Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
2019-06-14T10:13:58+00:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

O bolão da Previdência

Veja os destaques do Seu Dinheiro nesta manhã

14 de junho de 2019
10:07 - atualizado às 10:13
O Melhor do Seu Dinheiro
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

A reforma da Previdência “andou uma casa” ontem no jogo político. Os olhos se voltam agora para as próximas jogadas. Como disse o Eduardo Campos na sua análise de hoje: “está aberta a temporada de chutes e aproximações”.

O mercado segue ansioso para entender quando a reforma será votada na comissão especial e no plenário da Câmara. Será antes do recesso de julho? O feriado de Corpus Christi e as festas juninas vão atrapalhar?

Os olhos também se voltam para um número bem específico. Quanto exatamente vai restar dos mais de R$ 1 trilhão de economia aos cofres públicos estimados? Façam suas apostas no “bolão da Previdência”.

A nós, meros telespectadores desse jogo político, resta torcer para no meio de tantos “chutes” sair um gol que dê a vitória ao Brasil.

A resistência ataca

Não é porque a reforma andou no Congresso que o caminho será livre de obstáculos. Centrais sindicais fazem hoje uma “greve geral” justamente contra reforma da Previdência. É um lembrete ao governo de que ainda há resistência sobre a proposta que muda as regras de aposentadoria. A onda de protestos traz reflexos no transporte público em diversas cidades do Brasil.

Mais uma decepção de rotina…

Decepção com indicadores de atividade virou rotina e hoje não foi diferente. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) mostrou retração de 0,47% em abril, marcando o quarto mês seguido de leitura negativa, algo que não se via desde meados de 2015.  Confira a análise que o Edu acabou de preparar sobre o resultado.

Lance a lance

disputa pela Netshoes está emocionante e com novas tacadas até os últimos momentos. Ontem, contei por aqui que o Magazine Luiza havia elevado sua oferta pela empresa, igualando ao valor que a Centauro havia proposto, US$ 3,70 por ação. À noite a Centauro subiu novamente de patamar: propôs US$ 4,10 por ação - o que equivale a uma oferta de US$ 127,3 milhões (R$ 490 milhões). Nada mal para uma negociação que começou a US$ 2 por ação.

Na madrugada de hoje, o conselho de administração da Netshoes disse que não teria tempo de avaliar a nova proposta da empresa e recomendou aos acionistas que o negócio fosse fechado com o Magalu. A assembleia que deve decidir o futuro da empresa acontece hoje. Fique ligado!

Último capítulo

Outra empresa que terá seu futuro selado hoje é a Via Varejo. O Grupo Pão de Açúcar (GPA) promove agora de manhã um leilão na B3 para se desfazer de sua fatia na companhia. É o fim de uma novela que começou em 2016 quando o GPA anunciou sua intenção de vender a empresa, que é dona das redes Casas Bahia e Ponto Frio. A solução será vender a companhia em leilão ao antigo dono da Casas Bahia, Michael Klein. O Victor Aguiar conta os detalhes da operação e mostra o impacto na ação da Via Varejo.

Tchau, Face

Momento de glória para algumas empresas, para outras nem tanto. O Facebook agora não faz mais parte do índice de sustentabilidade ambiental, social e de governança do S&P 500. Não parece grande coisa? O ponto é que, no exterior, vários gestores de fundos buscam empresas listadas nesse tipo de índice para investir, uma prática que não é tão comum por aqui. A Bruna Furlani conta para você o que levou a gigante de tecnologia a ter mais essa baixa.

Haja paciência!

O acordo entre o governo e a Petrobras sobre o contrato de cessão onerosa levou cerca de seis anos para sair. E quando achávamos que finalmente o impasse tinha chegado a uma solução, aparece outra pedra no caminho: a burocracia. Os trâmites são tantos que a equipe econômica foi obrigada a adiar a data do leilão de áreas do pré-sal que estava marcado para o fim de outubro. Confira todos os detalhes dessa história

Sirva-se da sopa de letrinhas do investidor

CDB, LCI, LCA, LC, CRI, CRA… Muitos investidores ainda têm dúvidas sobre o que significam todas essas letrinhas das aplicações de renda fixa e qual a diferença entre elas. Se for o seu caso, fique tranquilo. Dá uma olhada no vídeo da Julia Wiltgen que ela te explica tudinho.

A Bula do Mercado: cenas dos próximos capítulos

O parecer da proposta de reforma da Previdência apresentado ontem, que manteve a economia próxima do R$ 1 trilhão, animou o mercado financeiro. Agora, os investidores aguardam as cenas dos próximos capítulos. Os sinais de que existe um acordo para que o texto passe será visto como positivo para os negócios locais.

Lá fora, o cenário segue um pouco mais conturbado, com a escalada da tensão geopolítica entre Estados Unidos e Irã após os supostos ataques contra dois navios-petroleiros no Estreito de Hormuz. A guerra comercial, que continua afetando a economia chinesa, e os protestos em Hong Kong fizeram com que a sessão na Ásia fosse de perdas. Os índices futuros em Nova York amanheceram no vermelho, contaminando o pregão na Europa.

Ontem, o Ibovespa fechou o dia com alta de 0,46%, aos 98.773,70 pontos. O dólar encerrou em queda de 0,31%, a R$ 3,8549. Consulte a Bula do Mercado para saber o que esperar de bolsa e dólar hoje.

Agenda

Índices
- Banco Central divulga prévia do PIB de abril
- Estados Unidos divulgam dados sobre comércio e produção industrial em maio
- AIE publica relatório mensal sobre o mercado de petróleo

Política 
- Comissão especial da reforma da Previdência se reúne para apresentação do relatório final sobre o projeto
- Ministros de finanças da zona do euro se reúnem em Luxemburgo

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Vai ficar no papel?

Alcolumbre diz que há receio em autorizar privatização da Eletrobras

Presidente do Congresso relatou que 48 senadores do Norte e do Norte são contra, o que tornaria inviável a aprovação de um projeto com esse modelo

Acelerou

Preço médio dos imóveis residenciais sobe 0,36% em agosto

Dados foram divulgados nesta quinta-feira pela Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança

Ainda não é suficiente

Secretário da Previdência diz que para reforma ser sustentável, “precisamos de camada de capitalização”

Equipe econômica, no entanto, já trabalha em outras medidas como combate à fraude na concessão de aposentadorias e pensões e na gestão dos sistema

Será que vai melar?

Parlamento da Áustria aprova resolução obrigando governo a vetar UE-Mercosul

Movimento ocorre a poucos dias das eleições parlamentares na Áustria, antecipadas para o próximo dia 29 de setembro

Clima tenso entre os brothers

UE está pronta para impor tarifas retaliatórias contra os EUA, diz ministro da França

Bruno Le Maire comentou que a UE se prepara para eventuais sanções contra os EUA por causa de uma disputa sobre subsídios no setor de aviação

De olho na reforma

Câmara e Senado construirão proposta conjunta sobre reforma tributária, diz Maia

O presidente da Câmara também não descartou a ideia de criação de uma comissão mista (com senadores e deputados) para tratar da reforma tributária

O futuro da energia

Shell diz que seu plano é investir US$ 3 bilhões por ano em renováveis no mundo

Presidente da petroleira no Brasil afirmou que não há um prazo para definir os investimentos e que o importante é que os projetos “façam sentido”

De olho nas contas públicas

Governo deve descontingenciar entre R$ 12 bilhões e R$ 13 bilhões, diz secretário

Com a arrecadação maior nos últimos meses, a ideia é liberar parte do orçamento, que foi contingenciado nos meses anteriores

Será que cai mais?

Na contramão do mercado, Itaú mantém projeção para Selic em 5,0% no fim do ano

Segundo relatório da instituição, o banco seguirá observando os dados para a inflação e a taxa de câmbio do Banco Central para decidir por uma nova reavaliação

'impacto nulo'

Relator da reforma da Previdência apresenta novo parecer e acata apenas uma das 77 emendas

Emenda acatada retira do texto ponto que obrigava os servidores que entraram antes de 2003 a contribuírem por 35 anos, no caso dos homens, e 30 das mulheres, para ter direito à totalidade de gratificação por desempenho

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements