Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2019-09-10T19:31:25+00:00
Seu Dinheiro na sua noite

O inverno está chegando para Magalu, Via Varejo e B2W?

10 de setembro de 2019
19:31
O Melhor do Seu Dinheiro
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Se você digitar no seu navegador de internet o endereço www.relentless.com, será direcionado para um site bem familiar, o da “loja de tudo” Amazon. Em inglês, a palavra relentless significa “implacável”, e define bem a estratégia da empresa fundada por Jeff Bezos.

A ameaça da gigante que mudou a forma como compramos produtos e varreu a concorrência paira sobre as varejistas brasileiras há pelo menos sete anos, quando a Amazon lançou seu site “ponto com ponto br”.

Desde então, o mercado se divide entre aqueles que temem o efeito arrasa-quarteirão da empresa norte-americana e os que defendem que tamanho não é documento, mas sim o conhecimento do mercado brasileiro.

Talvez para não repetir o erro de outros gringos que se deram mal por aqui, a Amazon começou de forma tímida. O que deu tempo para as empresas locais adequarem sua oferta ao mundo digital.

Quem mais avançou foi o Magazine Luiza, que criou uma (até aqui) imbatível rede de vendas que combina o melhor da rede de lojas físicas com a força dos canais online.

Outras varejistas como a B2W, que reúne os sites Submarino e Americanas.com, também vêm investindo pesado para melhorar as operações. Sem falar na Via Varejo, dona das redes Casas Bahia e Ponto Frio, que ganhou novo fôlego com a volta de Michael Klein ao comando.

O problema é que nesse meio tempo a Amazon não ficou parada. Depois de expandir o catálogo de produtos, a empresa anunciou seu passo mais ousado no mercado brasileiro.

Com o lançamento do Amazon Prime, a empresa vai oferecer não só frete grátis nas compras realizadas pelo site como também um serviço de TV ao estilo Netflix e acesso a músicas, livros eletrônicos e jogos. Tudo isso por uma assinatura mensal de R$ 9,90.

As concorrentes brasileiras sentiram o baque na bolsa e lideraram as quedas entre as ações que compõem o Ibovespa. Será que o inverno está chegando para B2W, Magazine Luiza e Via Varejo? Quem conta tudo sobre a mais nova temporada da guerra dos tronos do varejo é o Victor Aguiar.

Melhorou, mas...

A queda em bloco das ações do setor de varejo na bolsa acabou determinando o destino do Ibovespa, que fechou em leve queda no pregão de hoje. O humor dos investidores melhorou ao longo do dia depois de notícias mais positivas em torno das negociações para uma possível trégua na guerra comercial. Mas enquanto nenhum passo efetivo é dado pelos líderes de EUA e China a cautela prevalece, como você confere na nossa cobertura de mercados.

Uma ferramenta de ouro

Quem acompanha a bolsa hoje em dia e vê todos aqueles gráficos minuto a minuto não imagina que, no passado, essa realidade era bem diferente. No anos 1980, as variações de preços no mercado eram registradas à mão e os traders usavam uma série de modelos para fazer esse acompanhamento. Um dos mais famosos é o gráfico de ponto e figura. Ele ainda hoje é uma ferramenta de ouro para quem acompanha a análise gráfica. Trader desde 1977 e um dos maiores especialistas em análise gráfica do País, Fausto Botelho conta como essa estratégia pode ajudar nos seus investimentos.

As duas letras da discórdia

O nome Contribuição sobre Pagamentos diz algo para você? E que tal a sigla “CP”? Pois prepare-se: esse é o nome e a sigla do novo tributo que o governo espera emplacar dentro do projeto de reforma tributária. Resta agora saber se a repaginada na antiga e nada benquista CPMF vai ser suficiente para convencer os parlamentares a aprovar o projeto. Conheça as alíquotas propostas para a CP nesta matéria.

O saldo do saldão

Ao anunciar a intenção de vender todos os ativos que não fazem parte de sua atividade principal, que é explorar petróleo em águas profundas, a Petrobras partiu para uma verdadeira “venda de garagem”. Na prateleira estão desde negócios de logística até uma parte das refinarias. O programa não vem de agora, mas ganhou força na gestão de Roberto Castello Branco à frente da estatal. Saiba o quanto já entrou no caixa da companhia, e quais os planos dele para esse dinheiro.

E por falar em desinvestimentos…

Quem está pronto para vender parte de suas ações no Banrisul é o governo gaúcho. Os cofres do Estado governado pelo tucano Eduardo Leite podem ser reforçados com cerca de R$ 2,2 bilhões após a conclusão da oferta de mais de 96 milhões ações ordinárias (com direito a voto) da instituição. Mas o governo seguirá no controle da instituição depois da operação, como você confere nesta matéria.

Os novos pingos nos iPhones

Quem é fã dos produtos Apple tinha o dia 10 de setembro de 2019 muito bem circulado no calendário. Hoje foi o dia de Tim Cook apresentar as novidades da gigante de tecnologia que devem chegar ao mercado nos próximos meses. Entre os lançamentos estão o jogo Apple Arcade e Apple TV, mas a cereja do bolo ficou mesmo com o iPhone 11. Quem acompanhou o evento e traz os detalhes desses produtos é a Bruna Furlani.

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua noite", a newsletter diária do Seu Dinheiro. Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

*Colaboração de Fernando Pivetti.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Clima tenso entre os brothers

UE está pronta para impor tarifas retaliatórias contra os EUA, diz ministro da França

Bruno Le Maire comentou que a UE se prepara para eventuais sanções contra os EUA por causa de uma disputa sobre subsídios no setor de aviação

De olho na reforma

Câmara e Senado construirão proposta conjunta sobre reforma tributária, diz Maia

O presidente da Câmara também não descartou a ideia de criação de uma comissão mista (com senadores e deputados) para tratar da reforma tributária

O futuro da energia

Shell diz que seu plano é investir US$ 3 bilhões por ano em renováveis no mundo

Presidente da petroleira no Brasil afirmou que não há um prazo para definir os investimentos e que o importante é que os projetos “façam sentido”

De olho nas contas públicas

Governo deve descontingenciar entre R$ 12 bilhões e R$ 13 bilhões, diz secretário

Com a arrecadação maior nos últimos meses, a ideia é liberar parte do orçamento, que foi contingenciado nos meses anteriores

Será que cai mais?

Na contramão do mercado, Itaú mantém projeção para Selic em 5,0% no fim do ano

Segundo relatório da instituição, o banco seguirá observando os dados para a inflação e a taxa de câmbio do Banco Central para decidir por uma nova reavaliação

'impacto nulo'

Relator da reforma da Previdência apresenta novo parecer e acata apenas uma das 77 emendas

Emenda acatada retira do texto ponto que obrigava os servidores que entraram antes de 2003 a contribuírem por 35 anos, no caso dos homens, e 30 das mulheres, para ter direito à totalidade de gratificação por desempenho

Startup

Airbnb quer se hospedar na bolsa e anuncia planos para oferta de ações em 2020

Empresa que conecta usuários interessados em alugar apartamentos ou quartos por temporada com os proprietários foi avaliada em mais de US$ 30 bilhões

Negócio fechado

Superintendência do Cade aprova operação entre Allianz e Sul América Seguros

De acordo com informações do parecer, para a realização da operação, o negócio-alvo da Salic será transferido para a Sapi, que será adquirida pela Allianz Seguros e a Sasp será adquirida pela Allianz do Brasil Participações Ltda

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quinta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Giro dos BCs

Banco da Inglaterra decide manter taxa básica de juros em 0,75% ao ano

Inflação medida pelo índice de preços ao consumidor (CPI), que desacelerou para 1,7% anual em agosto, deve permanecer ligeiramente abaixo da meta de 2% no curto prazo, espera o BoE

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements