Menu
2019-09-13T17:24:01+00:00
Cai, cai, cai

Itaú Unibanco reduz projeção para IPCA de 2019 de 3,6% para 3,4%

Expectativa está aquém do centro da meta de inflação perseguido pelo Banco Central em 2019 (4,25%) e em 2020 (4,00%)

13 de setembro de 2019
17:24
Logo do banco Itaú
Itaú - Imagem: Shutterstock

O Itaú Unibanco reduziu nesta sexta-feira, 13, suas projeções para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deste ano e do seguinte. Em relatório divulgado nesta sexta, o banco afirma que a estimativa para a taxa de inflação em 2019 foi reduzida de 3,6% para 3,4%.

Já a projeção para o IPCA em 2020 passou de 3,6% para 3,5%. Ambas as expectativas estão aquém do centro da meta de inflação perseguido pelo Banco Central em 2019 (4,25%) e em 2020 (4,00%).

"Esperamos inflação ainda menor neste ano e no próximo, devido ao hiato elevado e à inércia favorável", argumenta a instituição.

O banco acrescenta ainda que a nova estrutura de ponderação para o IPCA traga um viés levemente deflacionário para as projeções inflacionárias de 2020 em diante.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Atividade e política monetária

Para o Itaú, a atividade econômica segue em recuperação morosa. A expectativa do banco para o Produto Interno Bruto (PIB) foi mantida em alta de 0,8% em 2019 e de 1,7% em 2020, com mais flexibilização monetária à frente.

"Esperamos que o Copom reduza a taxa Selic para 5,50% ao ano em setembro. Adicionalmente, dado o quadro de recuperação lenta e as perspectivas benignas para a inflação, projetamos que a taxa Selic chegará a 5,00% ao ano até o fim de 2019", informa a nota assinada pelo economista-chefe do Itaú, Mario Mesquita. O Copom se reunirá nos dias 17 e 18 da semana que vem. Atualmente, a Selic está em 6,00% ao ano.

De acordo com o banco, a recente depreciação do real não altera essa perspectiva de inflação baixa, uma vez que a pressão resultante sobre a inflação é compensada pela queda nos preços das commodities. A instituição manteve as previsões em R$ 3,80 este ano e em R$ 4,00 no ano seguinte, mas admite que, "na ausência de melhoras no cenário global, a moeda pode se estabilizar em um nível mais depreciado".

Reforma

Conforme o Itaú, a reforma previdenciária deve ser aprovada no Senado até o início de outubro, sem diluições adicionais em relação à versão atual. "A nossa confiança deriva da existência de uma maioria nacional no Congresso que não se opõe conceitual ou ideologicamente à proposta, bem como do consenso, entre formadores de opinião e na sociedade, sobre a necessidade de se restaurar a sustentabilidade financeira do sistema previdenciário", explica.

A versão aprovada, acrescenta, deve gerar uma economia de R$ 815 bilhões em dez anos, e o banco estima déficits primários de 1,1% e de 1,0% do PIB em 2019 e 2020, respectivamente.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Olho na Vale

Polícia apresentará em breve acusações criminais por Brumadinho, diz fonte

Autoridades devem acusar formalmente entre oito e 12 pessoas pelo crime de falsa representação na primeira de uma série de acusações

Seu Dinheiro na sua noite

Sobre a bolsa, datas e fatos relevantes

No dia 17 de setembro de 2010, o Ibovespa fechou aos 67.089 pontos, em queda de 0,85%. Me arrisco a dizer que nada muito digno de nota tenha acontecido nesse pregão específico da bolsa. Mas para mim ocorreu um fato mais do que relevante: o nascimento da minha filha mais nova. Voltei à redação dias […]

Fica pra próxima

Sem acordo, senadores recuam em projeto que beneficiaria partidos

Relator da proposta no Senado, Weverton Rocha (PDT-MA), retirou todos os demais trechos do texto em uma nova versão de seu parecer

Linha VIP

Bradesco e Itaú preparam crédito imobiliário ajustado pelo IPCA para endinheirado

Bancos privados correm atrás da concorrente Caixa Econômica Federal, que ofereceu a modalidade para o público em geral

Grana solta

Onyx anuncia liberação de R$ 8,3 bilhões em recursos do Orçamento

Informações do ministro mostram que, do total desbloqueado, R$ 1,9 bilhão ficará para a Educação

De olho nas cotações

Preocupações com a alta do petróleo diminuem após declarações de ministro saudita

O ministro de Energia da Arábia Saudita, Abdulaziz bin Salman, afirmou que a oferta do petróleo voltou ao nível visto antes do ataque

Leilão em outubro

17 empresas se inscrevem para 16ª rodada de petróleo, diz ANP

Entre as inscritas, 15 são estrangeiras. Na 16ª Rodada de Licitações, vão ser oferecidos 36 blocos de pós-sal

De olho nos bons modelos

Por que Elon Musk acha que a Tesla tem que ser mais parecida com a Amazon?

Em uma ligação, Musk sugeriu que a Amazon não sobreviveria se utilizasse um modelo de entregas similar ao que a Tesla utiliza

boas novas

Desde lançamento, 20% dos financiamentos pela Caixa foram IPCA, diz CEO da Tecnisa

Linha de crédito atualizada pela inflação vale para imóveis residenciais enquadrados no Sistema Financeiro da Habitação (SFH) e no Sistema Financeiro Imobiliários (SFI)

Dicas valiosas

5 coisas que os ultrarricos estão fazendo (e que você deveria fazer) para proteger seu patrimônio

Pauta de uma recessão financeira entrou de vez na lista de grandes especialistas e proteger o seu patrimônio deve ser uma de suas prioridades

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements