Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
2019-04-01T10:29:33+00:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

Um título do Tesouro que rende menos que a poupança

1 de abril de 2019
10:29
O Melhor do Seu Dinheiro
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Faz tempo que eu sofro com as piadinhas de 1º de abril. Para começar, no dia em que eu nasci, ninguém acreditou. Minha mãe fazia uma consulta de rotina no hospital, lá no interior de Rondônia. O parto, de gêmeos, estava marcado para a semana seguinte. A bolsa estourou no hospital e tiveram que adiantar a cesárea. Meus pais estavam sem a sacola de maternidade e pediram ajuda para meus avós. Eles relutaram por um tempo. Acharam que era pegadinha do “dia da mentira”. Sobrou até para a recepcionista do hospital. Logo meus familiares começaram a ligar para saber se era verdade mesmo que eu e minha irmã estávamos nascendo naquele dia.

De uns tempos para cá, as empresas começaram a pregar peças na imprensa em 1º de abril. A Sony já “lançou” dispositivos para caçar fantasmas. A Azul anunciou em 2016 o lançamento de voos com o avião Concorde, um modelo descontinuado no início dos anos 2000. Pegadinha pura - e teve gente que caiu!

E hoje eu estou aqui para falar de um título do Tesouro Direto que, em algumas condições, rende menos que a poupança. Não, não estou de sacanagem. E para piorar: é justamente o título mais “seguro” do Tesouro Direto, aquele que te indicam na televisão para você colocar a sua reserva de emergência. A Julia Wiltgen calculou minuciosamente o rendimento desse título, comparou com a poupança e mostrou alternativas melhores para você nesta reportagem.

Novos negócios à vista?

Depois de um período mais focada no mercado interno, a Petrobras deve retomar sua expansão internacional. Segundo anúncio feito ontem pelo ministro israelense de Energia, Yuval Steinitz, a petroleira vai participar de um leilão para exploração de petróleo e gás no país. Assim como ela, a expectativa é que a Exxon Mobil Corp, uma das maiores petroleiras do mundo, também entre na jogada. Atenção para a ação da estatal hoje!

Cara de fintech, peso de gigante

O Nubank está conquistando cada vez mais clientes e virou referência em inovação no setor financeiro. Só que a fintech permanece no vermelho, como mostrou seu último balanço. O Vinícius Pinheiro olhou os números e te explica direitinho por que o Nubank (ainda) não é lucrativo e quais as perspectivas para o futuro.

Só mais um mês

Imposto de Renda 2019 - IR 2019 - Leão

Chegamos em abril e falta cada vez menos tempo para você declarar o seu Imposto de Renda. Hoje a Jasmine Olga vai te explicar como funciona a declaração das indenizações de seguros que você recebeu no ano passado. Caso não saiba, o contribuinte é obrigado a declarar rendimentos isentos acima de R$ 40 mil. Ficou com dúvidas? A gente esclarece aqui.

Dinheiro parado

Os fundos de private equity, aqueles que captam dinheiro com investidores para comprar participações em empresas, estão com os bolsos cheios para investir no Brasil. Eles captaram nada menos do que US$ 6 bilhões no ano passado, como mostra uma reportagem de “O Estado de S. Paulo”. Só tem um detalhe bem importante: eles estão esperando a aprovação da reforma da Previdência antes de liberar seus bilhões. Saiba mais 

Roda gigante

E quem investe em ações vai sentir os altos e baixos por um bom tempo. O presidente da gestora BlackRock no Brasil, Carlos Takahashi, disse ao jornal “O Estado de S. Paulo” que a volatilidade faz parte do desafio da Previdência. Nesta reportagem, ele conta quais setores devem ser mais impactados.

A Bula do Mercado: otimismo chinês

A recuperação da atividade na indústria chinesa trouxe ânimo para o mercado e mostra que as recentes medidas de estímulo em Pequim podem trazer um trimestre mais otimista.

Após a divulgação dos números positivos, as principais bolsas da Ásia tiveram alta firme, assim como Nova York. Bolsas europeias também ficam no azul, mesmo com a divulgação do menor nível da atividade industrial na zona do euro desde 2013.

O movimento positivo lá fora tende a favorecer os negócios brasileiros. Por aqui, as expectativas também estão renovadas em torno da reforma da Previdência. Com trégua selada entre os poderes, o investidor segue com o pé no chão e o noticiário político deve continuar ditando o que acontece no mercado local. Nesta semana, o ministro Paulo Guedes deve comparecer à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) para defender as reformas.

Na sexta-feira, o Ibovespa fechou o dia com alta de 1,09%, aos 95.414 pontos. Em semana volátil, o saldo foi um avanço de 1,79%. O dólar ficou estável e encerrou a sexta-feira a R$ 3,916. Consulte a Bula do Mercado para saber o que esperar de bolsa e dólar hoje.

Um grande abraço e ótima segunda-feira!

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

olho nas eleições

Bolsonaro provoca Doria e fala em 2022

Ao comentar as negociações para a transferência das provas da Fórmula 1 para o Rio de Janeiro, Bolsonaro afirmou que o governador de São Paulo, João Doria, deveria “pensar no País”

no tribunal

CVM retoma nesta terça-feira, 25, julgamento de processos contra Eike Batista

O empresário já recebeu veredito de dois processos; no primeiro, foi condenado a pagar uma multa de R$ 536 milhões por insider trading; no segundo, foi absolvido

Lava Jato

Gilmar Mendes recua e adia julgamento sobre Moro

Decisão de Gilmar Mendes de não devolver o processo para julgamento nesta terça se deu após a pauta da Segunda Turma ser “inchada” com outros casos

Novas regras

Anac ouvirá aéreas sobre distribuição de voos da Avianca

Ontem, a Anac suspendeu cautelarmente a concessão da Avianca Brasil para exploração do serviço de transporte aéreo. Os voos da empresa já estavam suspensos por questão de segurança desde maio

abrindo o mercado

Conselho aprova diretrizes para quebra de monopólio da Petrobras no gás

Apesar do monopólio ter sido quebrado na legislação em 1997, a Petrobrás ainda detém o controle tanto da produção como da distribuição do gás no país

no diálogo

China e EUA concordam em manter comunicações sobre comércio, diz agência

Durante um telefonema, o vice-premiê chinês Liu He falou com o representante comercial americano, Robert Lighthizer, e com o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin

negócio fechado

Transpetro firma com TAG contrato de apoio a transporte de gás de R$ 5,46 bi

O contrato de apoio técnico firmado entre as duas empresas inclui uma série de cláusulas de desempenho, que, caso não seja atingido, pode gerar ônus à subsidiária estatal

A Bula do Mercado

Agenda cheia movimenta mercados

Discurso do presidente do Fed, Jerome Powell, ata do Copom e IPCA-15 estão entre os destaques

Análise

Primeiro-ministro e rainha da Inglaterra: nova relação de Maia e Bolsonaro pode ser um avanço

Olhando com alguma boa vontade, episódio pode ser visto como aceno de fortalecimento institucional, mesmo com veto do presidente

Fazendo as contas

Guedes: preço do gás pode cair 40% e PIB industrial crescer 8,46%

Ministro afirmou que a quebra do monopólio do gás é um movimento de mercado, mas o governo federal não vai socorrer os Estados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements