Menu
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Arrumando as malas

No fim da feira, Temer quer aprovar a reforma da Previdência ainda este ano

A empresários nos EUA, presidente afirmou que pretende trabalhar com o novo presidente eleito para aprovar a medida

24 de setembro de 2018
14:41 - atualizado às 15:39
Temer conta os dias para sair do Jaburu - Imagem: Shutterstock

Temer já começa a encaixotar seus ternos e os brinquedos de Michelzinho para deixar o Palácio do Jaburu no fim do ano. Mas mesmo nesse clima de fim de feira, o presidente ainda quer aprovar a reforma da Previdência, uma das maiores (senão a maior) polêmica de seu governo.

Em um evento em Nova York com empresários dos Estados Unidos e do Brasil, ele disse que pretende procurar o presidente eleito depois das eleições para articular a aprovação da reforma nos últimos dois meses de mandato. Temer voltou a defender a proposta e disse considerá-la "essencial para o Brasil".

Caminhando (sempre) para frente

O presidente aproveitou o encontro para fazer um balanço do seu governo e defender as reformas estruturais e o ajuste fiscal que sua equipe econômica realizou. Ele garantiu aos empresários que o próximo presidente, seja ele quem for, não voltará atrás nas medidas aprovadas, como o teto de gastos e a reforma trabalhista.

A última assembleia

Amanhã, Temer segue sua agenda no exterior e fará seu último discurso de abertura da Assembleia Geral da ONU, historicamente reservado para o chefe de estado brasileiro.

Participarão com ele do evento os ministros Moreira Franco (Minas e Energia), Ronald Fonseca (Secretaria-geral) Aloysio Nunes (Relações Exteriores) e Sérgio Etchegoyen (SGI).

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu