Menu
2019-12-09T18:38:53-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
OLHO NAS COTAÇÕES

BTG Pactual eleva preço-alvo das ações de Lojas Americanas e B2W após Investor Day

No caso das Lojas Americanas, a previsão de alta é de 54,2% em relação ao fechamento da última sexta-feira. Já no caso da B2W, a valorização seria de 20,5%

9 de dezembro de 2019
14:52 - atualizado às 18:38
Americanas.com
Imagem: Shutterstock

Depois de um certo suspense, o tradicional evento voltado para os investidores das Lojas Americanas (LAME4) e da B2W (BTOW3), que é dona do Submarino e da Americanas.com, surpreendeu positivamente quem estava na plateia.

Não é à toa que o BTG Pactual decidiu aumentar o preço-alvo em 12 meses das ações das duas companhias. Em relatório divulgado nesta segunda (9) a clientes, os analistas Luiz Guanais e Gabriel Savi elevaram o preço-alvo das Lojas Americanas (LAME4) de R$ 23 para R$ 28. O novo preço-alvo representa um potencial de valorização de 54,2% em relação ao fechamento da última sexta-feira (6).

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Em sua justificativa, os analistas disseram a nova projeção reflete os 7% de taxa de crescimento anual composta (CAGR, na sigla em inglês) na área de vendas e uma média de expansão de vendas em mesmas lojas (SSS, na sigla em inglês) de 7,3% até 2025.

Já para os papéis da B2W (BTOW3), a valorização esperada é um pouco menor. No documento, os analistas elevaram o preço-alvo em 12 meses de R$ 53 para R$ 74. Com isso, eles preveem uma valorização de 20,5% para as ações em relação ao preço de fechamento do último pregão da semana passada.

Guanais e Savi destacaram que a atualização do preço-alvo dos papéis da B2W é fruto do crescimento maior da companhia ao unir o e-commerce, com uma plataforma que apresenta em um só lugar lojas de vários segmentos (marketplace) e uma parte de serviços digitais (modelo 3P).

Além disso, eles pontuaram que a empresa deve ver um aumento gradual nas suas margens e que a taxa de crescimento anual composta (CAGR, na sigla em inglês) do volume bruto das mercadorias (GMV, na sigla em inglês) deve ficar em 27% nos próximos sete anos.

Os papéis ordinários da B2W fecharam o pregão de hoje em queda de 1,11%, cotados em R$ 60,73. Já as ações preferenciais da Lojas Americanas fecharam negociadas a R$ 25,07, uma alta de 1,62%.

De olho no Investor Day

Os analistas se mostraram bastante animados com as novidades apresentadas durante o Investor Day das empresas, que ocorreu na sexta-feira passada (6) no Rio de Janeiro.

Entre as estratégias anunciadas e que receberam destaque dos analistas estão: a parceria entre a AME e o Banco do Brasil para oferecer um cartão de crédito; a criação de sete novos centros de distribuição até 2022; parceria com a Stone para que as maquininhas portáteis da adquirente passem a aceitar a tecnologia da AME digital de QR Code.

Outros pontos que também chamaram a atenção de Guanais e Savi foram o lançamento do Ame Pro - que é uma plataforma mobile de gestão e vendas para pequenos e médios varejistas, além da abertura de um escritório na China para se aproximar dos fornecedores locais, antecipar tendências etc.

Além dos temas anunciados, as companhias apresentaram os seus três maiores alvos para o próximo ano. No caso das Lojas Americanas, a empresa espera aumentar a receita bruta em 40% até 2022, o que representa uma alta de 8% em relação aos números previstos anteriormente.

Na visão dos especialistas, isso implicaria em uma taxa de crescimento anual composta (CAGR, na sigla em inglês) de 12% durante o período.

Já no caso da B2W, a companhia mencionou que deseja fazer com que o volume bruto de mercadorias (GMV) chegue a R$ 44 bilhões até 2022.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

AVALIAÇÃO NEGATIVA

Após aumento de custos e queda nos lucros, Credit Suisse corta preço-alvo para ações da Cielo

Entre os pontos de atenção citados pelos analistas no relatório está a queda de margens, que alcançaram os menores níveis já vistos

as queridinhas dos jovens

Apple, Amazon e Tesla estão entre as ações preferidas dos millennials; confira ranking

Empresa diz ter analisado 734 mil contas de investimento de americanos com idade média de 31 anos

Azul, JBS, Cielo e Petrobras: os destaques do Ibovespa nesta terça-feira

O mercado reage positivamente às novidades anunciadas pela Azul em sua gestão de frota — e, como resultado, as ações da companhia aérea disparam. Já a Cielo tem um dia intenso na bolsa, em meio à divulgação do balanço trimestral da companhia

motivo de preocupação dos mercados

Brasil investiga caso suspeito de coronavírus

Caso a infecção por coronavírus seja confirmada, o nível de alerta no país sobe para de Emergência de Saúde Pública Nacional, quando há a possibilidade de o vírus já estar em circulação no país

olho nos números

Relatório aponta nível baixo de investimento de estatais no 1º ano de Bolsonaro

Estatais federais executaram 45,7% dos investimentos previstos para 2019 e a aplicação dos recursos ao longo do ano foi direcionada basicamente para a Região Sudeste

Câmbio

A alta do dólar preocupa? Com a palavra, o presidente do Banco Central

Campos Neto disse que o BC avalia constantemente se a alta do dólar retarda as decisões de investimento ou contamina as perspectivas de inflação

de olho nas finanças

48% dos brasileiros não controlam o próprio orçamento, mostra pesquisa CNDL/SPC

Segundo o levantamento, a frequência de análise de orçamento é inadequada mesmo entre a maioria dos 52% de brasileiros que utilizam alguma forma de controle de suas finanças

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta terça-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

presidente ficou irritado

Assessor do Planalto é afastado por usar avião da FAB

Vicente Santini usou uma aeronave oficial para se deslocar até Nova Délhi, na Índia

Exile on Wall Street

Contágio: e agora, o que fazer?

Medo de uma grande pandemia transmitida rapidamente num mundo globalizado e interconectado encontra representação mitológica tão forte que virou blockbuster em Hollywood

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements