Menu
2019-04-04T13:45:36+00:00
Provocação

Trump comemora queda nos preços do petróleo e cita o Fed em tuíte

Presidente americano atribuiu queda nos preços do petróleo às suas políticas e ainda lançou uma provocação ao Fed, banco central dos EUA

25 de novembro de 2018
19:17 - atualizado às 13:45
Donald Trump
Crítico ao aperto monetário que vem sendo realizado pelo Fed, Trump tem lançado uma série de provocações ao BC americano - Imagem: shutterstock_

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, comemorou em seu perfil no Twitter que os preços do petróleo estejam caindo e indicou que isso se deve às suas políticas. Além disso, ele citou o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) no tuíte, ao comentar que a inflação está recuando.

"Tão bom ver que os preços do petróleo estão caindo (obrigado, presidente T). Adicione isso, que é como um grande corte nos impostos, a outras boas notícias econômicas. Inflação indo para baixo (você está ouvindo, Fed?)", escreveu Trump.

Nesta semana, Trump já havia comemorado a queda nas cotações do petróleo, além de ter dito que uma ruptura com a Arábia Saudita provocaria uma forte alta nos preços, o que ele pretendia evitar. Em comunicado emitido pela Casa Branca na terça-feira, o presidente americano reafirmou seu apoio ao governo saudita, ao dizer que os dois países têm trabalhado juntos para "manter os preços do petróleo em níveis razoáveis", algo que, para ele, é "importante para o mundo".

O tombo recente nos preços do petróleo também levou para baixo os rendimentos dos títulos públicos americanos à medida que os investidores acreditavam na menor perspectiva de inflação futura nos Estados Unidos, o que não faria com que o Fed acelerasse o aperto de sua política monetária. Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril do petróleo WTI passou de US$ 75,30 no início de outubro para US$ 50,42, no menor nível desde outubro de 2017.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

olho nas eleições

Bolsonaro provoca Doria e fala em 2022

Ao comentar as negociações para a transferência das provas da Fórmula 1 para o Rio de Janeiro, Bolsonaro afirmou que o governador de São Paulo, João Doria, deveria “pensar no País”

no tribunal

CVM retoma nesta terça-feira, 25, julgamento de processos contra Eike Batista

O empresário já recebeu veredito de dois processos; no primeiro, foi condenado a pagar uma multa de R$ 536 milhões por insider trading; no segundo, foi absolvido

Lava Jato

Gilmar Mendes recua e adia julgamento sobre Moro

Decisão de Gilmar Mendes de não devolver o processo para julgamento nesta terça se deu após a pauta da Segunda Turma ser “inchada” com outros casos

Novas regras

Anac ouvirá aéreas sobre distribuição de voos da Avianca

Ontem, a Anac suspendeu cautelarmente a concessão da Avianca Brasil para exploração do serviço de transporte aéreo. Os voos da empresa já estavam suspensos por questão de segurança desde maio

abrindo o mercado

Conselho aprova diretrizes para quebra de monopólio da Petrobras no gás

Apesar do monopólio ter sido quebrado na legislação em 1997, a Petrobrás ainda detém o controle tanto da produção como da distribuição do gás no país

no diálogo

China e EUA concordam em manter comunicações sobre comércio, diz agência

Durante um telefonema, o vice-premiê chinês Liu He falou com o representante comercial americano, Robert Lighthizer, e com o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin

negócio fechado

Transpetro firma com TAG contrato de apoio a transporte de gás de R$ 5,46 bi

O contrato de apoio técnico firmado entre as duas empresas inclui uma série de cláusulas de desempenho, que, caso não seja atingido, pode gerar ônus à subsidiária estatal

A Bula do Mercado

Agenda cheia movimenta mercados

Discurso do presidente do Fed, Jerome Powell, ata do Copom e IPCA-15 estão entre os destaques

Análise

Primeiro-ministro e rainha da Inglaterra: nova relação de Maia e Bolsonaro pode ser um avanço

Olhando com alguma boa vontade, episódio pode ser visto como aceno de fortalecimento institucional, mesmo com veto do presidente

Fazendo as contas

Guedes: preço do gás pode cair 40% e PIB industrial crescer 8,46%

Ministro afirmou que a quebra do monopólio do gás é um movimento de mercado, mas o governo federal não vai socorrer os Estados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements