Menu
2019-04-22T10:59:43+00:00
Planos seguem os mesmos

Ministro não vê impactos negativos da PEC do Orçamento na infraestrutura

Tarcísio Freitas, ministro da Infraestrutura, comentou que há uma série de questões que o Brasil ainda precisa equacionar para dar maior conforto ao investidor privado na área, como o excesso de judicialização e as normas de licenciamento ambiental

22 de abril de 2019
10:52 - atualizado às 10:59
Tarcísio Gomes de Freitas
Ministro da infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas - Imagem: Divulgação/PPI.gov

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, diz não acreditar que a PEC do Orçamento impositivo possa ter implicações negativas para os recursos da pasta. "Os próprios parlamentares vão direcionar muita emenda para infraestrutura. Eles sabem da necessidades, eles querem levar obras para suas bases. E a agenda da infraestrutura é uma agenda de convergência", afirmou, em entrevista ao programa Canal Livre, da Band, no início da madrugada desta segunda-feira, 22.

Em relação a futuros projetos, o ministro comentou que o governo federal estuda enquadrar a Ferrogrão - um empreendimento ferroviário greenfield, ou seja, que ainda precisa ser erguido do zero - num novo modelo de contratação do setor privado, o de autorização, que dispensaria a necessidade de licitação. Esse novo regime para ferrovias demandaria uma mudança no marco regulatório do setor e já existe uma iniciativa no Legislativo para isso, destacou Freitas. "Se ele (o investidor) vai tomar esse risco (de construção), qual é a lógica de fazermos, por exemplo, uma licitação para concessão? Gastar esse tempo com a burocracia que é a estruturação de uma licitação, submeter a Tribunal de Contas da União?", questionou.

Para rodovias, Freitas reiterou os planos de terminar a pavimentação da BR-163 entre Sinop (MT) e Miritituba (PA) até o fim de 2019 para, posteriormente, concedê-la à iniciativa privada. "Vamos colocar em breve uma consulta pública na rua para chamar investidores privados que tenham interesse em fazer a operação da rodovia e, provavelmente, vamos fazer o leilão no ano que vem", informou.

Em portos, o ministro destacou que o projeto de abertura de capital de companhias docas representará uma "revolução" e trará uma modernidade "sem precedentes" ao setor, permitindo que iniciativas importantes, como as de dragagem, possam ser feitas com mais agilidade.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Com relação a obras paradas, ele afirmou que conversa com bancadas estaduais no Congresso para otimizar recursos do Orçamento, remanejando-os para empreendimentos nos quais a execução das obras já está mais avançada. "Vamos tirar da frente essas coisas, vamos investir naquilo que está em andamento, com 70%, 80% executado, vamos começar a concluir obra".

Apesar da evolução recente do setor na estruturação e modelagem de projetos, Freitas lembrou que há uma série de questões que o Brasil ainda precisa equacionar para dar maior conforto ao investidor privado, como o excesso de judicialização e as normas de licenciamento ambiental. "O licenciamento ambiental está muito contaminado por ideologia, precisamos de um licenciamento mais técnico", criticou.

Previdência

O ministro enfatizou ainda que investidores estrangeiros estão dispostos a entrar em projetos no País, mas aguardam "um gesto" para investir, se referindo à aprovação da reforma da Previdência. Segundo ele, entre os mais de 300 parlamentares com quem já conversou desde o início do ano, existe "pré-disposição e boa vontade" em aprovar as novas regras de aposentadoria no País.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

De volta à velha política

Governo se rende às indicações políticas para aumentar base

Presidente foi convencido por ministros da área política de que premiar partidos leais a suas propostas seria a única forma de aprovar reformas

Grandes planos

“Vamos lançar nosso banco digital em mil lojas antes da Black Friday”, diz CEO da Via Varejo

Roberto Fulcherberguer tem trabalhado para que o sistema de vendas pela web esteja tinindo para a próxima Black Friday

Passou!

Centauro aprova plano de outorga para opção de compra de ações neste ano

Plano prevê que a quantidade máxima de ações vinculadas será de 7.943.848

Seu Dinheiro no domingo

Quanto rendeu o Seu Dinheiro em um ano?

Você sabe quanto o Seu Dinheiro rendeu em um ano? Não estou falando aqui do montante que você tem aplicado no banco. Mas do Seu Dinheiro mesmo, esse projeto independente de jornalismo e educação financeira que eu coordeno junto com a Olivia Alonso e que tem um time de feras como o Vinícius Pinheiro, o […]

Olhe e copie

5 coisas inteligentes que pessoas com consultores financeiros fazem com o próprio dinheiro que lhes dão uma vantagem

Nem todos querem ou podem pagar um planejador financeiro próprio. Mas que tal dar uma espiada no que eles andam aconselhando?

Enquanto isso, na Assembleia da ONU...

Promessa de ‘afagos’ teria convencido Bolsonaro a aceitar jantar com Trump

No pacote de gestos, a expectativa de auxiliares do Planalto é que Bolsonaro sente-se próximo de Trump

Poucos amigos

Major Olímpio diz que há estratégia no Congresso para desgastar Bolsonaro

Senador afirmou que parlamentares “votam projetos absurdos e depois jogam no colo do presidente a questão de vetar ou não esses dispositivos”

Série: os mais ricos do Brasil

Abilio Diniz: um bilionário bom de briga

Ele transformou a pequena doceria do pai na maior rede varejista do país e aos 82 anos continua na ativa

Papo de poder

Maia conversa com Bolsonaro sobre pauta de votações da Câmara para próxima semana

Entre os itens da pauta está o projeto de lei que trata do registro, posse e comercialização de armas

Após operação da PF

Governo Bolsonaro já avalia substituto para líder no Senado

Dois nomes cogitados para ocupar o cargo de Fernando Bezerra Coelho devem ser discutidos por aliados com o presidente quando ele retornar dos Estados Unidos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements