diante do movimento contínuo de queda dos juros no Brasil, o que você deve é buscar um destino melhor que a poupança para a fatia mais conservadora de sua carteira, que sempre será uma importante aliada na construção sustentável de patrimônio no longo prazo. Abra sua conta no Maior Banco de Investimentos da América Latina […]

conteúdo patrocinado

Chance única para quem não abre mão de investir com segurança

Em um cenário de incerteza, saiba como investir com segurança com o BTG Pactual

conteúdo patrocinado

Iniciando na renda variável? Confira as dicas do BTG Pactual digital

O número de novos investidores na bolsa de valores brasileira não para de crescer – são mais de 2,64 milhões de pessoas físicas com conta aberta na B3. Com a queda na taxa básica de juros (Selic), o movimento de adesão de novos investidores era algo esperado pelo mercado.  Era natural que, diante do cenário […]

conteúdo patrocinado

Considere ter uma parte dos seus investimentos em renda fixa

O investidor inteligente é aquele que tirou algum aprendizado dos últimos meses e evoluiu seu conhecimento sobre o mercado financeiro.

CONTEÚDO PATROCINADO

BTG Pactual tem um plano para o seu futuro

A previdência privada é um investimento para quem deseja um futuro mais tranquilo, com conforto e segurança que uma boa renda pode proporcionar.

Conteúdo patrocinado

BTG Pactual digital divulga nova página sobre o coronavírus no Brasil

A nova página de conteúdo do BTG compila vídeos, podcasts, artigos no blog e as transmissões gravadas ao vivo sobre o impacto econômico e financeiro do covid-19 no país

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies