Menu
2018-09-23T22:17:02-03:00
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
Sem garantias

Elo trava disputa na Justiça contra Stone por ‘garantias’

Bandeira Elo acusa Stone de não cumprir obrigações do Banco Central, entregando “garantias”

20 de setembro de 2018
7:58 - atualizado às 22:17
Boxeador acerta adversário
"Garantias" são exigidas pelo BC para que bandeiras de cartões avaliem a liquidez de novos clientesImagem: Shutterstock

A Elo - do Bradesco, Banco do Brasil e Caixa - trava uma disputa na Justiça contra a empresa de meios de pagamento Stone. A bandeira de cartões de crédito acusa a fornecedora de maquininhas de não entregar as chamadas "garantias". As informações são da coluna Broadcast, do jornal "O Estado de S. Paulo" desta quinta-feira (20).

Exigência do Banco Central

Essas "garantias", exigidas das credenciadoras pelo Banco Central, são utilizadas para que as bandeiras avaliem a condição de liquidez de novos clientes. Segundo a Elo, a Stone não cumpre as exigências há um ano. A inadimplência da empresa, dessa forma, poderia colocar o sistema em risco.

Não procede

O Banco Central não comentou a disputa, enquanto a Stone disse ao Estadão não reconhecer inconformidades com suas obrigações e que já realizou aportes suficientes para manutenção das operações. A Elo disse que continuará "adotando medidas judiciais cabíveis".

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

9 notícias para começar o dia bem informado

Um dos fenômenos dos processos de evolução é abalar os mercados ineficientes. Os mais velhos certamente se lembram do tempo em que comprar uma linha telefônica era um “investimento”. O sistema de telefonia brasileiro era tão ruim que a escassez de oferta gerava um mercado paralelo. Você pode até xingar a Vivo, Claro, TIM e […]

DINHEIRO NO BOLSO

Construtora Tenda vai pagar R$ 13,7 milhões em dividendos

Montante equivale a R$ 0,13952 por ação e será repassado a partir de 16 de outubro

condição para investimentos

Audi pode deixar de produzir carros no Brasil se governo não pagar dívida

Desde o ano passado há boatos de que a empresa deixaria de produzir automóveis no País porque os investimentos para fabricar as novas versões de A3 e Q3 seriam elevados

esquenta dos mercados

Preocupação com segunda onda da covid-19 segue azedando os mercados em dia de agenda esvaziada

Na falta de novidades locais, o mau humor dos investidores estrangeiros deve impactar a bolsa brasileira

sistema financeiro

CMN amplia escopo e prorroga prazos de medidas para combater efeitos da pandemia

CMN vai permitir que instituições financeiras reduzam valores provisionados em seus balanços para arcar com os riscos em todas as operações de crédito feitas com recursos da União durante a calamidade

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements