Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
2019-06-14T10:13:58+00:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

O bolão da Previdência

Veja os destaques do Seu Dinheiro nesta manhã

14 de junho de 2019
10:07 - atualizado às 10:13
O Melhor do Seu Dinheiro
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

A reforma da Previdência “andou uma casa” ontem no jogo político. Os olhos se voltam agora para as próximas jogadas. Como disse o Eduardo Campos na sua análise de hoje: “está aberta a temporada de chutes e aproximações”.

O mercado segue ansioso para entender quando a reforma será votada na comissão especial e no plenário da Câmara. Será antes do recesso de julho? O feriado de Corpus Christi e as festas juninas vão atrapalhar?

Os olhos também se voltam para um número bem específico. Quanto exatamente vai restar dos mais de R$ 1 trilhão de economia aos cofres públicos estimados? Façam suas apostas no “bolão da Previdência”.

A nós, meros telespectadores desse jogo político, resta torcer para no meio de tantos “chutes” sair um gol que dê a vitória ao Brasil.

A resistência ataca

Não é porque a reforma andou no Congresso que o caminho será livre de obstáculos. Centrais sindicais fazem hoje uma “greve geral” justamente contra reforma da Previdência. É um lembrete ao governo de que ainda há resistência sobre a proposta que muda as regras de aposentadoria. A onda de protestos traz reflexos no transporte público em diversas cidades do Brasil.

Mais uma decepção de rotina…

Decepção com indicadores de atividade virou rotina e hoje não foi diferente. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) mostrou retração de 0,47% em abril, marcando o quarto mês seguido de leitura negativa, algo que não se via desde meados de 2015.  Confira a análise que o Edu acabou de preparar sobre o resultado.

Lance a lance

disputa pela Netshoes está emocionante e com novas tacadas até os últimos momentos. Ontem, contei por aqui que o Magazine Luiza havia elevado sua oferta pela empresa, igualando ao valor que a Centauro havia proposto, US$ 3,70 por ação. À noite a Centauro subiu novamente de patamar: propôs US$ 4,10 por ação - o que equivale a uma oferta de US$ 127,3 milhões (R$ 490 milhões). Nada mal para uma negociação que começou a US$ 2 por ação.

Na madrugada de hoje, o conselho de administração da Netshoes disse que não teria tempo de avaliar a nova proposta da empresa e recomendou aos acionistas que o negócio fosse fechado com o Magalu. A assembleia que deve decidir o futuro da empresa acontece hoje. Fique ligado!

Último capítulo

Outra empresa que terá seu futuro selado hoje é a Via Varejo. O Grupo Pão de Açúcar (GPA) promove agora de manhã um leilão na B3 para se desfazer de sua fatia na companhia. É o fim de uma novela que começou em 2016 quando o GPA anunciou sua intenção de vender a empresa, que é dona das redes Casas Bahia e Ponto Frio. A solução será vender a companhia em leilão ao antigo dono da Casas Bahia, Michael Klein. O Victor Aguiar conta os detalhes da operação e mostra o impacto na ação da Via Varejo.

Tchau, Face

Momento de glória para algumas empresas, para outras nem tanto. O Facebook agora não faz mais parte do índice de sustentabilidade ambiental, social e de governança do S&P 500. Não parece grande coisa? O ponto é que, no exterior, vários gestores de fundos buscam empresas listadas nesse tipo de índice para investir, uma prática que não é tão comum por aqui. A Bruna Furlani conta para você o que levou a gigante de tecnologia a ter mais essa baixa.

Haja paciência!

O acordo entre o governo e a Petrobras sobre o contrato de cessão onerosa levou cerca de seis anos para sair. E quando achávamos que finalmente o impasse tinha chegado a uma solução, aparece outra pedra no caminho: a burocracia. Os trâmites são tantos que a equipe econômica foi obrigada a adiar a data do leilão de áreas do pré-sal que estava marcado para o fim de outubro. Confira todos os detalhes dessa história

Sirva-se da sopa de letrinhas do investidor

CDB, LCI, LCA, LC, CRI, CRA… Muitos investidores ainda têm dúvidas sobre o que significam todas essas letrinhas das aplicações de renda fixa e qual a diferença entre elas. Se for o seu caso, fique tranquilo. Dá uma olhada no vídeo da Julia Wiltgen que ela te explica tudinho.

A Bula do Mercado: cenas dos próximos capítulos

O parecer da proposta de reforma da Previdência apresentado ontem, que manteve a economia próxima do R$ 1 trilhão, animou o mercado financeiro. Agora, os investidores aguardam as cenas dos próximos capítulos. Os sinais de que existe um acordo para que o texto passe será visto como positivo para os negócios locais.

Lá fora, o cenário segue um pouco mais conturbado, com a escalada da tensão geopolítica entre Estados Unidos e Irã após os supostos ataques contra dois navios-petroleiros no Estreito de Hormuz. A guerra comercial, que continua afetando a economia chinesa, e os protestos em Hong Kong fizeram com que a sessão na Ásia fosse de perdas. Os índices futuros em Nova York amanheceram no vermelho, contaminando o pregão na Europa.

Ontem, o Ibovespa fechou o dia com alta de 0,46%, aos 98.773,70 pontos. O dólar encerrou em queda de 0,31%, a R$ 3,8549. Consulte a Bula do Mercado para saber o que esperar de bolsa e dólar hoje.

Agenda

Índices
- Banco Central divulga prévia do PIB de abril
- Estados Unidos divulgam dados sobre comércio e produção industrial em maio
- AIE publica relatório mensal sobre o mercado de petróleo

Política 
- Comissão especial da reforma da Previdência se reúne para apresentação do relatório final sobre o projeto
- Ministros de finanças da zona do euro se reúnem em Luxemburgo

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Seu Dinheiro na sua noite

Insiste em zero a zero e eu quero um a um

Você disse que não sabe se não. Mas também não tem certeza que sim. Se Djavan fosse um analista de mercado, representaria o sentimento dos investidores sobre o que vai acontecer com as taxas de juros no país. Para muita gente, não é mais uma questão de “se”, mas de “quando” a Selic vai cair. […]

Tá liberado!

Governo amplia setores autorizados a trabalhar aos domingos e feriados

A partir de hoje, 78 setores estão autorizados a funcionar nesses dias. Entre os novos segmentos está o comércio em geral

Agora vai?

Leilão de ativos da Avianca Brasil acontecerá no dia 10 de julho

Colegiado de desembargadores do Tribunal de Justiça de São Paulo liberou a decisão sobre a na manhã de ontem

Preenchendo a vaga

À espera de aprovação do nome de Montezano, BNDES nomeia presidente interino

Nome do atual diretor de finanças da instituição, José Flávio Ferreira Ramos, foi indicado para ocupar o posto provisoriamente

O rombo em forma de dados

Mansueto: dos 26 Estados mais DF, 14 gastam acima do limite de 60% com pessoal

Percentual abordado pelo secretário o Tesouro Nacional foi estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal

Olha eles aí outra vez

Deputados favoráveis à reforma da Previdência defendem volta da capitalização e de Estados

Sessão para debates sobre o relatório na comissão especial da reforma da Previdência na Câmara contou com várias defesas dos pontos retirados

negócio fechado

Embraer assina cooperação estratégica com a Elta para desenvolver P600 AEW

Com o acordo, as duas empresas criam um novo segmento de mercado, o de AEW; aeronave de última geração foi concebida para atuar em um novo segmento do mercado

acelerou! (um pouquinho)

Preço médio dos imóveis residenciais sobe 0,29% em maio em 10 capitais, diz associação

A Abecip avaliou, em nota, que as altas nos preços dos imóveis residenciais na maioria das capitais ainda não resultam em uma recomposição dos valores dos imóveis em termos reais.

temos um impasse

Virtualmente demitido, presidente dos Correios diz que só deixa o cargo com pedido formal

Bolsonaro disse na última sexta-feira que demitiria o presidente dos Correios pelo comportamento “sindicalista”; mas ele não deixou o cargo: ontem foi trabalhar normalmente e disse, em palestra, que só sai com formalização da demissão

Blog da Angela

Nativos e gringos soltam o verbo e mercados comemoram

Discurso afinado de relator sobre capitalização na Previdência anima; Draghi levanta a bola e Trump corta com categoria – para o Federal Reserve

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements