Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
2019-11-22T10:09:41-03:00
tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

Por que o dinheiro não vem?

22 de novembro de 2019
10:09
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Retomo hoje a discussão de quarta-feira sobre a ausência do investidor estrangeiro no Brasil. O fato de os gringos ainda não terem chegado, mesmo após a aprovação da reforma da Previdência, intriga os economistas.

Nathan Blanche, sócio e diretor da consultoria Tendências, nos apresenta sua tese: “o risco da insolvência tem que ser afastado e para isso tem que fazer a PEC paralela. Elimine o risco de solvência fiscal e esse país vai ser outro.”

Nathan Blanche
"Elimine com o risco de solvência fiscal e esse país vai ser outro”, diz Nathan Blanche, da Tendências Consultoria - Imagem: Print YouTube

A visão dele é que enquanto Estados e municípios não aderirem à reforma da Previdência, o Brasil ainda é um endividado sem controle e que pode dar calote aos olhos do investidor estrangeiro.

Em entrevista exclusiva para o repórter Eduardo Campos, Nathan Blanche disse que o Brasil tem tudo para receber uma fatia maior do dinheiro do mundo, já que boa parte dele está hoje aplicado em juros negativos. O economista também trouxe sua explicação para o movimento recente do dólar. Confira aqui a entrevista completa. 

Otimismo no horizonte

A sexta-feira chegou e com ela mais um dia tomado pelos ruídos e rumores envolvendo a guerra comercial. Por enquanto os sinais são positivos. Pequim convidou Washington para mais uma rodada de negociações e assim os índices futuros em Nova York indicam uma sessão no azul, após dia de ganhos na Ásia.

Enquanto por aqui e em parte do exterior os ativos de risco andam mais otimistas, na Bolívia as coisas não andam tão bem. Assombrado por protestos e a renúncia do presidente Evo Morales, o país teve sua classificação de risco rebaixada pela agência Fitch.

Ontem, o Ibovespa encerrou o dia com uma alta de 1,54%, aos 107.496,73 pontos. O dólar fechou em baixa de 0,25%, a R$ 4,1930. Consulte a Bula do Mercado para saber o que deve mexer com bolsa e dólar hoje.

O peso das tarifas

Não é só a disputa entre China e EUA que traz um desconforto ao mercado. A OMC, por exemplo, vê nas restrições comerciais entre as economias do G-20 - grupo que inclui o Brasil - razões para preocupação. A entidade derrubou a projeção para crescimento da economia mundial, antes prevista em 2,6%. Saiba quais as novas expectativas da Organização Mundial do Comércio - e o que pode ser feito pelas lideranças a partir de agora, na visão da entidade.

‘Ok’ asiático

Em busca de ganhar vantagens competitivas contra a rival europeia Airbus, a americana Boeing ainda trabalha para concluir a compra de 80% da divisão de aviação comercial da Embraer. Apesar da análise da fusão estar atrasada na Europa, na China a negociação já tem sinal verde dos órgãos regulatórios. Saiba mais.

Do laranja para o vermelho

Nem tudo são flores para os bancões. O Itaú foi multado em R$ 3,8 bilhões pela prefeitura de São Paulo. A Secretaria da Fazenda da capital afirma que o banco tomou medidas para sonegação de imposto - o que o Itaú nega. Entenda o caso nesta matéria.

Com o bolso cheio

A empresa de logística Log-in levantou cerca de R$ 551 milhões com a sua oferta subsequente de ações. Foram 38 milhões de novas ações oferecidas ao mercado, mas o valor fixado ficou abaixo de fechamento de ontem dos papéis. Com a grana na mão, a companhia pretende ir às compras e investir em novos navios e reforçar a sua operação. Conheça os detalhes.

Chegou a sua vez?

Se você nasceu entre junho ou julho e tem uma conta ativa ou inativa do FGTS, já pode receber a grana extra do fundo. Os não correntistas da Caixa Econômica Federal nascidos nesta data podem sacar até R$ 500 de cada conta. Saiba como neste link.

Agenda

Indicadores
- IBGE divulga IPCA-15 de novembro
- CNI apresenta a sondagem industrial de novembro
- Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido e Zona do Euro divulgam seus índices de gerentes de compras (PMI)
- Alemanha apresenta a leitura final do Produto Interno Bruto (PIB)

Bancos Centrais 
- Roberto Campos Neto, presidente do BC, palestra no México sobre autonomia da autoridade monetária
- Fed publica o índice de atividade industrial composto

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

UM DOS IPOs DO ANO

Presidente da XP diz que não descarta listar a companhia na bolsa brasileira

O executivo disse que a ideia sempre foi fazer uma listagem no Brasil, visto que a empresa sempre se posicionou “como disruptora do mercado local, democratizando investimentos”

POLÍTICA

Justiça derruba suspensão de deputados do PSL; Joice pode perder liderança

Nesta quarta-feira, Joice foi confirmada líder do PSL na Câmara e em sua primeira coletiva no cargo afirmou que vai buscar uma pacificação na bancada

Até que enfim!

Agência de risco S&P eleva perspectiva para nota do Brasil para “positiva”

Embora atrasada, a decisão da S&P abre caminho para a recuperação no selo de bom pagador do país, perdido em setembro de 2015

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

A última superquarta do ano

Nesta última superquarta de 2019, o mercado ficou em compasso de espera pelas decisões de política monetária do Federal Reserve (Fed), o banco central americano, e do Banco Central brasileiro. No meio da tarde, o Fed anunciou a manutenção das taxas de juros, interrompendo um ciclo de três reduções consecutivas. Mas como o resultado já […]

Sessão tranquila

Sem surpresas com o Fed, dólar cai a R$ 4,11 e Ibovespa fecha em leve alta

A primeira parte do script imaginado pelos mercados foi cumprida à risca: o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) manteve a taxa de juros no país na faixa de 1,50% e 1,75% ao ano, conforme era esperado pelos agentes financeiros. E, sem nenhuma surpresa, o dólar à vista encontrou espaço para continuar caindo, enquanto […]

Menor juro da história

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 4,5% ao ano

Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central cortou a Selic mais uma vez

Juros

Banco Central reduz juros para 4,5% ao ano, mas não garante novos cortes

Com a nova redução de 0,5 ponto percentual em decisão unânime tomada pelo Copom, a Selic renova a mínima histórica

Antes tarde do que nunca?

No dia do IPO da XP, CVM lança proposta para facilitar listagem de BDR

Se já estivesse em vigor, a regra permitiria a listagem de recibos de ações da XP na bolsa brasileira. CVM também pretende liberar investimento em BDR para o varejo

SEM BUROCRACIAS

Em evento na CNI, Bolsonaro faz acenos ao empresariado ao criticar “burocracias”

“Cada instrução normativa deve ser muito bem pensada. Deve atender ao interesse do Brasil. Não de grupos”, disse o presidente

MAIS MAGRINHA

Venda de 51% da Gaspetro com 20 distribuidoras deverá ser por IPO, diz Petrobras

“As conversas continuam com a Mitsui e a nossa expectativa é realizar a transação no mercado de capitais. Em 2015 a Petrobras vendeu 49% da empresa para a Mitsui e agora vamos vender nossa parte em bolsa”, disse Castello Branco

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements