Menu
2019-10-08T14:40:49+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
planos da estatal

Petrobras quer usar recursos de refinarias para investir no pré-sal

Informação foi passada por presidente da companhia, que participou de audiência pública na Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados

8 de outubro de 2019
13:47 - atualizado às 14:40
Roberto Castello Branco, presidente da Petrobras
Presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco - Imagem: Will Shutter/Câmara dos Deputados

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, afirmou nesta terça-feira, 8, que a companhia pretende usar os recursos levantados com a venda de oito refinarias para acelerar os investimentos na exploração do pré-sal.

Para ele, refinaria não é um negócio muito bom porque exige um custo baixo e o "custo de pessoal da Petrobras é alto". "As maiores petroleiras do mundo inclusive venderam 30% da sua capacidade de refino nos últimos anos", afirmou.

O presidente da companhia falou em audiência pública na Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados.
Castello Branco alegou ainda que, apesar da venda de ativos no setor, não sairá totalmente do negócio de refino.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

"Contemplamos, por exemplo, o crescimento no setor de petroquímica no futuro, utilizando as reservas de gás do pré-sal", completou o presidente da Petrobras.

No início da tarde desta terça-feira, 8, as ações ordinárias da estatal PETR3 eram negociadas a R$ 28,59, numa alta de 0,63%. Veja nossa cobertura de mercados. 

Preço dos combustíveis

Segundo Castello Branco, a venda das refinarias pela empresa não irá culminar no aumento do preço dos combustíveis para os consumidores. "O que altera o preço dos derivados nas bombas é a competição", afirmou.

"A maior garantia para o consumidor é a competição, o custo pode até cair, mas aumentar não vai não", respondeu, em audiência pública na Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados. "As refinarias no Brasil continuarão utilizando petróleo da Petrobras, dificilmente trarão de outros continentes", completou.

Questionado sobre o impacto na economia brasileira decorrente dos desinvestimentos da empresa em diversas áreas, Castello Branco rebateu que o desenvolvimento econômico não pode ser o resultado de uma única empresa.

Ele citou os exemplos de Venezuela e Angola como países que apostaram em suas petrolíferas como motores da economia.

"Nenhuma empresa pode se jactar de ser o motor da economia nacional. Se a Petrobras foi o motor do Brasil, fez um mau trabalho, porque o PIB per capita brasileiro ainda é baixo. Toda empresa lucrativa pode contribuir para o desenvolvimento nacional, desde que seja lucrativa", concluiu Castello Branco.

Produção na Bahia

O presidente da Petrobras afirmou que "natureza trabalhou contra" a Bahia que, segundo ele, já foi um Estado muito importante para a empresa, mas hoje só representa 1,5% da produção da companhia.

"Infelizmente a nossa produção na Bahia hoje ficou irrelevante, assim como outros Estados do Nordeste, como Ceará, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe", afirmou Castello Branco, em audiência pública na Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados.

O tema da sessão na comissão é "o fechamento da Petrobras na Bahia e o desmonte da Petrobras no Nordeste". "Não estamos fechando nossas operações no Nordeste. Nós estamos vendendo para empresas privadas interessadas nesses ativos, que estão investindo na região e vão gerar empregos. A Petrobras não tem dinheiro para investir em tudo", completou.

Castello Branco citou ainda a sede da Petrobras em Salvador - conhecida como Conjunto Pituba - formada por uma torre de 22 andares que custou R$ 2,087 bilhões, enquanto a empresa mal ocupa cinco andares do prédio. "Tomamos a decisão de desocupar prédio, que é um monumento ao desperdício, um verdadeiro templo da corrupção", concluiu.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Débito e crédito

Luiz Frias: o empresário da mídia que virou bilionário com as maquininhas

Conheça o herdeiro da Folha de S.Paulo e entusiasta da internet que revolucionou mercado de meios de pagamentos no Brasil com a PagSeguro

Ações para uma vida

Conheça os 5 maiores investimentos da carteira do bilionário Warren Buffett

Em junho deste ano, a holding de Warren Buffett detinha na carteira ações de 47 companhias. Mas cinco delas representavam 69% do total em valor de mercado. Confira quais são as queridinhas do “oráculo de Omaha”

QUER GANHAR DINHEIRO?

5 estratégias para lucrar na bolsa olhando apenas os gráficos

Quem souber interpretar esses movimentos pode ter insights valiosos sobre a tendência de preços.

Impasse sem fim

Hoje não? Hoje sim. Parlamento britânico volta a adiar votação sobre acordo do Brexit

Foi um duro golpe para primeiro-ministro Boris Johnson, que poderá se ver obrigado a pedir à União Europeia o adiamento da saída do Reino Unido

Sócios na bolsa

Banco do Brasil atrai mais de R$ 7 bilhões em recursos de pessoas físicas em oferta de ações

Uma parcela de 30% da emissão do Banco do Brasil foi destinada ao varejo, embora a demanda fosse suficiente para cobrir o total da oferta, de R$ 5,8 bilhões

O melhor do Seu Dinheiro

MAIS LIDAS: Um novo modelo para o concurso público

Durante um bom tempo, se você digitasse “Banco do Brasil” no Google, a primeira palavra sugerida para a busca seria “concurso”. Ainda hoje o termo aparece bem à frente nas pesquisas do site do que “investimentos”, por exemplo. A estabilidade de uma carreira no serviço público continua sendo a aspiração de muita gente, ainda mais […]

Governança corporativa

Após vender Via Varejo, GPA dá novo passo para migrar ações ao Novo Mercado da B3

Pão de Açúcar publicou o primeiro aviso da oferta pública de aquisição (OPA) da Almacenes Éxito, que possui ações listadas na Colômbia, dentro da reestruturação das operações do grupo francês Casino na América Latina

Maquininhas de cartão

Luz verde! UBS inicia cobertura de ações da Stone com recomendação de compra

O preço-alvo para as ações da Stone, que são negociadas na Nasdaq, foi definido em US$ 42, o que representa um potencial de alta da ordem de 23%

Briga política

Bolsonaro quer processar deputado que o chamou de ‘vagabundo’

Em áudio vazado de uma reunião interna da legenda, o líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir, também disse que vai “implodir” o presidente Jair Bolsonaro

Smartphone

Com iPhone 11 mais barato, Apple volta a atrair fila de lançamento

Preços do iPhone 11 ainda são salgados e variam entre R$ 5 mil e R$ 9,6 mil, mas estão um pouco abaixo de 2018, quando a Apple lançou o modelo XR por pelo menos R$ 5,2 mil

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements