Menu
2019-03-27T11:58:35+00:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Tempos estranhos

PEC do orçamento impositivo mostra que o Brasil não é para amadores

O que era pauta-bomba em 2015 virou “coisa boa” agora em 2019

27 de março de 2019
11:08 - atualizado às 11:58
Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados - Imagem: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O Brasil definitivamente não é para amadores ou para principiantes. O Congresso aprova uma mudança na Constituição que seria ruim para o governo. O governo, por sua vez, não só apoia como orienta voto favorável. No lado técnico, o Ministério da Economia não se pronuncia oficialmente, mas economistas falam que a medida dificulta o cumprimento do teto de gastos.

A PEC é de 2015 e era tida como “pauta-bomba” contra o governo de Dilma Rousseff. Agora, tem deputado da base falando que ela representaria o fim do “toma lá, dá cá”, pois torna obrigatória a execução das emendas de bancada.

Por outro lado, um Orçamento ainda mais engessado obrigaria o governo a negociar mais vezes com o Congresso quando precisasse fazer eventuais mudanças, o que seria prato cheio para o “toma lá, dá cá”.

Ao “O Antagonista”, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, reforçou que não é pauta-bomba, o que fica impositivo são os investimentos, não os gastos com pessoal e custeio.

Já a “Folha de S.Paulo” nos relata, citando empresários que estivem com o presidente, que ele não vai ceder na negociação com o Congresso, nada de velha política ou cargos. "Não vou jogar dominó com o Lula e o Temer no xadrez", teria dito o mandatário.

O que parece claro é que a proposta vai contra o que o ministro Paulo Guedes defende com a total desvinculação e desindexação do Orçamento. Ele vinha acenando isso como um trunfo para os governadores e prefeitos, que fariam pressão pela reforma da Previdência de olho em maior controle sobre as verbas que hoje ficam com a União.

Será que o ministro fala sobre o tema em audiência prevista para às 14 horas na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE)?

Depois dessa demonstração de força do Congresso alguns amigos do mercado levantam a tese de que poderíamos caminhar para um “parlamentarismo branco”, com o Congresso dando as cartas e impondo uma agenda ao Executivo.

Tempos estranhos, como diz um ministro do STF.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

O HOMEM MAIS RICO

Jeff Bezos: paciência para esperar o lucro da Amazon fez o maior bilionário do mundo

Como o empresário transformou uma pequena livraria online em uma das maiores varejistas do mundo e desbancou Bill Gates da lista da Forbes com uma fortuna estimada em US$ 148 bilhões.

Bandeira branca no radar?

EUA devem estender licença da chinesa Huawei para atender clientes do país

Movimento dos EUA pode ser visto como positivo para o fim da guerra comercial com a China já que a companhia foi um dos focos de tensões entre os gigantes

Governador de Minas

‘Governo entra em pautas minúsculas’, avalia Romeu Zema

Em entrevista, governador de MG nega que esteja sendo “tutelado” pelo partido Novo e avaliou que o presidente Jair Bolsonaro deveria “focar em coisas maiores, grandiosas”

Corrida contra o tempo

Tarifa de importação do Mercosul pode cair já em 2020

Com receio de que o grupo político da ex-presidente da Argentina Cristina Kirchner volte ao poder, o governo brasileiro tem pressa

Agora vai?

Governo enviará ao Congresso na próxima semana projeto para destravar privatização da Eletrobras

Proposta deve conter os mesmos itens que estavam na Medida Provisória 879, que não foi votada pela Câmara

Olha quem apareceu

Rede de varejo Le Biscuit, da Vinci Partners, estreia no comércio online

Entrada da empresa no mundo online ocorrerá em etapas e segue uma tendência mundial

Olha a oportunidade aí

Movimentos para ofertas de ações no 2º semestre aceleram

Reuniões com os bancos de investimento se intensificam e companhias começam a fechar acordos para levar as ofertas adiante

Eita!

Chefes da Receita Federal ameaçam entrega de cargos por interferência política

De acordo com apuração, seis subsecretários do órgão estão fechados nessa posição

À beira do abismo

Sob pressão financeira, Oi procura bancos para encontrar saída

Operadora precisa levantar R$ 2,5 bilhões, mas ainda não tem ideia de como fará essa captação de recursos

Batalha contra a desaceleração

China divulga reforma de juros para reduzir custo de financiamento de empresas

Movimento anunciado deve reduzir ainda mais as taxas de juros reais para as companhias do país

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements