Menu
Ivan Sant’Anna
Seu Mentor de Investimentos
Ivan Sant’Anna
É trader no mercado financeiro e autor da Inversa
2018-10-11T12:42:10+00:00
Prejuízo

Outubro vermelho

Antes que você tire conclusões precipitadas, o “vermelho” do título acima nada tem a ver com o PT, com o PCdoB, com o MST e similares. Vermelho nesta crônica significa prejuízo

11 de outubro de 2018
12:24 - atualizado às 12:42
incendio
Incêndio em floresta - Imagem: Shutterstock

Caro leitor,

Antes que você tire conclusões precipitadas, o “vermelho” do título acima nada tem a ver com o PT, com o PCdoB, com o MST e similares. Vermelho nesta crônica significa prejuízo. Fartos prejuízos no mercado de ações de ontem.

O dia começou com declarações conflitantes de Jair Bolsonaro. Após dizer que a reforma da Previdência será tratada vagarosamente, o capitão informou que irá procurar a equipe de Michel Temer para cuidar da aprovação ainda em 2018, na atual legislatura, desgastada e parcialmente defenestrada, do Congresso.

Não bastassem tais notícias baixistas, outras duas vieram se somar:

  1. Jair Bolsonaro se mostrou contrário à privatização da Eletrobras, acrescentando que “a gente não vai mexer no setor de exploração da Petrobras.” Foi um retrocesso nacionalista. Voltou a ser o Bolsonaro de antigamente.
  2. O Ministério Público Federal comunicou que Paulo Guedes está sendo investigado por suspeita de fraudes em negócios com fundos de pensões de estatais. O Ibovespa abriu com enorme pressão de venda.

Jair Bolsonaro e Fernando Haddad estão oficialmente no segundo turno. Para ganhar com o sobe e desce do mercado, selecionamos três ações para você investir agora e ganhar muito dinheiro com as eleições. Quer saber quais são? Veja aqui.

“Tudo bem”, aposto que disseram alguns otimistas. “Isso é uma saudável realização de lucros”. A Bolsa vinha subindo consistentemente e haveria um momento em que dos dois sentimentos que a regem, ganância e medo, o segundo suplantaria o primeiro.

Pois foi ontem. O mercado sentiu medo.

O que ninguém esperava é que o Dow Jones abrisse na máxima do dia e caísse ao longo de toda a sessão, um recuo 831,83 pontos ou 3,15%, a maior queda em oito meses.

Aqui no Brasil, a grande expectativa era a primeira pesquisa de intenção de votos no segundo turno para presidente, do Datafolha, marcada para as 19 horas, portanto, após o fechamento do mercado.

Só que a queda de Nova York ao longo do dia foi se tornando tão ampla que a pesquisa acabou sendo relegada a segundo plano.

Os números foram favoráveis a Jair Bolsonaro: 58% para ele e 42% para Haddad, uma diferença de 16 pontos.

Um adversário do capitão poderia alegar que na votação de domingo a vantagem tinha sido de 17 pontos: 46 a 29.

Acontece que quem votou em Bolsonaro no dia 7, vai votar em Bolsonaro no dia 28, assim como quem votou em Haddad vai continuar votando em Haddad.

Dos que votaram em Ciro Gomes, Geraldo Alckmin, João Amoêdo e demais candidatos, só um por cento a mais se bandeou para Haddad. Considerando-se que Ciro obteve uma votação expressiva, 12,47%, e que a maioria de seus eleitores supostamente vota em Haddad, o 1% de bônus que o petista levou foi simplesmente brochante para seus adeptos. Dá pinta que a turma de Alckmin e Amoêdo vai mesmo “bolsonarar”.

Bull market dia 1º?

Nesse ritmo, Jair Bolsonaro vai pôr a faixa no dia 1º de janeiro, trazendo a reboque um tremendo bull market das ações.

Certo?

Não mais.

Se o tombaço de ontem em Nova York não foi apenas uma correção e sim uma virada, a Bolsa brasileira, mesmo com Bolsonaro, Guedes e companhia, desce junto. Quem manda nesses assuntos de dinheiro é Wall Street.

Sugiro que o prezado assinante acompanhe com a maior atenção o comportamento da Bolsa de Valores de Nova York. Se o mercado continuar caindo (fechou ontem praticamente na mínima do dia, 25.598,74, contra a mínima exata de 25.593,65), Brasil segue no vácuo.

Para piorar as coisas, sexta-feira é feriado no Brasil e dia útil nos Estados Unidos.

Em Nova York, outubro é o mês em que as coisas acontecem em Bolsa. É só lembrar da Segunda-feira Negra, 19 de outubro de 1987, e da Terça-feira Negra, 29 de outubro de 1929.

Por isso, dei a este texto o título de Outubro Vermelho, torcendo para que seja apenas uma peça de ficção, um script de mau gosto de um filme de terror.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Seu Dinheiro no domingo

Liberais não fazem pacotes

Dentro de mais alguns dias conheceremos o Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre. O resultado será magro e há quem fale em recessão técnica. Na sequência veremos uma nova onda de críticas e demandas na linha: “o governo tem quem fazer alguma coisa! Tem que impulsionar a demanda! Esse BC está errado!”. Sinto desapontar […]

Trilhando caminhos

Jovens precisam ter resiliência e iniciativa, dizem executivos sobre ser um novo empresário

Executivos falam sobre os comportamentos que um jovem ingressante numa grande empresa deve ter para trilhar um caminho profissional de sucesso

Crise partidária

Pedro Simon, ex-governador do RS: ‘existe o risco de o MDB desaparecer’

Em entrevista ao Estadão, o filiado ao MDB desde 1965 diz que seu partido precisa fazer uma “profunda reflexão”

Barrado na embaixada?

Consultoria do Senado diz que indicação de Eduardo Bolsonaro configura nepotismo e senadores se articulam para rejeitar seu nome

Parecer foi embasado no entendimento da Súmula Vinculante nº 13, do Supremo Tribunal Federal, que trata sobre nepotismo

Analisando a situação dos hermanos

Crise Argentina, feitiço do tempo

Os grandes desafios econômicos de Maurício Macri também parecem reimpressões de velhos e bem conhecidos problemas argentinos

O HOMEM MAIS RICO

Jeff Bezos: paciência para esperar o lucro da Amazon fez o maior bilionário do mundo

Como o empresário transformou uma pequena livraria online em uma das maiores varejistas do mundo e desbancou Bill Gates da lista da Forbes com uma fortuna estimada em US$ 148 bilhões.

Demissão anunciada

Ministro da Fazenda da Argentina renuncia ao cargo e traz novas turbulências ao mercado internacional

Anúncio foi feito por meio de uma carta enviada a Mauricio Macri em que Nicolás Dujóvne justifica a necessidade de uma renovação na área econômica

Bandeira branca no radar?

EUA devem estender licença da chinesa Huawei para atender clientes do país

Movimento dos EUA pode ser visto como positivo para o fim da guerra comercial com a China já que a companhia foi um dos focos de tensões entre os gigantes

Governador de Minas

‘Governo entra em pautas minúsculas’, avalia Romeu Zema

Em entrevista, governador de MG nega que esteja sendo “tutelado” pelo partido Novo e avaliou que o presidente Jair Bolsonaro deveria “focar em coisas maiores, grandiosas”

Corrida contra o tempo

Tarifa de importação do Mercosul pode cair já em 2020

Com receio de que o grupo político da ex-presidente da Argentina Cristina Kirchner volte ao poder, o governo brasileiro tem pressa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements