Menu
Ivan Sant’Anna
Seu Mentor de Investimentos
Ivan Sant’Anna
É trader no mercado financeiro e autor da Inversa
BULL MARKET NA BOLSA BRASILEIRA

O último touro… ainda não entrou na arena!

A alta da bolsa brasileira deve continuar por um bom tempo e os movimentos de queda do Ibovespa são apenas correções

8 de novembro de 2018
12:21 - atualizado às 12:51
Imagem: Andrei Morais / Montagem/Shutterstock

Eu estava pensando ontem sobre como o mercado de ações em Nova York iria reagir à vitória dos democratas nas eleições para a Casa dos Representantes, em Washington. Isso apesar da manutenção - e pequeno aumento - da maioria republicana no Senado.

Eu não sabia se as Bolsas iriam subir ou descer com o resultado eleitoral. A única coisa sobre a qual eu estava convicto era que o Ibovespa acompanharia o Dow, fosse para cima, fosse para baixo ou até mesmo na estabilidade. Pois foi justamente o que não aconteceu.

Nova York ganhou 545,29 pontos (+ 2,13%) e o Ibovespa desceu na contramão, caindo 954,57 (- 1,08%). Os mercados se divorciaram hoje.

Dando uma de profeta do passado, vamos supor o que deve ter sucedido.

O índice Dow Jones se valorizou porque Donald Trump vai agora encontrar um freio para seus seguidos despropósitos. Se ele quiser prosseguir combatendo moinhos de vento (Irã, China, imigrantes miseráveis da América Central, etc.), a Casa dos Representantes irá vetar suas decisões. E talvez até impeça o descarrilamento do Obama Care, uma das fixações de Trump.

O touro precisa de ração

Quanto ao mercado de ações brasileiro, que se encontra em um bull market formidável, precisa se alimentar diariamente de notícias boas no front interno. Um touro de alta linhagem consome uns 50 quilos de ração a cada 24 horas.

Jair Bolsonaro está agora naquela fase difícil de escolher ministros, levar estocadas do Congresso antes mesmo de assumir (como o aumento dos salários dos ministros do STF, aprovado ontem irresponsavelmente pelo Senado) e começar a tomar decisões nas diversas áreas de governo.

“ The buck stops here (a conversa fiada termina aqui)”, eram os dizeres de uma pequena placa que o ex-presidente norte-americano, Harry S. Truman (1945 - 1953), mantinha em sua mesa no Salão Oval da Casa Branca.

Logo, Bolsonaro se conscientizará de que terá que resolver todas as pendências, inclusive conflitos entre os homens de sua equipe.

 Como o novo governo é liberal, privatista, reformista e parte do cenário está sob controle (inflação, taxa de juros, reservas internacionais, etc.), acho que a alta da Bolsa vai continuar por um bom tempo e que movimentos como o de ontem são apenas correções, ou saudável realização de lucros, como gostam de dizer os traders.

Outro dia, um leitor me escreveu dizendo que os investidores internacionais estão vendidos a descoberto no Ibovespa. Já um comentarista econômico disse hoje em um jornal que o dinheiro externo ainda não entrou na Bolsa.

Se há players importantes shorts no índice de ações e se não estão entrando recursos de fora, isso significa que o mercado ainda vai subir muito, mas muito mesmo.

Creio que o caro amigo leitor entendeu minha linha de raciocínio.

Se há vendidos pesados e a Bolsa está seguidamente fazendo novos highs, eles vão ter de se cobrir. Poucas coisas são tão bullish como um shortcovering movido pelo pânico.

Quanto aos investidores de fora, se realmente ainda não entraram, o Ibovespa tem um enorme espaço para se expandir.

O que determina o fim de um bull market é quando todos estão comprados. No momento em que o último touro entra na arena, chegou a vez dos ursos. Sempre foi assim através dos tempos.

Isso ainda não aconteceu na Bovespa desta vez.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
Conteúdo patrocinado por Startse

Bitcoin é furada? O que “eles” viram que você ainda não viu?

Enquanto cresce o número de pessoas com medo das criptomoedas, cresce também o número de pessoas e empresas que aprenderam “um novo jeito” de ficar rico com elas.

Um toma lá da cá

Em discurso, Bolsonaro diz que responsabilidade sobre a previdência está com o Parlamento

“Não é uma questão de governo, e sim de estado, para que nós do Brasil não experimentemos situações que outros países enfrentaram, como na Europa”, disse o presidente

Aliados

Partidos saem em defesa de Maia após crise com governo

Em um gesto de apoio a Maia, o PPS recebeu o presidente da Câmara em sua convenção nacional realizada hoje em Brasília

Águas passadas?

Maia diz que atrito com governo em relação à Previdência é “página virada”

Ele falou com jornalistas antes de uma breve participação em congresso do PPS, em Brasília

Bon Vivant

Saiba quais são as maratonas preferidas de quem trabalha no mercado financeiro

Boston, Chicago, Nova York e Berlim estão entre as competições preferidas, mas a lista inclui também provas exóticas

Tempos ruins para a empresa

Dívida da Avianca dá “salto” e agora é de R$ 2,7 bilhões

A alteração no valor da dívida ocorreu em dois momentos. Em janeiro, a companhia atualizou a primeira lista para R$ 1,3 bilhão por conta própria. Protocolada ontem na Justiça, a segunda modificação, para R$ 2,7 bilhões, veio depois de pedido dos credores

Será que vem chumbo quente por aí?

Caminhoneiros se mobilizam para nova paralisação

Os monitoramentos são feitos pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI), que tem por missão se antecipar aos fatos para evitar problemas para o governo

Clima pesado no governo

“Não dei motivo”, diz Bolsonaro sobre a saída de Maia da articulação

O presidente disse que a declaração de seu filho, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), com críticas a Maia por adiar a tramitação do projeto anticrime, não é motivo para ele ameaçar sair da articulação política

Polêmica

Bretas usou proposta rejeitada no Congresso para prender Temer, diz jurista

Thiago Bottino afirmou que tanto os procuradores do Ministério Público Federal quanto Bretas se fundamentaram no item número 9 do pacote das “Dez medidas contra a corrupção”, apresentado em 2016 por integrantes da Lava Jato, para prender Temer

BOMBOU NA SEMANA

MAIS LIDAS: do país das maravilhas à dura realidade

 A segunda-feira começou com o Ibovespa aos 100 mil pontos, um marco histórico na bolsa de valores brasileira. O clima azedou e o índice fechou na sexta abaixo de 94 mil

Cripto

Como declarar bitcoin e outras criptomoedas no imposto de renda

Criptoativos podem até não ser regulados, mas isso não quer dizer que seus entusiastas não precisam prestar contas ao Leão. A Receita, como era de se esperar, está de olho…

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu