Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
2019-05-08T10:19:24+00:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

Petrobras tira nota 4

8 de maio de 2019
10:19
O Melhor do Seu Dinheiro
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

O mercado queria ver um número cinco no balanço da Petrobras. R$ 5 bilhões de lucro no primeiro trimestre. Veio um 4. Ou melhor: R$ 4 bilhões, uma queda acima de 40% em relação ao registrado um ano antes. A empresa sofreu um ajuste contábil que afetou seu lucro, mas, mesmo sem esse efeito, seu resultado ficou ligeiramente aquém do esperado pelos analistas.

Apesar do lucro menor, o primeiro balanço da estatal no ano teve, sim, boas notícias. A companhia conseguiu aumentar sua geração de caixa (Ebitda) e anunciou o pagamento de juros sobre capital próprio de R$ 1,304 bilhão aos acionistas.

O Vinícius Pinheiro traz os principais números do balanço da Petrobras e os detalhes de quanto cada acionista vai receber na sua conta.

Tigrão e tchutchuca de volta

(Brasília-DF, 06/05/2019) Paulo Guedes. - Imagem: Isac Nóbrega/PR

Depois do fatídico episódio em que Paulo Guedes foi chamado de “tigrão” e “tchuchuca” em uma reunião da CCJ na Câmara dos Deputados, o ministro volta à Casa. Desta vez ele explicará a proposta da reforma da Previdência à Comissão Especial. A conferir como se sairá o ministro e como vão se comportar os deputados . Darão a importância devida ao debate em curso ou vão novamente se comportar como se estivessem no Zorra Total?

Tão emocionante quanto dançar com a irmã

Eu sei que parece chato falar das reuniões do Comitê de Política Monetária (Copom). Especialmente nos últimos meses: a taxa Selic se mantém em 6,5% desde março do ano passado. Como disse o Eduardo Campos certa vez em uma das nossas conversas na redação: “o Banco Central anda tão emocionante quanto dançar com a irmã”.

Pois bem. Chato ou não, a decisão do BC sobre a taxa de juros mexe com as suas aplicações financeiras - da renda fixa à variável. Então é melhor você acompanhar esse assunto…

Hoje o BC apresenta sua decisão sobre a Selic. A expectativa é de manutenção da taxa, de novo. Veja a análise do Edu sobre o impacto nos seus investimentos.

Arco Educação abre a carteira

Depois de embolsar uma bolada na sua oferta de ações nos Estados Unidos, a Arco Educação abriu a carteira e foi às compras. Ela levou o  Sistema Positivo de Ensino por R$ 1,65 bilhão.  Com isso, a companhia poderá mais que dobrar de tamanho, chegando a 1,2 milhões de estudantes em 4.800 instituições parceiras. O repórter Victor Aguiar conta os detalhes da operação.

Cade entra em cena para ajudar a Azul

Mais uma possível reviravolta na novela da Avianca. O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) agora defende que a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) distribua os slots (autorizações de pouso e decolagem em aeroportos) da companhia para uma nova empresa aérea, preferencialmente, ou para a companhia de menor participação no mercado.

A não ser que algum azarão apareça com a intenção de constituir uma nova empresa aérea no Brasil, a decisão deverá beneficiar o avanço da Azul no aeroporto de Congonhas e reforçar a concorrência na ponte aérea Rio-SP. Saiba mais 

Lembra de mim?

No mês passado você deve lembrar que o nosso colunista Fausto Botelho apontou em seus vídeos da série “De olho no gráfico” quatro ações que, para ele e segundo as curvas gráficas, tinham grande potencial de valorização. Pois bem, que tal revisitar esses ativos e conferir o desempenho de cada um deles? Será que o Fausto acertou na pedida? A resposta você confere neste vídeo.

A Bula do Mercado: no aguardo de Guedes

Todos os holofotes do mercado financeiro devem se voltar para Brasília hoje. O ministro Paulo Guedes é o primeiro convidado da Comissão Especial da reforma da Previdência e a expectativa pode reduzir a influência externa nos negócios locais em semana marcada por novos entraves comerciais entre Estados Unidos e China.

Na Comissão Especial ainda há um impasse sobre o número de audiências que devem ser feitas antes da votação. Enquanto a oposição defende um mínimo de 15 sessões até junho, o relator Samuel Moreira pretende realizar 10 audiências até o fim de maio. Ontem, o governo decidiu recriar dois ministérios, Cidades e Integração Nacional, como forma de angariar apoio para a pauta.

A escalada da tensão entre Estados Unidos e China ganha novos contornos com a divulgação dos dados da balança comercial chinesa. Os números revelam por que o país está tão interessado em um acordo: as exportações apresentaram um recuo de 2,7%, reflexo da arrastada guerra tarifária.

Ontem, o Ibovespa fechou o dia com queda de 0,65%, aos 94.338,73 pontos. O dólar teve alta de 0,29%, a R$ 3,9694. Consulte a Bula do Mercado para saber o que esperar de bolsa e dólar hoje.

Um grande abraço e ótima quarta-feira!

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Nas ruas do país

Atos pró-Bolsonaro chegam a 59 municípios de 18 Estados e DF

Em São Paulo, a manifestação a favor do governo ocorre na Avenida Paulista e os participantes estão distribuídos por sete quarteirões

Entrevista

“Reforma tem boa chance de passar. Talvez não no prazo ideal”, diz Pedro Parente

Ex-ministro e atual presidente da BRF, Parente vê com naturalidade a atual desarticulação entre o presidente Jair Bolsonaro e o Congresso

Dia de manifestações

Bolsonaro posta no Twitter vídeos de atos pró-governo

A conta do presidente na rede social trouxe três vídeos de manifestantes nas cidades do Rio de Janeiro, em São Luís, no Maranhão, e em Juiz de Fora, no interior de Minas

Trabalho para os liberais

Kleber Bambam e o twitter de Bolsonaro: por que a economia não sai do paredão?

Para Adolfo Sachsida, secretário de política econômica do Ministério da Economia e fã do Big Brother Brasil, problema está no desajuste fiscal herdado das gestões petistas, e não nas polêmicas do Twitter

Das redes ao asfalto

Manifestações nas ruas testam apoio a Bolsonaro

Receio da equipe de Bolsonaro é de que, se não houver uma adesão de peso às manifestações, isso seja interpretado como um sinal de perda de popularidade

Armas

Novo decreto de Bolsonaro mantém brecha para compra de fuzis

Governo mudou texto para evitar venda de fuzis a civis, que fez as ações da Taurus dispararem na semana passada. Mas Procuradoria diz que novo decreto mantém essa possibilidade

Cannabusiness

O dia não tão distante em que os supermercados americanos venderão produtos feitos com planta de maconha

Todos querem sua fatia de uma indústria que deve ultrapassar os US$ 2 bilhões nos EUA até o próximo ano, uma vez que pesquisas vêm mostrando que os consumidores estão dispostos a pagar preços mais altos pelos produtos

Reduzindo os gargalos

Judiciário prepara pacote de medidas para acelerar recuperações judiciais

Em média, em São Paulo, são 567 dias (cerca de um ano e meio) entre a Justiça aceitar o pedido de recuperação de uma empresa e apreciar o plano de reestruturação

Seu Dinheiro no sábado

MAIS LIDAS: Esse filme eu já vi

Na semana em que o futuro pareceu repetir o passado, o assunto mais comentado não podia ser outro: o tsumani político que varreu Brasília. O enredo que incluiu derrotas do governo no Congresso, investigações do Ministério Público, manifestações de rua e investidores à beira de um ataque de nervos de fato me trouxe recordações recentes, […]

Pague pelo celular

Após avanço do Itaú, Mercado Pago amplia parcerias com lojas para pagamentos instantâneos

Empresa do site Mercado Livre fecha parceria com redes de farmácia e de alimentos para aceitar pagamentos pelo sistema de “QR Code”, que agora entrou na mira do Itaú

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements