Menu
2019-07-08T13:15:01+00:00
ENTREVISTA

‘Sei identificar oportunidades e atrair capital sempre foi fácil’, diz Eike

Eike Batista deu as declarações antes de palestra neste sábado, dia 6, em Florianópolis, em eventos para empreendedores.

8 de julho de 2019
11:17 - atualizado às 13:15
Eike Batista fala sobre empreendedorismo no seu canal do YouTube
Eike Batista fala sobre empreendedorismo no seu canal do YouTube - Imagem: Reprodução/YouTube

"I'm back" (estou de volta, em inglês). Era o que dizia um vídeo apresentado por Eike Batista neste sábado, dia 6, em Florianópolis. No seu retorno, além de dar palestras, Eike pretende criar dez unicórnios, nome usado para designar startups cujo valor de mercado bate a casa de US$ 1 bilhão. Revelou pouco da estratégia, porém, para chegar lá. Diz que serão empresas de tecnologia e mineração, área na qual "sempre" teve "sucesso".

"Tenho tudo. Sei identificar oportunidades únicas. Atrair capital sempre foi fácil para mim."

Antes do evento Empreende Brazil Conference, Eike conversou com a reportagem.

O sr. falou que voltaria. Sua volta é como palestrante?

Estou de volta. Tinha de passar um certo período (afastado). Foi necessário, até porque tive de deixar as empresas em pé. Nenhuma faliu. Botei todo o meu patrimônio para que não quebrassem e não acontecesse como com as empreiteiras, que demitiram milhares.

Meus projetos continuaram. Vendi (minha parte) barato. Mas busquei sócios novos, que continuaram os projetos, hoje legados extraordinários para o Brasil.

Mas o sr. voltou para trabalhar como empresário, palestrante ou influenciador?

Sou tudo. Toco a banda inteira. Vou palestrar, mas já desenhei mais de dez empresas de US$ 1 bilhão. Desenhei minhas próximas dez.

Quais são?

São na área de mineração, onde sempre tive sucesso, não só no Brasil, mas também no Chile e nos Estados Unidos. Estou mexendo na área de nanotecnologia, química e de materiais, como o grafeno, que é o material do futuro.

Quantas pessoas trabalham com o sr. hoje?

O suficiente.

Já tem investidores?

Tenho tudo. Sei identificar oportunidades únicas. Monto unicórnios e atrair capital sempre foi fácil para mim.

O sr. já atraiu quanto em investimento para os novos projetos?

O suficiente.

Quanto é o suficiente?

O suficiente.

Quem está aportando?

A definição de unicórnios é empresa com potencial de mais de US$ 1 bilhão. Criei mais de dez e tenho dez no meu curral. Estou criando dez unicórnios.

O sr. colocou seu patrimônio nas empresas. O que o sr. tem hoje?

O suficiente.

O suficiente para quê?

Dou consultorias e tenho opções de adquirir, por minha capacidade intelectual... Num aplicativo, bota pouco dinheiro. Sou um homem de ideias.

Essa é sua primeira palestra?

Sim. Comecei agora. Tenho uma legião de jovens que me seguem, sabem o que fiz e faço. Na mídia, (dizem que) meu porto está afundando, as coisas mais ridículas. Projetos de bilhão demoram anos para ficar prontos. Graças a Deus, todos os meus ficaram prontos.

Qual o objetivo com palestras?

Nada. Estou de volta. Trouxe US$ 50 bilhões para o Brasil em projetos estruturantes. Simples assim. Vou mostrar a maior parte deles e tem os novos (que serão apresentados).

Vai dar dicas com base mais nos erros ou acertos?

Tudo. A experiência com pessoas foi meu aprendizado e maior decepção. É meio cômico acharem que é tudo Eike Batista. Cinco empresas gigantes (do Grupo X) na Bolsa e só tem Eike Batista, mais ninguém (errou)? Impressionante.

Houve quem dissesse que venderia o ingresso, por causa da sua condenação no esquema do ex-governador Sergio Cabral.

Vou abordar esse assunto (na palestra). Quero lembrar, que o réu confesso Cabral disse no depoimento: "com Eike Batista não houve toma lá da cá".

Como o sr. avalia sua imagem?

Nunca se é unanimidade. Não quero ser unanimidade. Se fizeram uma imagem minha do que não sou, o que vou fazer? Foi feita, foi construída assim...

Foi construída por erros seus? Várias empresas suas entraram em recuperação judicial...

Uma empresa minha teve problema, a de petróleo. Na verdade, tive problema com executivos, que causaram a história e se criou uma corrida bancária.

Como foi seu tempo na prisão?

Um aprendizado. Entristeceu ver jovens que, por delitos não importantes, recebem condenação de anos e viram potenciais filiados de uma facção. Me assusta, como brasileiro humanista. Se cadeias reeducassem e os jovens tivessem chance de se reinserir na sociedade... Mas elas não são assim. Você já passou 90 dias na cadeia?

Não.

Recomendo passar, para escrever melhor sobre o assunto.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Economia aquecida?

Empresários esperam queda na inadimplência e mais investimentos até o fim do ano

Pesquisa também mostra que 55% das empresas têm a intenção de aportar recursos em novos produtos e serviços, 53% querem dar um upgrade tecnológico e 46% capacitar seus profissionais

Seu Dinheiro na sua noite

O elefante na loja de cristais dos mercados

No seu livro Princípios – leitura obrigatória (ao lado do meu romance Os Jogadores, é claro…) –, Ray Dalio afirma que o importante para quem investe não é prever o futuro, mas captar mudanças no ambiente econômico enquanto elas estão acontecendo. O bilionário gestor do maior “hedge fund” do mundo sabe que é natural os […]

Sete blocos envolvidos

MPF entra com ação para impedir leilão de petróleo ao lado de Abrolhos

MPF na Bahia sustenta que blocos não deveriam ir a leilão sem os devidos estudos ambientais prévios

Papel passado

Bolsonaro sanciona com vetos MP da liberdade econômica

Presidente disse durante a cerimônia de sanção que o governo avalia projeto para incentivar a abertura de empresas

OUÇA O QUE BOMBOU NA SEMANA

Podcast Touros e Ursos: A Selic caiu novamente. E agora, como ficam os seus investimentos?

Repórteres do Seu Dinheiro trazem em podcast semanal um panorama sobre tudo o que movimentou os seus investimentos nesta semana

A grana tá solta

Governo libera R$ 12,459 bilhões do Orçamento de 2019 e educação leva a maior fatia do bolo

Parte desse dinheiro não poderá ser distribuída livremente já que, do total, R$ 2,6 bilhões vêm das receitas recuperadas por meio da Operação Lava Jato

Tesourada no governo também

Ministério da Economia corta projeção da Selic em 2019 de 6,2% para 5,9%

Projeção para o câmbio médio deste ano passou de R$ 3,8 para R$ 3,9. Já a estimativa para a alta da massa salarial passou de 5,5% para 4,9%

Meio ambiente em jogo

Amazon entra na onda verde e assina acordo ambicioso para combater mudanças climáticas

Como parte do plano, Bezos disse ainda que vai adquirir 100 mil vans de entregas elétricas da startup de veículos elétricos Rivian e que elas vão começar a rodar a partir de 2021

O céu é o limite?

Ações da Braskem disparam na bolsa após notícias sobre venda pela Odebrecht

Construtora teria recontratado a empresa Lazard para dar continuidade às negociações de venda da sua participação na Braskem

Nova tecnologia

Tim prepara novos polos de testes do 5G no Brasil

“Queremos disponibilizar a tecnologia o quanto antes para que os desenvolvedores comecem a projetar aplicações. Quando o 5G chegar, elas já estarão disponíveis”, explicou, em entrevista ao Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements