Menu
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Batalha da Comunicação

Reforma da Previdência elevará a renda dos mais pobres

A afirmação é do Ministério da Economia, que apresentou mais um estudo para defender a proposta do governo

21 de março de 2019
17:36
Paulo Guedes
O ministro da Economia, Paulo Guedes, durante cerimônia de transmissão de cargo para o novo presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto. - Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia segue na batalha da comunicação e tentando responder à pergunta: “O que eu ganho com a reforma da Previdência?”.

A SPE já apresentou um estudo afirmando que todos estaremos R$ 5,8 mil mais pobres em 2023 sem a realização da reforma. Agora, os técnicos liderados pelo secretário Adolfo Sachsida mostram que esse ganho de renda proveniente do impacto da reforma na economia se concentrará na parcela mais pobre da população.

Para fazer isso, a população foi dividida em 10 segmentos, em que o menor decil corresponde aos 10% mais pobres e o maior aos 10% mais ricos. Feito isso observa-se a variação anual média da renda de cada decil em dois cenários diferentes, no período 2019-2023. Um sem a adoção da nova Previdência, usando uma média de variação do PIB de queda 0,5% ao ano; e outro com a adoção da reforma, com taxa média de crescimento de 3% ao ano.

O resultado mostra que o decil mais pobre é o que mais ganha com a reforma, com aumento médio anual de renda familiar de 3,48% ao ano, contra um avanço de 2,63% do decil mais rico.

Sem reforma é o mais pobre que tem maior perda, com redução da renda média anual de 0,54%, contra retração de 0,41% do mais rico.

“Dessa forma, a nova Previdência traz ganhos a todos os brasileiros, mas favorece, particularmente, aqueles com renda mais baixa, cuja renda média terá maior aumento”, diz o estudo.

Os estudos da SPE tentam municiar o governo e sua base aliada de argumentos fundamentados para defender a reforma e lutar contra as "fake news" de que a parcela mais pobre da população será penalizada.

Segundo a SPE, a proposta tem como objetivos fundamentais propiciar as bases para a sustentabilidade fiscal e garantir um sistema previdenciário mais justo, ao cobrar contribuição previdenciária menor de quem ganha menos e combater privilégios de categorias específicas.

Nessas "categorias específicas" estão boa parte do funcionalismo público e dos trabalhadores privados de maior renda que se aposentam mais cedo por conseguirem completar o tempo de contribuição.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Disputa pelos ares

Cade analisará Latam e Gol no caso Avianca

Órgão de defesa da concorrência abre processo para investigar conduta anticompetitiva de Gol e Latam. A suspeita é que companhias tenham entrado na disputa de forma a tirar a Azul da jogada

Vídeo

Por que a política tem tanta influência na bolsa brasileira?

Nas últimas semanas, canetadas presidenciais mexeram com o Ibovespa. Entenda por que quem investe em ações no Brasil tem que ficar mais de olho na política do que o normal

IR 2019

Como declarar o imposto de renda 2019: tudo que você precisa saber para prestar contas ao Leão

Neste guia, você encontra o caminho das pedras para preencher e entregar a sua declaração de imposto de renda, mesmo que seja a sua primeira vez

#Tamojunto

Relacionamento entre Bolsonaro e Guedes é ótimo

Prova disso é que com uma boa conversa, o ministro não só resolveu o imbróglio da Petrobras, como plantou a ideia de privatização dessa joia da coroa

Escolha feita hoje

Conselho da Lojas Renner elege Fabio Faccio como diretor presidente

Varejista de moda confirma o processo de transição que havia sido anunciado em novembro de 2018, com a saída de José Galló do cargo

Após zerarem taxa

Cade instaura processo contra Itaú e Rede

Suspeita é que haja conduta anticompetitiva, já que o Itaú, dono da Rede, oferece condições melhores para clientes da sua própria credenciadora

Seu Dinheiro na sua noite

Quando a música para de tocar

Está com saudades dos tempos em que a renda fixa garantia retornos de 1% ao mês? E se eu lhe dissesse que havia uma aplicação no mercado que dava uma rentabilidade mensal de 5%, e com risco praticamente zero? Eu sei, está com cara daquelas pirâmides financeiras, mas os ganhos eram bem reais. Essa era […]

DE OLHO NO GRÁFICO

Três altcoins para você investir a partir de hoje

Coluna traz vídeos sobre análise gráfica e dicas de investimentos. Terças e quartas o tema é o mercado de ações. Quinta-feira é a vez das criptomoedas

OUÇA O QUE BOMBOU NA SEMANA

Podcast: A volta dos IPOs e diesel no chope

Marina Gazzoni e Vinicius Pinheiro comentam os altos e baixos da semana.

condições

Governo negocia mudar reforma desde que mantida economia de R$ 1 tri, diz Joice

Dizendo-se confiante na aprovação da reforma no Congresso, líder do governo no Congresso preferiu não se arriscar a falar quantos votos o governo tem hoje

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

GUIA GRATUITO

Como declarar seus investimentos no IR 2019