Menu
2019-10-14T14:31:16-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
nas alturas

BTG Pactual dispara na bolsa após salto de 56% no lucro trimestral

Cifra atingiu R$ 972 milhões no período; empresa destaca a operação do banco de investimento

13 de agosto de 2019
11:10 - atualizado às 14:31
BTG
Imagem: Shutterstock

Os certificados de ações (units) do BTG Pactual (BPAC11) na bolsa registravam alta de mais de 6%, a R$ 65,95, às 11h desta terça-feira, 13, após a divulgação dos resultados trimestrais do banco. Com isso, a alta no ano é de 190%. Cada unit representa uma ação ON e duas PN.

Segundo o documento divulgado pelo BTG, o lucro líquido da empresa atingiu R$ 972 milhões, numa alta de 56% em relação ao mesmo período do ano anterior. Nos primeiros seis meses do ano o lucro foi de R$ 1,647 bilhão, crescimento de 34%.

O documento que acompanha o seu demonstrativo financeiro destaca a operação do banco de investimento. "O segmento teve um forte desempenho, devido ao aumento da atividade de mercado, e encerramos o segmento trimestre do ano como líderes nos rankings da indústria", diz o BTG.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Em junho o próprio BTG realizou uma oferta subsequente (follow-on), levando o banco a voltar ter liquidez em bolsa.

Expandindo

A instituição financeira destacou ainda seu foco no BTG Pactual Digital, agora liderado pelo ex-presidente da Telefonica Brasil, Amos Genish. "O BTG Pactual digital continua expandindo sua penetração no mercado e sua oferta de produtos, mantendo como foco principal a excelência na prestação de serviço para sua crescente base de clientes".

A receita total do banco no intervalo foi de R$ 2,181 bilhões, alta de 76% ante o segundo trimestre de 2018. O retorno anualizado, o ROAE, ficou em 20,6% no segundo trimestre do ano, ante 14,5% há um ano e de 15,1% observado no três primeiros meses deste ano.

O índice de Basileia do BTG caiu a 15,1%, ante 17,3% em igual intervalo de 2018 e de 17,6% no primeiro trimestre deste ano. Os ativos totais do BTG ao fim de junho somava R$ 174,3 bilhões, expansão de 10% ante igual intervalo de 2018.

O banco diz que continuamos a realizar importantes investimentos em tecnologia e inovação, e a extrair benefícios significativos desses investimentos. "No último trimestre, criamos a Unidade Digital de Varejo do BTG Pactual, integrando a visão estratégica das nossas diversas frentes de atuação digital", diz em nota à imprensa, o presidente do BTG, Roberto Sallouti.

"Além disso, os resultados do trimestre mostram que o crescimento e o retorno de nossas franquias tradicionais permanece consistente", afirma.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Parceiros

Brasil fecha acordo de cooperação técnica com a Alemanha na agricultura

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, assinou um acordo de cooperação com a Alemanha para o desenvolvimento do setor — a parceria durará, ao menos, três anos

APOSENTE-SE AOS 40 OU O QUANTO ANTES

3 Erros que vão ATRASAR sua aposentadoria

Aproveitando o clima de começo de ano, em que listas e regras para alcançar objetivos se proliferam mais rápido que o mosquito da dengue, decidi dar a minha contribuição numa lista diferente.

Enxugando

Bancos públicos devem acelerar vendas de ativos em 2020

Juntos, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e BNDES devem vender, só no primeiro semestre de 2020, mais de R$ 60 bilhões em ativos

Obras a todo vapor

A economia brasileira segue patinando, mas o setor de construção dá sinais de força

O segmento de construção continua aquecido, com a retomada nos lançamentos e um crescimento no volume de vendas. E as prévias operacionais da Helbor, Direcional e MRV dão suporte ao otimismo do mercado

Aval do presidente

Bolsonaro aprova fundo eleitoral de R$ 2 bilhões em orçamento para 2020

O presidente Jair Bolsonaro aprovou a inclusão do fundo eleitoral no Orçamento do governo de 2020 — um mecanismo que prevê gastos de R$ 2 bilhões para as campanhas das eleições municipais

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

MAIS LIDAS: Bolha? Que bolha?

A matéria que discute uma suposta bolha nos fundos imobiliários foi a mais lida desta semana. Oi, aposentadoria e bolsa também estiveram entre os assuntos de destaque

Em busca de investidores

Guedes vai a Davos para ‘vender’ o Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, será a principal autoridade brasileira no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça

LIÇÕES DO PAI RICO, PAI POBRE

Ganhando bem, mas longe de ser rico?

Robert Kiyosaki, autor do best seller Pai Rico, Pai Pobre, escreve aos sábados sobre suas lições de finanças

DE OLHO NOS EMPRÉSTIMOS

BNDES aprova empréstimos a exportações de Embraer, Marcopolo, Mercedes e Scania

A maior das operações foi para a fabricante de aviões Embraer, que tomou empréstimo de US$ 285 milhões para financiar a exportação de 11 aeronaves modelo E175 para a American Airlines, nos Estados Unidos

FUNDOS DE PENSÃO

Assessores de Guedes e mais 28 viram réus por rombo em fundos de pensão

“O Ministério Público Federal produziu e apresentou a este Juízo peça acusatória formalmente apta, acompanhada de vasto material probatório, contendo a descrição pormenorizada contra todos os denunciados”, anotou Vallisney.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements