Menu
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
Corte de gastos

Os rumores que rondam a venda do GPA pela Casino

Grupo francês vem tentando cortar gastos, mas já disse que não abrirá mão de operações na França

4 de outubro de 2018
15:01 - atualizado às 15:14
Imagem: shutterstock

Os rumores em torno da possibilidade do grupo francês Casino se desfazer do Grupo Pão de Açúcar vêm se espalhando no mercado desde o início da semana.

Nesta quinta-feira, 4, as ações da Via Varejo, que é controlada pelo GPA, recuavam mais de 2% no início da tarde, ainda com o impacto da notícia, mesmo após ambas empresas negarem a possibilidade.

De fato, o Casino vem estudando maneiras de cortar gastos, mas já deixou claro que não vai abrir mão de suas operações na França, segundo Broadcast, do Estadão. Isso reforça a tese de que o grupo brasileiro seria a opção mais viável.

No último fim de semana, o Casino vendeu uma carteira imobiliária no valor de 565 milhões de euros na França.

À procura

Os rumores começaram com a coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo, no último domingo, 30. Segundo o colunista, a empresa francesa teria contatado o banco britânico Rotshchild para estudar a venda do GPA.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu