Menu
2019-05-09T14:40:43+00:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Jornalista formado pela Universidade de Federal do Paraná (UFPR). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros veículos.
ESTRATÉGIA PARA CRESCER

Mesmo quem não tem imóvel pode ganhar dinheiro no QuintoAndar, o app de aluguel

Para avançar no mercado imobiliário, empresa criou programa que paga comissão para pessoas que indicarem imóveis para alugar; comissão pode chegar a R$ 300 por cadastro

5 de maio de 2019
5:29 - atualizado às 14:40
Prédios em São Paulo
Prédios em São Paulo - Imagem: Shutterstock

O QuintoAndar, que começou em São Paulo como uma startup em 2013, paga para quem indicar imóveis para o cadastro no site. Trata-se de mais uma estratégia para ganhar espaço no mercado imobiliário brasileiro.

A empresa ganha mercado com um app em que o usuário pode encontrar uma nova moradia ou disponibilizar sua casa ou apartamento para alugar, sem exigir fiador. A empresa faz uma análise de crédito rigorosa e garante o pagamento do aluguel ao proprietário do imóvel.

A imobiliária virtual pede reforços para outras pessoas indicarem imóveis disponíveis com os programas IndicaAí ou ao Parceiros da Portaria. Os interessados precisam entrar em contato com o dono do imóvel que ele sabe que está vago. Com a autorização do proprietário, o usuário repassa seus dados para a QuintoAndar, que então liga para o dono do imóvel para confirmar o cadastro e, posteriormente, encaminha um fotógrafo — que ajuda a padronizar as imagens dos anúncios do app.

No IndicaAí, a empresa informa que remunera em R$100 o usuário que aponta a moradia para alugar, quando esta é aprovada na base do QuintoAndar. Se houver negociação entre inquilino e dono, quem indicou ainda fica com 10% do primeiro aluguel. 

Já o outro app, o Parceiros da Portaria, é de uso exclusivo para quem trabalha em portaria de prédio. Quando o imóvel recomendado é anunciado na plataforma, o profissional que indicou recebe R$100,00. Se o aluguel é fechado, o usuário recebe R$ 300,00.

Complemento de renda e até trabalho principal

A descoberta do app foi um ponto de ruptura na vida do corretor de imóveis Carlos Henrique Costa. Até um ano e quatro meses atrás, ele trabalhava numa grande empresa do setor do varejo. Era aquela pessoa responsável por treinar grandes equipes. A posição dele era confortável financeiramente. Mas as viagens que a empresa promovia o obrigava a ficar constantemente longe da família — o que era um grande incômodo.

Até que amigos corretores o apresentaram ao QuintoAndar. Costa fez os cálculos e achou que era possível abandonar o emprego. A decisão, ele diz, tem se revelado acertada. "É uma questão de saber seus objetivos e o quanto você quer alcançar de renda por mês", relata.

Ter uma meta não é exatamente o que pensa Marcelo Aparecido de Souza, que trabalha como zelador há 29 anos. Ele diz que foi indicando apartamentos aos poucos e que, nos últimos nove meses, ganhou R$ 2,7 mil. "O dinheiro acaba servindo para lazer ou para comprar algo para meus filhos", conta.

Rotatividade alta

Segundo o diretor de marketing do QuintoAndar, João Gonçalves, a rotatividade de negócios é alta entre que usa o aplicativo. Entre outras razões, ele aponta a pouca burocracia no processo do aluguel. O diretor de marketing conta que, na média, o inquilino usuário do app é "um pouco mais novo" que o proprietário do imóvel.

Para Gonçalves, o trunfo da empresa é que seu produto combina tecnologia com a aposta numa mudança de cultura da sociedade, para oferecer um serviço. Ele afirma que, cada vez mais, as pessoas passam a perceber a aquisição ou aluguel de um imóvel não mais como um investimento para a vida toda. "Meus pais vivem há 40 anos na mesma casa, mas, para minha geração e para as seguintes, essa é uma escolha que não faz mais sentido", diz. 

A empresa informa que, desde 2013, mais de 60 mil imóveis foram disponibilizados no app, que recebeu, entre outros aportes, R$ 250 milhões de um negócio liderado pela General Atlantic. Atualmente, está presente em 23 cidades.

Para este ano, a iniciativa espera consolidar a operação no Brasil. "Entendemos que, lá fora, a maioria dos países tem algumas dores de cabeça relacionadas ao aluguel, mas, tendo resolvido os problemas aqui, podemos ter interesse em resolver questões de outros lugares", diz Gonçalves.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Não está sendo fácil

Deu ruim pra Cielo! Empresa retira projeção de lucro e corta dividendos dos acionistas

Projeções de lucro entre R$ 2,3 bilhões e R$ 2,6 bilhões foram extintas, enquanto o percentual de distribuição de dividendos caiu para 30%

Só assim resolve!

Se não aprovar a Previdência, só chamando um ministro da Alquimia, diz Bolsonaro

Segundo presidente, mídia tenta criar atrito, mas casamento com Paulo Guedes segue mais forte que nunca. Ministério da Economia solta nota oficial

Seu Dinheiro na sua noite

Paisagem na janela

O mercado financeiro tem todo um linguajar próprio, com uma penca de termos em inglês. Alguns deles já foram “tropicalizados”, por assim dizer, e fazem parte do dia a dia de quem acompanha as negociações. É o caso do IPO, que é a sigla para oferta pública inicial (ou initial public offering), como é chamada […]

Tudo pelo teto de gastos

FMI diz que ajuste fiscal depende de idade mínima e redução de benefícios de servidores

Fundo afirma que uma reforma robusta e medidas adicionais na área fiscal são necessárias para colocar a dívida pública em trajetória sustentável

OUÇA O QUE BOMBOU NA SEMANA

Podcast: Natura e Avon no mesmo pote e o dia depois do ‘tsunami’

Semana foi marcada por negócio bilionário no segmento de beleza, briga pela Netshoes e novidades no front político.

Conquistando aliados

Entidades assinam manifesto pró-reforma da Previdência

Empresários alegam ter confiança na aprovação do texto e dizem que as mudanças são um primeiro passo para a retomada da confiança

Cenário de emprego misto

Caged aponta criação de 129 mil empregos formais em abril; serviços lideram vagas

Resultado divulgado pelo governo, em linha com as expectativas de mercado, foi o melhor para o mês desde 2013

Se quiser ir, vai

Ninguém é obrigado a ficar como ministro, diz Bolsonaro sobre fala de Guedes

Na linha defendida por seu ministro da Economia, presidente voltou a dizer que sem a reforma previdenciária “será o caos na economia”

Privatizações

“Brasil é locomotiva atolada no brejo, precisamos colocá-la sobre os trilhos”, diz Salim Mattar

O secretário responsável pelas privatizações do governo Bolsonaro afirmou mais uma vez que não conhece nenhuma estatal eficiente. “Se alguém encontrar me manda um WhatsApp.”

Mais casos de corrupção

Líder do governo Bolsonaro no Senado está entre os alvos da Lava Jato com bens bloqueados

Senador Fernando Bezerra Coelho é acusar de cometer desvios em negócios relacionados ao esquema de corrupção na Petrobras

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements