Menu
2019-09-10T09:41:15+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
subindo

Vendas e lançamentos de imóveis crescem em julho na cidade de São Paulo

Dados são da pesquisa do Sindicato da Habitação (Secovi-SP); foram vendidas 3.284 unidades -113% acima do mesmo mês do ano passado

10 de setembro de 2019
9:39 - atualizado às 9:41
imóveis
Imagem: Divulgação

As vendas e os lançamentos de imóveis residenciais novos na cidade de São Paulo cresceram em julho, de acordo com pesquisa do Sindicato da Habitação (Secovi-SP) divulgada nesta terça-feira, 10.

Em julho, foram vendidas 3.284 unidades, resultado 113% acima do mesmo mês do ano passado. No acumulado de 12 meses, as vendas somaram 38.415 unidades, aumento de 37%.

Em termos de valores, os imóveis vendidos em julho totalizaram R$ 1,395 bilhão, 103,6% acima do registrado um ano antes, com número já atualizados pelo INCC-DI.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

A cidade registrou o lançamento de 3.567 unidades em julho, volume 25% superior ao que foi apurado em julho do ano passado. No acumulado de 12 meses, os lançamentos alcançaram 47.689 unidades, 40,7% de crescimento.

Em termos de tipologia, os imóveis de dois dormitórios continuam predominando no mercado imobiliário, com participação porcentual de 73,4% no total de vendas e 81,9% no volume de lançamentos do mês.

A capital paulista encerrou julho com um estoque de 23.168 unidades disponíveis para venda, considerando moradias na planta, em obras e recém-construídas. O montante é 26,6% maior do que em comparação o mesmo mês de 2018, quando havia 18.306 unidades no estoque.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Nem tudo que reluz rende

Ouro de tolo? Saiba por que grandes fundos agora esperam a queda do metal

Com a redução das incertezas globais, as gestoras como a SPX, Kapitalo Investimentos, Truxt Investimentos, Novus Capital reduziram ou inverteram a posição na commodity

A Bula do Mercado

Mercado torce por boas novas

Investidor busca por notícias que apontem para acordo comercial de fase 1 entre EUA e China, enquanto tenta se desviar da turbulência política na América Latina

Adiós, hermanos

Petrobras deixa de negociar ações na bolsa de valores da Argentina

Companhia informou que os investidores argentinos que tenham ações da Petrobras poderão mantê-las na Caja de Valores ou vendê-las em mercados estrangeiros

um taxa a menos

Governo acaba com seguro obrigatório DPVAT

Medida foi assinada por Jair Bolsonaro e passa a valer já em 2020

Ponto polêmico

Excluído da MP da liberdade econômica, trabalho aos domingos volta

MP inclui a possibilidade na CLT, com a ressalva de que para os estabelecimentos do comércio deverá ser observada a legislação local

Desacelerou

Ministros de comércio dos Brics observam perda de impulso na economia mundial

Autoridades dizem concordar que a “liberalização do comércio é um elemento essencial para liberar o potencial de crescimento econômico

Seu Dinheiro na sua noite

Onde Bolsonaro encontra Dilma

Albert Einstein já dizia que é loucura repetir a mesma coisa esperando obter resultados diferentes. Pois o governo aposta em uma fórmula que já se mostrou equivocada no passado recente para tentar resolver um problema crônico do país: o desemprego. A desoneração da folha de pagamento, medida que foi adotada no governo Dilma, é um […]

Onda tecnológica

Fintechs de crédito são ‘sucesso absoluto’, diz diretor do BC

Autoridade monetária já concedeu licenças a dez SCD e quatro Sociedades de Crédito Entre Pessoas (SEP)

Programa Verde Amarelo

Bolsonaro assina medida que reduz custo para contratação de jovens

Programa atenderá jovens entre 18 e 29 anos que ainda não tiveram seu primeiro emprego. Custo da mão de obra cai entre 30% e 34% para as empresas que aderirem

Valeu, foi bom, adeus

Bolsonaro deve anunciar amanhã saída do PSL em reunião com deputados aliados

Segundo deputados do PSL, o presidente deve se manter, por enquanto, independente, até encontrar um novo partido

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements