Menu
2019-04-04T14:43:06-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Sem restrições

Cade aprova fusão das transportadoras de valores Brinks e Rodoban

Conselho Administrativo de Defesa Econômico aprovou, sem restrições, a fusão das empresas

21 de novembro de 2018
13:44 - atualizado às 14:43
Veículo da empresa Brinks
Imagem: shutterstock

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a fusão das transportadoras de valores Brinks e Rodoban. Houve dois votos pela aprovação com a condição de que fossem vendidos os ativos da Brinks em Minas Gerais, mas a maioria entendeu que a operação não prejudicava a concorrência.

A superintendência-geral do Cade havia recomendado a aprovação da operação sem restrições. Em outro caso no mercado de transportes de valores, a superintendência havia contrariado parecer da área técnica - o que é raro no órgão - e aprovado a compra da Transfederal, do presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB), pela Prosegur.

O caso acabou sendo avocado no tribunal, o que significa que os conselheiros do Cade vão reavaliar a operação.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

nos estados unidos

Remuneração de CEOs cresceu em meio à pandemia

Recuperação do mercado de ações impulsionou ganhos de executivos em 2020, que tiveram remuneração média de US$ 13,7 mi no período

Após estremecimentos

China quer parceria estratégia com Brasil, diz chanceler asiático

Chanceler chinês, Wang Yi, falou com o novo ministro das Relações Exteriores do Brasil, Carlos Alberto Franco França.

entrevista

Bittar reafirma que Guedes sabia de acordo para destinar verba a emendas

Apontado como um dos artífices da “maquiagem” no Orçamento, o senador Marcio Bittar diz que não chegou sozinho ao valor de R$ 29 bilhões em emendas

Apesar da pandemia

Saúde perde espaço em emendas parlamentares

Números mostram estratégia dos parlamentares para destinar recursos para obras e projetos de interesse eleitoral em seus redutos

Renovação do Conselho

Comitê interno da Petrobras desaprova dois nomes indicados ao Conselho

Indicados foram considerados inaptos pelo Comitê de Pessoas por terem atuado em empresas com relação direta com a estatal nos últimos três anos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies