Menu
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Alô, alô desigualdades sociais...

Os 26 mais ricos detêm a mesma quantia que a metade mais pobre da população mundial, segundo estudo da Oxfam

A pesquisa mostrou também que, no Brasil e no Reino Unido, os 10% mais ricos pagaram uma porcentagem menor de impostos do que os 10% mais ricos

21 de janeiro de 2019
18:06 - atualizado às 15:13
balde com dinheiro
Baldei com dinheiro - Imagem: Shutterstock

Às vésperas das discussões do Fórum Econômico Mundial, a confederação internacional Oxfam divulgou hoje (21) que,  apenas no ano passado, as 26 pessoas mais ricas eram donas da mesma quantia em dinheiro que toda a metade mais pobre da população mundial. Em 2017, a cifra era maior e por volta de 43 pessoas. Desde a última crise mundial, o número de bilionários praticamente dobrou em dez anos.

Além de a riqueza estar cada vez concentrada nas mãos de poucos, o estudo "Bem-estar público ou benefício privado, na tradução para o português", aponta que a fortuna dos bilionários aumentou para US$ 2,5 bilhões por dia em 2018, o que representa uma alta de 12% no ano. Por outro lado, no mesmo período, a renda da metade mais pobre sofreu uma queda de 11%.

O estudo destaca ainda que, entre 2017 e 2018, o mundo viu o surgimento de um bilionário a cada dois dias.

Brasil é destaque negativo

Com o aumento da desigualdade, a população de menor renda foi uma das mais afetadas. E o nosso país obteve destaque negativo no quesito tributação. A pesquisa mostrou que, no Brasil e no Reino Unido, os 10% mais pobres pagaram uma porcentagem maior de impostos do que os 10% mais ricos

Segundo o relatório, a situação é agravada por conta da evasão fiscal. O problema é que os mais ricos costumam ocultar das autoridades tributárias ao menos US$ 7,6 bilhões.

E nos países em desenvolvimento, as manobras feitas por algumas empresas que evitam pagar impostos ou que transferem quantias para paraísos fiscais fazem com que essas nações deixem de arrecadar cerca de US$ 100 bilhões em impostos, de acordo com a pesquisa.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Ricos estão pagando menos impostos

Mas isso não foi exclusividade dessas nações. De acordo com o estudo, o tributo pago pelos mais ricos e por donos de empresas caiu drasticamente em outros lugares do mundo. Por exemplo, nos países desenvolvidos, a taxa marginal média de imposto de renda individual marginal passou de 62% em 1970 para 38% em 2013.

Enquanto isso nos países em desenvolvimento, a taxa marginal média de imposto de renda individual ficou em 28%, na média. Na pesquisa, a organização destacou a importância de aumentar as taxas de impostos para corporações e para os mais ricos com o objetivo de diminuir as desigualdades sociais.

De acordo com a pesquisa, com uma simples mudança seria possível arrecadar dinheiro suficiente para educar 262 milhões de crianças e oferecer serviços de saúde que poderiam salvar mais de 3.3 milhões de vidas. Basta que fosse exigido o pagamento de uma taxa extra de apenas 0,5% sobre a riqueza de 1% dos bilionários mais ricos do planeta.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Poder

Congresso impõe agenda própria a Bolsonaro

Já são seis as iniciativas traçadas pelo Congresso para garantir maior influência e poder político após o abandono do presidencialismo de coalizão

Aviação

Segundo NYT, outro jato da Boeing pode ter problemas de segurança: o 787 Dreamliner

Segundo reportagem do New York Times, na fábrica do 787 na Carolina do Sul são comuns os casos de resíduos metálicos e ferramentas esquecidos dentro de aeronaves, além de peças defeituosas instaladas; até chiclete segurando o acabamento de uma porta já foi encontrado

O LEMA DE SÃO TOMÉ

Por que os gringos estão com o pé atrás em relação ao Brasil e à bolsa?

Apesar de o Ibovespa acumular alta em 2019, o fluxo de recursos estrangeiros para a bolsa no mercado à vista está negativo. Com a reforma da Previdência avançando aos trancos e barrancos, os gringos estão como São Tomé: só acreditam vendo

Transparência

Guedes defende mesma transparência do Copom para política de preços da Petrobras

Em entrevista, ministro voltou a defender que a estatal é livre para definir os preços

Petróleo

ANP nega mais prazo à Petrobras; campos terrestres irão para oferta permanente

Agência reguladora negou mais prazo para a estatal apresentar um plano de desativação de campos terrestres que não estão em produção há mais de seis meses

BOMBOU NA SEMANA

MAIS LIDAS: Siga o dinheiro

A vida dos milionários costuma fascinar as pessoas que ainda não chegaram e talvez nunca cheguem lá. Esse é o tipo de tema que costuma despertar as paixões humanas: admiração, inveja, raiva ou simplesmente a questão aspiracional. Quem não nasceu em uma família endinheirada certamente já pensou em como seria a sua vida se fosse […]

Atualização

Avianca cancela mais de 1.300 voos até dia 28

Guarulhos, Brasília e Galeão são os aeroportos mais prejudicados pelos cancelamentos. Já Congonhas e Santos Dumont parecem ter sido poupados

Piora nas contas

Déficit estrutural do setor público chega a 0,7% do PIB em 2018

Devido à deterioração das contas dos Estados e municípios, movimento de melhora das contas públicas pelo resultado oficial não aconteceu no estrutural, que apresentou piora no ano passado

Preço do diesel

Em áudio, Onyx diz que governo deu uma ‘trava na Petrobras’

Ministro da Casa Civil diz que os caminhoneiros podem ficar sossegados que o governo tem trabalhado para resolver o problema deles

Na mira de quem tem grana

Para que cidades os milionários estão se mudando?

Estudo mostra que Dubai, Los Angeles, Melbourne, Nova York, Sydney, Miami e São Francisco caíram nas graças dos endinheirados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu