Menu
Luciana Seabra
Advogada do Investidor
Luciana Seabra
É CFP®, especialista em fundos de investimento e sócia da Empiricus
2019-04-20T16:07:51-03:00
FUNDO DE INVESTIMENTO

BTG corta taxa e oferece melhor opção para reserva de emergência: conheça fundo que bate poupança e Tesouro

Na concorrência das plataformas de fundos, quem ganha é o investidor. BTG acaba de reduzir taxa de fundo que investe somente em títulos pós-fixados para 0,09% ao ano

7 de novembro de 2018
12:42 - atualizado às 16:07
Marcelo Flora
Marcelo Flora, sócio do BTG, diz que plano é reduzir a taxa de administração à medida que o patrimônio do fundo crescer - Imagem: Raphael Lopes

Se você deixa sua reserva de emergência no fundo DI do banco, posso apostar que paga no mínimo 1% ao ano. Se o dinheiro que você pode precisar a qualquer momento está em um produto mais barato, provavelmente é porque deixa muito dinheiro lá – e, ainda assim, duvido que pague menos do que 0,5% ao ano. E se eu te disser que, na prateleira do BTG Pactual Digital, você encontra um fundo com taxa 0,09% ao ano? Sim, o 9 vem na segunda casa depois da vírgula mesmo, não está errado.

O fundo, com nome de rainha – BTG Pactual Digital Tesouro Selic FI Renda Fixa Simples – foi lançado em maio deste ano com taxa 0,1% ao ano. Ou seja, já era muito mais barato do que as opções disponíveis no varejo. E acessível com R$ 500.

O BTG acaba de anunciar a redução da taxa para 0,09% ao ano, com uma promessa: quanto mais o patrimônio crescer, mais vai cortar. Foi o que me disse Marcelo Flora, o sócio do BTG responsável pela plataforma digital. Hoje existem R$ 143 milhões investidos no fundo.

É claro que há um plano por trás da iniciativa: o BTG abre mão de receita com o produto para atrair mais clientes. Lá dentro, o cliente muito provavelmente vai investir em outros produtos. Como o banco tem gestora e administradora dentro de casa, fica mais fácil arcar com uma estrutura tão barata.

E quem ganha com a disputa das plataformas de varejo? Nós, investidores.

Por regulamento, o fundo do BTG investe somente em títulos públicos pós-fixados, o que faz dele uma opção bastante conservadora. Dada a taxa baixa, isso tem feito o retorno se aproximar de 99% do CDI.

Não seria melhor investir via Tesouro Direto?

Não, o fundo é uma opção mais rentável do que o título público pós-fixado comprado via Tesouro Direto, o chamado Tesouro Selic. Bom lembrar que, nesse caso, a taxa é de 0,3% ao ano, ou seja, o triplo de custo. Isso se você encontrar uma corretora que não cobra taxa (a maioria hoje, felizmente!).

Como é possível? O Tesouro Direto é um sistema de venda de títulos públicos para a pessoa física. Não é por meio dele que o investidor profissional acessa esse mercado.

O fundo tem uma desvantagem em relação ao Tesouro Direto, importante dizer – a antecipação de imposto via cobrança semestral, o chamado come-cotas. A vantagem de custo do novo fundo do BTG é tamanha, entretanto, que, mesmo com a desvantagem tributária o produto ganha. É o que mostra um estudo para um período de oito anos – em mais do que isso, sua LFT também vai vencer, forçando o pagamento de imposto.

Para quem já é cliente de outras plataformas, XP e Órama também têm fundos que investem somente em títulos públicos com taxa mais baixa do que a dos bancos – 0,2% ao ano.

É melhor do que poupança?

Com essa taxa, o fundo do BTG também bate com facilidade a caderneta (os de taxa 0,2% ao ano também, bom dizer!).

Somente para que você tenha uma ideia, desde que o fundo foi criado ele rende 3,02%, contra 2,16% da poupança. Mesmo que o saque do fundo ocorra em menos de seis meses, ou seja, com incidência de 22,5% de imposto, ele segue à frente em rentabilidade. Para mais de dois anos, então, quando o imposto cai a 15%, a vantagem é larga.

E, para quem ainda está apegado à caderneta, bom lembrar que ela não entrega retorno algum se o saque acontecer em menos de 30 dias. No caso do fundo e do Tesouro Direto, há ainda o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) para tal prazo. Mas, ainda assim, o produto rende algo, ao contrário da poupança.

E, se o saque for pedido até 15h30, o dinheiro sai do fundo e cai na conta da corretora no mesmo dia, em poucos minutos.

E agora? Quero saber o que ainda te prende à poupança. Conte para mim abaixo. E se quiser receber notícias por e-mail, clique aqui.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

QUESTIONAMENTOS

Frente parlamentar aciona STF para suspender reforma administrativa

A Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público acionou o Supremo Tribunal Federal (STF) para pedir a suspensão imediata da tramitação da reforma administrativa. No mandado de segurança, deputados e senadores argumentam que não é possível analisar a proposta por falta de informações técnicas. Segundo os parlamentares, a imposição de sigilo nos documentos que […]

BALANÇO

BC informa que 50 milhões de chaves já foram cadastradas no Pix

O Pix é um sistema que permitirá pagamentos e transferências 24 horas por dia, 7 dias por semana, todos os dias do ano.

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Esse tal de BDR

O mercado financeiro adora usar termos e siglas em inglês, talvez para tornar a coisa mais difícil do que realmente é. Nos últimos dias você já deve ter lido, inclusive aqui no Seu Dinheiro, sobre um tal de BDR. As três letras vêm de Brazilian Depositary Receipts. O quê? Calma, nós chegamos lá. O BDR é […]

As queridinhas

Tesla, Apple e Mercado Livre são os BDRs mais negociados no 1º dia de mercado aberto a todos os investidores

Empresas de tecnologia dominaram o primeiro dia de negociações liberadas a qualquer investidor, que teve volume superior à média

embalou

Ibovespa fica perto dos 102 mil pontos com disparada dos bancos e alta em NY; dólar cai abaixo do R$ 5,60

Papéis de Itaú, Banco do Brasil e Bradesco terminam sessão entre as cinco maiores altas do índice, que fechou perto da máxima; moeda americana recua 0,36% e juros sobem em dia de leilão do Tesouro e à espera de novidades fiscais. Lá fora, expectativa para estímulos alivia bolsas americanas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies