Menu
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Investimentos

Poupança tem captação líquida de recurso em novembro. Espero que não seja o seu dinheiro

Caderneta fechou o mês com saldo positivo de R$ 685 milhões. No ano, há R$ 23,653 bilhões que poderiam estar melhor aplicados

6 de dezembro de 2018
15:50
Montagem mostra placa contra investimento em poupança - Imagem: Seu Dinheiro

Segundo o Banco Central (BC), a caderneta de poupança fechou o mês de novembro com captação líquida de R$ 684,548 milhões, depois de uma saída de R$ 2,533 bilhões em outubro. No ano, o saldo está positivo em R$ 23,653 bilhões e soma R$ 40,780 bilhões em 12 meses. Esses resultados são bons e ruins ao mesmo tempo.

O lado bom é que há uma folga no orçamento nas famílias, captando a retomada mesmo que gradual da atividade em um ambiente de juros e inflação mais baixos, que tem favorecido a redução da inadimplência e a desalavancagem dos consumidores.

O lado ruim é que essa montanha de recursos poderia estar melhor aplicada, rendendo mais dinheiro para essa mesma população que se esforça para fazer sobrar algum no fim do mês.

Sabemos da relação afetiva que o brasileiro tem com a caderneta de poupança, mas não gostamos de ver o dinheiro maltratado. Em recente artigo a Luciana Seabra apresentou alternativas para aquela “reserva de emergência” (links abaixo). Vale a pena conferir, mas adianto que há fundos de investimento e títulos do Tesouro Direto, que mesmo considerando o pagamento de Imposto de Renda, entregam um rendimento melhor.

De volta aos números da caderneta, a captação de R$ 684,548 milhões se soma ao rendimento de R$ 2,931 bilhões, elevando o patrimônio total da poupança a R$ 779,807 bilhões, nova máxima da série histórica iniciada em 1995.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu