Menu
2019-08-06T13:08:36+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
subindo

Vendas de veículos no mercado interno sobem 9,1% em julho

De acordo com entidade que congrega as montadoras, no mês passado foram emplacados 243,6 mil unidades

6 de agosto de 2019
13:08
Carros em concessionária
Carros - Imagem: Shutterstock

As vendas totais de veículos no mercado interno em julho cresceram 9,1% em relação a junho. De acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), entidade que congrega as montadoras, no mês passado foram emplacados 243,6 mil unidades, contra 223,2 mil unidades em junho.

No comparativo de julho com o mesmo mês do ano passado, de acordo com a entidade, as vendas cresceram 12%. Com o resultado de julho, as vendas acumulam no ano uma alta de 12,1% em relação ao mesmo período do ano passado, com 1,55 milhão de unidades colocadas nas ruas.

Já as vendas no mercado interno de máquinas agrícolas em julho caíram 9,4%, de acordo com a Anfavea, entidade que reúne as montadoras de veículos automotores do País. Em julho foram vendidas 3,9 mil máquinas agrícolas contra 4,3 mil em junho.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Na comparação com julho do ano passado, as vendas de máquinas agrícolas caíram 17,2% e no acumulado do ano até julho a queda foi de 3,4%.

A produção de veículos automotores cresceu 14,2% em julho na comparação com junho, passando de 233,2 mil unidades para 266,4 mil unidades.

Na comparação com julho do ano passado, a produção de veículos cresceu 8,4%. No ano passado, no mesmo mês, as montadoras produziram 245,6 mil unidades. No acumulado ano até julho, a produção de veículos cresceu 3,6% para 1,74 milhão de unidades.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

saindo do atoleiro

Aviação executiva começa a dar sinais de recuperação após a crise

Executivos de empresas que chegaram a vender menos de cinco aeronaves nos piores anos de recessão afirmam que os seis primeiros meses de 2019 já foram melhores do que todo 2018

dinheiro que entra

Arrecadação em julho soma R$ 137,735 bilhões, diz Receita

Valor arrecadado foi o melhor desempenho para meses de julho desde 2011; resultado veio dentro do intervalo de expectativas de especialistas

olho nos números

Prévia da inflação de agosto tem menor taxa para o mês desde 2010

IPCA-15 variou 0,08%; no ano, o índice acumula alta de 2,51% e, em 12 meses, de 3,22%, informa o IBGE

atenção

Confiança do consumidor sobe em agosto, mas ainda há cautela, diz FGV

Índice de Confiança do Consumidor subiu 1,1 ponto no mês em comparação a julho, chegando a 89,2 pontos

segue a tensão

China promete novamente contramedidas em reação a tarifas dos EUA

Segundo o porta-voz, apesar da decisão do presidente americano, Donald Trump, de adiar algumas das cobranças, as tarifas violaram um consenso entre as potências

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quinta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Prudência

Cautela no exterior faz Ibovespa operar em queda; dólar sobe a R$ 4,05

O Ibovespa aparece no campo negativo e volta ao patamar dos 100 mil pontos, pressionado pelo tom de maior precaução que toma conta dos ativos globais

Câmbio

BC vende US$ 550 milhões em leilão à vista de dólar

Com venda integral do lote ofertado, não teremos, hoje, o leilão de swap tradicional. Mercado trocou swap por dólar de verdade

no documento

BCE discutiu pacote de estímulos monetários em reunião de julho, mostra ata

Banco Central Europeu também considerou examinar formas de fortalecer sua orientação futura (“forward guidance”) paras os juros

tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

Bienvenido ao paraíso dos especuladores

Enquanto (quase todos) os bancos centrais do mundo reduzem os juros, há uma taxa em escalada aqui do lado. A Argentina subiu seu juro para 74% ao ano diante do pânico dos investidores com a vitória da esquerda nas eleições primárias no início do mês. Poxa, 74% ao ano na renda fixa é uma bolada, […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements