Menu
2019-08-10T11:28:10+00:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa e UBS Escola de Negócios. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência CMA, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico.
BOMBOU NA SEMANA

MAIS LIDAS: De olho no calendário

A Bruna Furlani contou tudo sobre os brasileiros que estudam fora, mas que voltam ao país para fazer um estágio de férias em grandes bancos — não perca!

10 de agosto de 2019
11:28
O Melhor do Seu Dinheiro
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Eu era uma criança muito ansiosa. Era só ter algum evento importante no horizonte — uma festinha de aniversário, uma prova de matemática ou uma excursão ao zoológico — e eu já começava a ficar impaciente, contando os dias e as horas.

Mas é claro que, conforme vamos crescendo, nossas prioridades mudam. O que antes era a coisa mais importante do mundo tornou-se banal, e o que sequer passava pela nossa mente lá atrás virou prioridade.

Hoje, ao invés de me preocupar com o campeonato interclasses, eu penso nas viagens e locais interessantes para conhecer no futuro; no lugar da tensão com o trabalho em grupo de geografia, aparece a inquietude em relação às contas e aos investimentos; em substituição ao estresse por causa da festa junina do colégio, surge a angústia com algum exame de saúde mais complexo.

Nos dois cenários, no entanto, um fator permanece constante: a atenção ao calendário. Afinal, eu continuo sendo muito ansioso — só que, agora, tenho alguns anos a mais de experiência e consigo lidar com os desassossegos de uma maneira muito mais tranquila.

E, somente nesta semana que passou, duas notícias ligadas ao calendário mexeram com o meu planejamento. Na quinta-feira (8), foi aberta a consulta ao terceiro lote de restituição do Imposto de Renda 2019 — e, veja, só, eu estou nele!

A segunda novidade chegou logo na segunda-feira (5): a Caixa Econômica Federal divulgou o calendário de saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). E esse tema também gerava ansiedade entre os leitores do Seu Dinheiro, já que essa foi a matéria mais lida desta semana.

Serão liberados até R$ 500 por conta ativa e inativa do fundo. E o Eduardo Campos contou tudo a respeito do calendário para os saques e o passo a passo para quem quiser receber esse dinheiro.

Mas antes de relembrar as outras matérias que se destacaram na semana, convido todos a lerem a matéria deste sábado do Seu Dinheiro. A Bruna Furlani contou tudo sobre os brasileiros que estudam fora, mas que voltam ao país para fazer um estágio de férias em grandes bancos — não perca!

Veja as 5 notícias mais lidas na semana:

1 - Caixa divulga calendário de saques do FGTS; confira as datas

2 - Sou conservador e assim vou continuar! Onde devo investir com a Selic tão baixa?

3 - Governo quer mudar as regras para a TV a cabo

4 - Cruzar a linha da guerra comercial para guerra cambial é muito assustador, diz Volpon do UBS

5 - Estudo vê queda na avaliação do governo Bolsonaro nas redes sociais

Um ótimo fim de semana para todos!

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Seu Dinheiro no domingo

Liberais não fazem pacotes

Dentro de mais alguns dias conheceremos o Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre. O resultado será magro e há quem fale em recessão técnica. Na sequência veremos uma nova onda de críticas e demandas na linha: “o governo tem quem fazer alguma coisa! Tem que impulsionar a demanda! Esse BC está errado!”. Sinto desapontar […]

Trilhando caminhos

Jovens precisam ter resiliência e iniciativa, dizem executivos sobre ser um novo empresário

Executivos falam sobre os comportamentos que um jovem ingressante numa grande empresa deve ter para trilhar um caminho profissional de sucesso

Crise partidária

Pedro Simon, ex-governador do RS: ‘existe o risco de o MDB desaparecer’

Em entrevista ao Estadão, o filiado ao MDB desde 1965 diz que seu partido precisa fazer uma “profunda reflexão”

Barrado na embaixada?

Consultoria do Senado diz que indicação de Eduardo Bolsonaro configura nepotismo e senadores se articulam para rejeitar seu nome

Parecer foi embasado no entendimento da Súmula Vinculante nº 13, do Supremo Tribunal Federal, que trata sobre nepotismo

Analisando a situação dos hermanos

Crise Argentina, feitiço do tempo

Os grandes desafios econômicos de Maurício Macri também parecem reimpressões de velhos e bem conhecidos problemas argentinos

O HOMEM MAIS RICO

Jeff Bezos: paciência para esperar o lucro da Amazon fez o maior bilionário do mundo

Como o empresário transformou uma pequena livraria online em uma das maiores varejistas do mundo e desbancou Bill Gates da lista da Forbes com uma fortuna estimada em US$ 148 bilhões.

Demissão anunciada

Ministro da Fazenda da Argentina renuncia ao cargo e traz novas turbulências ao mercado internacional

Anúncio foi feito por meio de uma carta enviada a Mauricio Macri em que Nicolás Dujóvne justifica a necessidade de uma renovação na área econômica

Bandeira branca no radar?

EUA devem estender licença da chinesa Huawei para atender clientes do país

Movimento dos EUA pode ser visto como positivo para o fim da guerra comercial com a China já que a companhia foi um dos focos de tensões entre os gigantes

Governador de Minas

‘Governo entra em pautas minúsculas’, avalia Romeu Zema

Em entrevista, governador de MG nega que esteja sendo “tutelado” pelo partido Novo e avaliou que o presidente Jair Bolsonaro deveria “focar em coisas maiores, grandiosas”

Corrida contra o tempo

Tarifa de importação do Mercosul pode cair já em 2020

Com receio de que o grupo político da ex-presidente da Argentina Cristina Kirchner volte ao poder, o governo brasileiro tem pressa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements