Menu
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco) e “Abandonado” (Geração).
Bolsa

Smart Fit prepara oferta inicial de ações no Novo Mercado da B3

Com 550 unidades e 1,9 milhão de alunos, rede de academias está neste momento em sondagens iniciais no exterior para testar o interesse de investidores pelo IPO

3 de dezembro de 2018
15:10 - atualizado às 10:45
Imagem: Divulgação/Facebook

A rede de academias de ginástica Smart Fit se prepara para fazer uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) na bolsa.

A empresa, que já tem o capital aberto, fará uma assembleia de acionistas no dia 10 de dezembro para aprovar a oferta. O Pátria Investimentos, gestor de fundos de private equity (que investem em participações em empresas), é o maior acionista da Smart Fit.

Representantes da empresa e dos bancos coordenadores estão neste momento em sondagens iniciais com investidores no exterior, conforme apurou o Seu Dinheiro. Esse processo é conhecido no mercado como “pilot fishing”.

Com 550 unidades no país e presença no México, Chile, República Dominicana, Peru e Colômbia, a Smart Fit possui mais de 1,9 milhão de alunos.

A rede de academias já está listada no Bovespa Mais, segmento de acesso da bolsa. Mas pretende fazer o IPO no Novo Mercado, no qual estão listadas as empresas com práticas mais rigorosas de governança corporativa.

Para se adequar às regras do Novo Mercado, os acionistas da Smart Fit terão de aprovar a conversão de todas as ações preferenciais (PN) em ordinárias (ON, com direito a voto).

Bombada

Os números do balanço da Smart Fit mostram que a empresa deu uma bela bombada neste ano.

De janeiro a setembro, a rede de academias registrou lucro líquido de R$ 140,6 milhões, revertendo o prejuízo de R$ 11,4 milhões do mesmo período do ano passado.

A receita líquida da empresa somou R$ 781 milhões, um aumento de 44% na comparação com os nove primeiros meses de 2017.

Os bancos Itaú BBA e Bank of America Merrill Lynch estão entre os coordenadores do IPO da Smart Fit, segundo fontes de mercado.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu