Menu
Luciana Seabra
Advogada do Investidor
Luciana Seabra
É CFP®, especialista em fundos de investimento e sócia da Empiricus
Advogada do investidor

Por outras conversas de elevador

Não é louco que conversemos sobre tudo com os amigos e parentes – passando pela delicada tríade futebol, política e religião – e que falemos tão pouco sobre como nos preparamos para o nosso futuro?

7 de março de 2019
10:56 - atualizado às 11:08
Vizinhos conversando - Imagem: Shutterstock

Nota da editora: Olá, aqui é a Luciana. Hoje abri este espaço para a Ana Luísa Westphalen te contar uma história. Senta que lá vem...

“O Palmeiras é ruim, o Corinthians é o verdadeiro campeão.” Com essa mentira infundada meu filho foi recebido pelo vizinho, na nossa primeira semana de prédio novo. Minutos depois, superada a rixa inicial, os dois moleques de 5 anos já corriam juntos pelas escadas de emergência, como velhos conhecidos.

Palmeirense que sou, considerei esse um péssimo começo, mas não tinha mais como me afastar dos inimigos. Logo instaurou-se um ritual que seria repetido diariamente. As portas do 201 e do 203 se abrem e o 20° andar vira um território unificado. Léo junta-se aos irmãos alvinegros Nico e Kaká (a líder, de 8 anos). Completa a quadrilha meu cachorro, Marcos (homenagem a um santo protetor das traves). Todo dia é isso. E adoramos!

Impressionante o poder das amizades de prédio. Pouco tempo depois, estávamos todos reunidos no apartamento vizinho comemorando minha mudança de emprego. Quando você diz a alguém que vai trabalhar na Empiricus, ouve sempre as mesmas perguntas. “E aí, o trabalho dos caras é sério mesmo?” ... “Quando é que vamos ver você no YouTube?” ... “Por que mandam e-mails tão longos? Alguém lê aquilo até o fim?”

Mas faltou a frase mais clássica, que ficou para depois do toque de recolher da criançada (aquela contagem regressiva ameaçadora que só quem é pai ou mãe sabe fazer). Meu vizinho me chamou de canto e falou: “Ó lá, hein, Ana... quando souber de alguma dica quente por lá, fala pra gente!”. Fiquei com aquilo na cabeça.

Comecei na Empiricus há seis meses e o que não tem faltado é ideia boa de investimento, ainda mais quando sua rotina é estar em contato com os melhores gestores do Brasil. Mas tem um projeto em especial que me ganhou logo de cara, foi inclusive meu primeiro passo no mundo dos investimentos: a SuperPrevidência.

Quem é que não tem medo de ter uma velhice decadente? Quem não tem um conhecido ou familiar condenado a depender dos outros até o fim da vida porque não se planejou financeiramente? Isso, para mim, é o pior dos destinos.

“Viu... vocês têm plano de previdência?”, perguntei aos meus vizinhos outro dia. Foi só o tempo de uma consulta aos extratos do Bradesco para que o casal desse adeus ao universo dos fundos que não rendem nada. Pediram a portabilidade.

Não é louco que conversemos sobre tudo com os amigos e parentes – passando pela delicada tríade futebol, política e religião – e que falemos tão pouco sobre como nos preparamos para o nosso futuro?

Torço muito para que o papo em outros elevadores por aí também mude de “E o seu time, hein?”, para “Já entrou no app da Vitreo e viu como está rendendo nossa previdência?”. Ou “Legal que a Luciana e o Jojo estão aprimorando a carteira, né? Vai ficar show”.

Mantida a rivalidade saudável, agora temos um plano em comum; compartilhamos um projeto para curtir uma velhice feliz. Quem sabe quando essa hora chegar tenhamos mais tempo para desfrutar da piscina e da academia do condomínio?

A essa altura, a turminha estará solta no mundo, mas certamente trocará provocações sempre que tiver “Palmeiras-Corinthians, Corinthians-Palmeiras”, como diria o saudoso Roberto Avallone.

Muito legal isso de mudar o papo de elevador. Mas defendo que algumas tradições sejam mantidas. Tipo, em dia de derby, melhor cada um no seu apartamento.

Seu fundo

Hoje vamos sair do eixo Rio-São Paulo e falar sobre uma gestora mineira, a AF Invest, conterrânea da Luciana. A casa é um braço do grupo Araújo Fontes, fundado em 1990 para assessorar empresas de médio porte em processos de fusões e aquisições e renegociação de dívidas, entre outros serviços estratégicos.

Apesar de pouco conhecida na Faria Lima, a AF Invest tem dez anos de história, está em todas as plataformas de distribuição e é responsável por gerir um patrimônio de 4,5 bilhões de reais.

Entre os produtos disponíveis para o varejo, estão três fundos: um de ações e dois de crédito privado, que chamam a atenção pelo retorno consistente ao longo da última década. O gestor principal é Pedro Sternick, que tem 18 anos de experiência na área de crédito.

Todo mineiro que eu conheço é desconfiado, o que me leva a crer que eles são as pessoas certas na missão de selecionar ativos seguros para compor uma carteira de crédito privado. No fim das contas, o trabalho de um gestor da categoria é escolher para qual empresa e empreendimento emprestar dinheiro.

Brincadeiras e regionalismos à parte, crédito privado é a categoria com a qual somos mais criteriosos aqui.

Agora que conhecemos os gestores, o próximo passo é fazer uma avaliação completa dos produtos, sob parâmetros quantitativo e qualitativos, além de gastar sola de sapato conversando sobre a casa com pessoas de peso no mercado.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também

Quem é a Pi

Somos uma plataforma aberta de investimentos formada por um time com pessoas de diferentes perfis, unidos por um único propósito: ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente. #Simples, porque temos uma loja de investimentos 100% digital a sua disposição mesmo antes de você abrir a conta; #Seguro […]

Que Bolsa é Essa?

A crise da Boeing com o 737 MAX pode afetar a Embraer depois da fusão?

Ainda vejo valor escondido nas ações da Embraer, que deve aparecer mais claramente conforme a combinação das duas empresas for amadurecendo, e a posição é uma boa proteção contra uma forte escalada do dólar no curto prazo

A Bula do Mercado

Novela política perde audiência do mercado

Mercado financeiro quer se desviar dos ruídos políticos em Brasília e concentrar as atenções na questão econômica

IR 2019

Como declarar dependentes no imposto de renda 2019

Ganhos e despesas de dependentes também devem ser declarados. Confira como incluir todas as informações da forma correta na sua declaração do IR

É hoje, às 14 hrs

Guedes na Câmara será teste de insatisfação com o governo

Ministro da Economia encara deputados na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) em evento que pode dar boa medida se o novo lema “tudo pela paz” vai funcionar

ADVOGADA DO INVESTIDOR

Podcast: Meu primeiro investimento

Luciana Seabra e Julia Wiltgen contam como começaram a se aventurar como investidores e dão dicas para quem quer dar o primeiro passo

Após operação da PF

BC bloqueia R$ 23 milhões de Coronel Lima e R$ 8,2 milhões de Michel Temer

Valor bloqueado estava guardado em três contas do ex-presidente. Resultado do bloqueio foi encaminhado ao juiz Marcelo Bretas

Na mira

S&P coloca rating da Natura em observação para um potencial rebaixamento

Agência de classificação de risco aponta que as negociações para a compra da Avon poderiam impactar negativamente na nota da empresa

A crise vem de dentro

Líder do PSL na Câmara diz que nem o próprio partido de Bolsonaro está convencido sobre a reforma da Previdência

Delegado Waldir afirmou que o projeto de lei sobre a previdência dos militares causou muito descontentamento entre os parlamentares

Fora Temer

Temer deixa sede da Polícia Federal no Rio

Ex-presidente deve voltar para São Paulo, local onde mora e foi preso

Trégua?

Bolsonaro vai procurar a paz por meio da interlocução

General Rêgo Barros destacou que presidente está aberto ao diálogo com Rodrigo Maia e demais congressistas e que fará todos os esforços para aprovação da reforma da Previdência

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu