Menu
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco) e “Abandonado” (Geração).
Mercados

Presidente do BTG Pactual vê investidor cautelosamente otimista com Brasil

Roberto Sallouti diz que haveria espaço para uma valorização dos ativos brasileiros se medidas como a independência do Banco Central ou a reforma tributária fossem aprovados ainda neste ano

22 de novembro de 2018
13:49 - atualizado às 13:51
Imagem: Raul Junior/BTG

Você já deve ter ouvido a expressão "otimismo cauteloso". Foi assim que boa parte dos investidores e empresários classificou a expectativa para a economia brasileira nos últimos anos. Algo que reflete uma direção correta, mas ainda com uma longa trajetória pela frente.

É da mesma forma que o presidente do BTG Pactual, Roberto Sallouti, avalia o sentimento dos investidores, em particular os estrangeiros, em relação ao país no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro.

Para ele, um sinal desse otimismo com cautela foi o fato de o Brasil ter sofrido menos que os demais mercados com a forte queda recente das bolsas internacionais.

"Um indicador que a gente acompanha muito é a curva longa de juros, que é um bom indicador de confiança e se comportou bem", disse Sallouti aos jornalistas que cobrem o evento que o banco promove hoje em São Paulo sobre perspectivas e cenário macroeconômico.

Ele credita parte desse bom desempenho relativo ao anúncio da equipe econômica do governo Bolsonaro, em particular a escolha de Roberto Campos Neto para a presidência do Banco Central.

Apesar dos bons sinais e a da intenção já manifestada da equipe do governo eleito de atacar os problemas da economia, a implementação das medidas ainda é fonte de dúvida no mercado. Ele ainda vê um movimento "tímido" de investimentos estrangeiros no país, mas ainda em estágio inicial.

"Ninguém tem dúvida de que o diagnóstico está traçado. E cada etapa vencida deve trazer mais confiança", disse.

Sallouti diz que haveria espaço para uma valorização dos ativos brasileiros se medidas como a independência do Banco Central ou a reforma tributária fossem aprovados ainda neste ano.

IPOs em 2019

Sallouti espera uma retomada com mais vigor das ofertas públicas iniciais de ações (IPO, na sigla em inglês) em 2019.

"As empresas têm projetos engavetados e vão querer capital para fazer investimentos", afirmou.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
Conteúdo patrocinado por Startse

Milionária sem sair da cama

O caso da inglesa que ficou milionária trabalhando de pijama no quarto – e o número de brasileiros que querem enriquecer da mesma forma.

Novidades à vista?

Em estratégia de “fatiamento” da Abril, Exame deve ficar com o BTG

Segundo uma fonte, o empresário deve buscar compradores não só para a “Exame”, mas também para outras unidades de negócio, como a Casa Cor e o Guia do Estudante

Novidades nos EUA

Não há evidências suficientes para provar o conluio entre a campanha de Donald Trump e a Rússia, destaca carta

O procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr, informou agora à tarde (24) às autoridades americanas uma parte do conteúdo do relatório do conselheiro especial do DoJ, Robert Mueller

Investigações

Caixa 2 é o crime eleitoral mais investigado pela Polícia Federal

Entre 2006 e 2016, a maioria dos procedimentos eleitorais abertos pela PF estava relacionada à acusação de compra de voto

Articulação política

Major Vitor Hugo visita Bolsonaro e tenta aproximar Planalto e demais poderes

Ao sair da residência oficial da Presidência da República, Vitor Hugo disse que conversou com Bolsonaro sobre a aprovação da reforma da Previdência e a tramitação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) na Comissão de Constituição, Cidadania e Justiça (CCJ)

OBRIGADA, LEITOR!

Seis meses com o Seu Dinheiro

Projeto foi lançado em 24 de setembro e já tem mais de 800 mil leitores por mês no site e 65 mil cadastrados para as newsletters diárias. Conheça a linha editorial, saiba quem não somos e como ganhamos dinheiro.

Entrevista com o cientista político

“Presidente não demonstra capacidade de articulação”, afirma Sérgio Abranches

Autor do termo “presidencialismo de coalizão” nos anos 1980, Abranches afirma que “não faz sentido” o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ser articulador político de qualquer agenda do governo

Todo mundo se estranhando...

Bolsonaro rebate Maia e cita “velha política”

O presidente também alegou não saber por que Maia anda tão “agressivo” com ele

Bon vivant

Mergulhe no maravilhoso mundo dos cafés especiais

Além de apreciar safras de pequenos produtores, amantes da bebida podem tomar um banho terapêutico ou sobrevoar plantações a bordo de um balão

Fintech

Fundo do BNDES investe em ‘bolsa’ de cotas de consórcio

Com sede na Bahia, o Bom Consórcio funciona como uma plataforma de compra e venda de cotas de pessoas que desistiram ou deixaram de pagar as prestações

IR 2019

Guia: como declarar os seus investimentos no imposto de renda 2019

Você também precisa prestar contas das suas aplicações financeiras ao Leão! Confira nosso guia completo sobre como declarar investimentos no IR 2019

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu