Menu
2019-10-14T14:15:15+00:00
olha quem movimenta

Petrobrás e Caixa vão movimentar R$ 15 bi na Bolsa

Após a Petrobrás anunciar na sexta-feira que a venda de sua participação na BR Distribuidora colocará R$ 8 bilhões em seus cofres, a petrolífera divulgou ontem que a Caixa quer vender suas ações da empresa, por R$ 7,2 bilhões

11 de junho de 2019
7:59 - atualizado às 14:15
Montagem da fachada da Caixa e Petrobras
Imagem: Montagem Andrei Morais/Shutterstock

A venda de ativos de empresas e bancos públicos via Bolsa começa a trazer para o mercado a movimentação de uma quantia significativa de recursos. Após a Petrobrás anunciar na sexta-feira que a venda de sua participação na BR Distribuidora colocará R$ 8 bilhões em seus cofres, a petrolífera divulgou ontem que a Caixa quer vender suas ações da empresa, por R$ 7,2 bilhões. Anteriormente, a Caixa já havia vendido seus papéis da IRB Brasil Re, por R$ 2,5 bilhões. Todas operações aconteceram ou serão feitas pela Bolsa.

No anúncio de ontem, a Petrobrás informou que a Caixa levará a mercado sua participação de 3,24% na petroleira por meio de uma oferta pública de papéis. As ações ordinárias (com direito a voto) serão vendidas no Brasil e no exterior.

Pelo prospecto, cerca de 30% das ações serão destinadas aos investidores pessoa física, que terão entre 17 e 24 de junho para fazer as reservas. O valor mínimo de investimento será de R$ 3 mil e o máximo de R$ 1 milhão. Funcionários da Petrobrás e da Caixa terão prioridade para comprar até 2% do valor total. O início das negociações das ações vendidas no pregão da bolsa está previsto para o dia 27.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Apesar de a economia brasileira passar por um momento delicado, a operação deverá contar com demanda forte de investidores estrangeiros, segundo fontes, por se tratar de uma empresa global e de alta liquidez. Ontem, as ações da Petrobrás caíram 1,94%.

A venda das ações da Petrobrás é a segunda saída da nova gestão da Caixa, presidida por Pedro Guimarães, de áreas que fogem de seu foco principal de atuação. É esse o mandato da gestão Guimarães, bem como tornar o banco mais eficiente. No início do ano, a instituição - que não quis comentar a operação - já havia emplacado uma oferta de papéis da resseguradora IRB Brasil Re, que somou R$ 2,5 bilhões.

Na fila do plano de desinvestimento, estão ações da Alupar, de energia elétrica, e do Banco do Brasil - ambas detidas pelo FI-FGTS e para as quais a Caixa está selecionando assessores financeiros para vendê-las por meio de uma oferta na bolsa.

Devolução. Com o dinheiro obtido, além de investir mais no negócio bancário, a Caixa quer devolver recursos recebidos pelo governo para reforçar seu capital por meio da emissão dos chamados instrumentos híbridos de capital e dívida (IHCD). A Caixa tem saldo de R$ 40 bilhões, que já começou a devolver e quer zerar o quanto antes.

A venda das ações da Petrobrás deve ter efeito positivo no banco estatal, gerando lucro líquido não recorrente no segundo trimestre. O impacto, porém, vai depender do preço dos papéis na oferta, que será definido em 25 de junho.

A expectativa inicial era fazer a oferta de ações em maio, mas alguns fatores fizeram a Caixa adiar a transação. Em abril, com falas do presidente Jair Bolsonaro sobre o preço do diesel, os papéis da Petrobrás caíram na Bolsa, o que fez a instituição rever o cronograma de vendas.

Em seguida, uma liminar concedida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin questionou a venda de estatais sem autorização do Congresso. Na semana passada, porém, o STF decidiu que subsidiárias de estatais podem ser vendidas sem o crivo de deputados e senadores.

No mesmo dia em que STF decidiu pela liberação, a Petrobrás anunciou a venda de parte de suas ações na BR Distribuidora - que deve ser a maior oferta pública secundária de ações do País neste ano. Com a venda, a petroleira deverá reduzir de cerca de 70% para menos de 50% de participação na distribuidora de combustíveis. O mercado acredita que seja possível concluir a operação em julho.

O mercado ainda conta com outras operações em andamento, como CPFL e Light.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

novidade lá fora

Google anuncia Pixel 4, celular com sensor de controle por gestos

Em evento nos EUA, empresa anunciou uma série de produtos novos, incluindo a segunda geração de seu alto-falante inteligente, o Nest Mini, e o notebook Pixelbook Go

no topo

PAN, BMG e Bradesco lideram ranking de reclamações contra bancos do BC

Pan registrou índice de 149,58. Em segundo lugar, aparece o BMG (82,33) e, em terceiro, o Bradesco (24,16)

vamos fala das teles

Na esteira de notícias sobre possível venda da Oi, presidente da dona da Vivo diz que ficarão no Brasil as teles capazes de investir

Christian Gebara reiterou o plano trienal de investimentos da Telefônica, que prevê chegar a aportes de R$ 9 bilhões em 2019

dinheiro no bolso

Receita paga nesta terça-feira (15) restituições do 5º lote do Imposto de Renda 2019

Consulta para saber se a declaração foi liberada poderá ser feita acessando a página da Receita na internet, pelo Receitafone 146, informando o CPF e a data de nascimento

lupa no país

FMI reduz previsão de crescimento do PIB do Brasil em 2020 para 2%

Projeção anterior era de 2,4%; fundo alterou também a previsão para este ano: de 0,8% para 0,9%; dados constam em relatório divulgado hoje, também trazendo expectativas para a economia global

caso de justiça

Operação da PF mira Luciano Bivar, do PSL

Operação Guinhol apura supostas fraudes na aplicação de recursos destinados a candidaturas femininas em Pernambuco

destino para a estatal?

É melhor vender controle da Eletrobras e cobrar investimentos do novo dono, diz Maia

Segundo o presidente da Câmara, ainda que a posição do Senado em relação ao tema atrapalhe, a Câmara é favorável

Hora das compras

Guedes altera portaria que limita compras em free shops de US$500 para US$ 1 mil

Os free shops são lojas que ficam nas áreas de embarque e desembarque de aeroportos, normalmente os produtos são vendidos sem encargos ou tributações.

Próximos passos

Para Eduardo Guardia, reforma administrativa deve ser prioridade após Previdência

Segundo ele, a razão é que a reforma tributária envolve três esferas do governo (federação, Estados e municípios) e está mais relacionada à produtividade. Logo, é muito mais complexa, especialmente porque envolve vários grupos de interesse

Débito ou crédito

UOL vai vender até 11% das ações que detém na PagSeguro em nova oferta na bolsa de Nova York

Com a notícia, as ações da PagSeguro amargavam uma queda de quase 15%. No preço de fechamento de ontem (US$ 46,29), o UOL embolsaria até US$ 892 milhões (R$ 3,7 bilhões) com a venda dos papéis

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements