Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
2019-07-20T10:51:38-03:00
Promessa é dívida

MAIS LIDAS: Oi e FGTS foram as grandes promessas da semana

São elas: a liberação do saque do FGTS pelo governo Bolsonaro e o plano da diretoria da Oi de tirar a empresa do buraco. Confira

20 de julho de 2019
10:51
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Você confia em promessas? Ou segue a linha ‘só acredito vendo’? Depende de quem promete...

Duas promessas se destacaram nesta semana, que teve os mercados um pouco mais calmos diante do recesso parlamentar, que interrompeu a votação da reforma da Previdência. São elas: a liberação do saque do FGTS pelo governo Bolsonaro e o plano da diretoria da Oi de tirar a empresa do buraco.

O anúncio do FGTS acabou não saindo, mas a esperança é a última que morre. #euacredito #queromeudinheiro. (Enquanto aguardamos a medida, você pode consultar o seu saldo do FGTS e ver quanto tem no fundo.)

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Já a Oi anunciou o seu plano de recuperação. Ele prevê a venda de ativos como torres de telefonia e uma empresa angolana. Há também uma indicação de que pode vender também o negócio de telefonia móvel. O foco da companhia daqui para frente será a fibra ótica.

A repórter Daniele Madureira ouviu os analistas para saber o que eles acharam da promessa de dias melhores na Oi. A reportagem dela foi a mais lida da semana. Se você perdeu, vale a pena conferir neste link.

PS: Antes de relembrar o que bombou na semana, o Seu Dinheiro explica hoje os diferentes níveis de governança corporativa da bolsa. Se você é ou pretende ser investidor de ações, é uma leitura obrigatória. A ação vale mais dependendo do seu nível de governança.

Veja as 5 notícias mais lidas da semana:

1 - A guinada da Oi: companhia pode abandonar telefonia móvel e virar empresa de fibra ótica para sobreviver

2 - Justiça decreta prisão de dono da JJ Invest, ex-patrocinadora do Vasco

3 - Amancio Ortega, o ‘bilionário invisível’ que saiu do zero para criar a Zara

4 - Avaliação positiva de Bolsonaro salta de 14% para 55% entre agentes de mercado

5 - Postado há 25 anos, primeiro anúncio de emprego da Amazon indicava qual seria a obsessão da empresa

Um grande abraço e ótimo fim de semana!

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Recado ao mercado

O BC até pode cortar a Selic em 2020, mas deixou claro que o ciclo está perto do fim

O Copom deixou a porta aberta para mais um corte de 0,25 ponto na Selic em 2020. E, ao não se comprometer com o próximo passo, o BC passou a mensagem de que a onda de reduções nos juros está quase terminando

Seu mentor de investimentos

Caça ao tesouro: as joias descobertas em minha longa carreira no mercado financeiro

Ivan Sant’Anna lembra das grandes tacadas que deu em sua carreira como broker e fala sobre o processo de descobrimento dos tesouros enterrados no mercado

A Bula do Mercado

Copom se prepara para aterrissar e Brasil, para decolar

BC brasileiro indica que fim do ciclo de cortes da Selic está próximo, mas mantém porta aberta para novas quedas, enquanto S&P melhora perspectiva do rating do país

UM DOS IPOs DO ANO

Presidente da XP diz que não descarta listar a companhia na bolsa brasileira

O executivo disse que a ideia sempre foi fazer uma listagem no Brasil, visto que a empresa sempre se posicionou “como disruptora do mercado local, democratizando investimentos”

POLÍTICA

Justiça derruba suspensão de deputados do PSL; Joice pode perder liderança

Nesta quarta-feira, Joice foi confirmada líder do PSL na Câmara e em sua primeira coletiva no cargo afirmou que vai buscar uma pacificação na bancada

Até que enfim!

Agência de risco S&P eleva perspectiva para nota do Brasil para “positiva”

Embora atrasada, a decisão da S&P abre caminho para a recuperação no selo de bom pagador do país, perdido em setembro de 2015

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

A última superquarta do ano

Nesta última superquarta de 2019, o mercado ficou em compasso de espera pelas decisões de política monetária do Federal Reserve (Fed), o banco central americano, e do Banco Central brasileiro. No meio da tarde, o Fed anunciou a manutenção das taxas de juros, interrompendo um ciclo de três reduções consecutivas. Mas como o resultado já […]

Sessão tranquila

Sem surpresas com o Fed, dólar cai a R$ 4,11 e Ibovespa fecha em leve alta

A primeira parte do script imaginado pelos mercados foi cumprida à risca: o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) manteve a taxa de juros no país na faixa de 1,50% e 1,75% ao ano, conforme era esperado pelos agentes financeiros. E, sem nenhuma surpresa, o dólar à vista encontrou espaço para continuar caindo, enquanto […]

Menor juro da história

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 4,5% ao ano

Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central cortou a Selic mais uma vez

Juros

Banco Central reduz juros para 4,5% ao ano, mas não garante novos cortes

Com a nova redução de 0,5 ponto percentual em decisão unânime tomada pelo Copom, a Selic renova a mínima histórica

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements