Menu
2018-10-03T12:42:17-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Motor de crescimento

Braço de recuperação de crédito do BTG aposta em calotes para dobrar de tamanho

Com carteira de R$ 35 bilhões, volume da Enforce cresce com empréstimos corporativos vencidos e inadimplentes

3 de outubro de 2018
7:09 - atualizado às 12:42

A Enforce, braço de recuperação de créditos inadimplentes do BTG Pactual, está apostando na elevada quantidade de empréstimos corporativos vencidos e não pagos para dobrar de tamanho. A informação é do jornal Estado de S. Paulo desta quarta-feira, 3.

Com uma carteira de R$ 35 bilhões sob gestão, a empresa já se equipara à Recovery, menos de três anos após o banco ter sido obrigado a vender o negócio para o Itaú Unibanco.

Em função da crise gerada pela prisão repentina do seu fundador, o banqueiro André Esteves, em 2015, o BTG se desfez da empresa, com foco no varejo, e que na época administrava R$ 38 bilhões em ativos.

O motor para o crescimento da Enforce é o volume de empréstimos corporativos vencidos e inadimplentes. O estoque, além de ser elevado uma vez que é recente o hábito entre bancos locais de se desfazerem dessas operações, foi alavancado com a recente crise que o País enfrenta e que fragilizou a saúde financeira das empresas. Por consequência, o estoque de empréstimos inadimplentes e não pagos aumentou após serem provisionados e baixados dos balanços dessas instituições.

Estoque significativo

Convencer os bancos a desovarem esses créditos, segundo o sócio do BTG Pactual, Alexandre Camara, é um dos desafios estratégicos da Enforce. Além do amadurecimento do mercado de NPL (Non Performing Loans, na sigla em inglês) no país, pesa para essas instituições a preocupação sobre quem assumirá essas operações, originadas dentro de casa. “Há um estoque significativo. Se vão vender ou não, depende um pouco da necessidade de cada banco, mas o fato é que o Brasil vive um momento de pressão no crédito”, diz o sócio da KPMG, Fernando Omori.

Nos últimos anos, o interesse dos bancos na venda de carteiras vencidas cresceu seja por essa pressão de crédito, mas também por conta do volume elevado de estoque que cada banco tem. “O mercado está vindo bem mais forte. Nosso trabalho de convencimento tem funcionado”, admite o CEO da Enforce, Ricardo Cardoso.

Recentemente, a Enforce arrematou uma carteira de R$ 300 milhões em empréstimos corporativos do Itaú, abrangendo 40 casos de empresas em processo de recuperação judicial. Outra operação que deve movimentar esse setor é o leilão de R$ 550 milhões em créditos do falido BVA que deve ocorrer no mês que vem.

* Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Ministro fala

Medidas contra coronavírus vão injetar R$ 750 bilhões em 3 meses, diz Paulo Guedes

Guedes afirmou que o rumor sobre uma eventual saída do governo é “conversa fiada total” e que a conta das medidas de estímulo não será paga pelas futuras gerações

fala, governo

É errado comparar medidas do governo Bolsonaro com pacote trilionário de Trump, diz secretário do Tesouro

Segundo Mansueto, diferentemente dos Estados Unidos, o Brasil tem uma rede de assistência social bastante robusta e comparável a países europeus com alto grau de bem-estar social

dados oficiais

Brasil tem 111 mortes e 3.904 casos confirmados de coronavírus, diz ministério

Perspectiva para o próximo mês é de que a epidemia aumente no Brasil, uma vez que o país está no início da curva de crescimento

crise do coronavírus

Vamos lidar com a dor econômica para minimizar a dor da doença e da morte, diz Bill Gates

Fundador da Microsoft diz que não dá para pensar em um meio termo entre isolamento e atividade econômica

efeitos da pandemia

Agronegócio registra perdas e descartes de produtos por conta do coronavírus

Segundo documento, exportadores de frutas relatam uma suspensão drástica das vendas por via aérea, já que as exportações eram feitas basicamente em porões de voos de passageiro

do otimismo ao pessimismo

XP prevê queda de quase 2% do PIB brasileiro em 2020

Análise reconhece que existe “um alto grau de incerteza” nas estimativas citadas no documento, dada a complexidade da crise atual

o melhor do seu dinheiro

MAIS LIDAS: Quem ficou na renda fixa também perdeu dinheiro com o coronavírus

Nesses dias de confinamento, tenho feito muitas chamadas telefônicas e em vídeo com amigos e familiares. As conversas vão de dicas do que fazer trancado em casa, preocupações sanitárias, avaliação política e, claro, a situação da economia e da bolsa de valores.  Um amigo me disse estar aliviado porque não investiu em ações. Antes de o […]

entrevista magazine luiza

‘Tenho feito pedidos para que não demitam’, diz Luiza Trajano

Em entrevista, presidente do conselho de administração do Maganize Luiza diz que vê empresários em pânico, mas que acredita no potencial de reinvenção diante da crise

repercussão

OAB leva campanha de Bolsonaro ao TCU e pede suspensão de contrato publicitário

Entidade pede que, durante a apuração, o TCU suspenda o contrato de R$ 4,8 milhões da Secom com uma agência de publicidade, sem licitação, formalizado esta semana

nos bastidores

Contrato suspenso terá porcentual de seguro-desemprego

Governo decidiu assegurar 100% da parcela do seguro-desemprego para os trabalhadores que forem afetados por essa interrupção

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements