Menu
2019-04-12T12:34:01+00:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco) e “Abandonado” (Geração).
Casamento inusitado

Itaú faz aporte de R$ 600 milhões e vira sócio de subsidiária da Energisa

Maior banco privado do país passa a deter 12,3% do capital de empresa que controla as distribuidoras do Grupo Rede e da Energisa Mato Grosso

28 de dezembro de 2018
12:03 - atualizado às 12:34
Caminhões da Energisa, subsidiária
Energisa: subsidiária terá Itaú como sócio - Imagem: Divulgação/Energisa

Um casamento inusitado foi sacramentado no último dia de funcionamento dos mercados. Com um aporte de R$ 600 milhões, o Itaú Unibanco vai virar sócio de uma subsidiária da distribuidora de energia elétrica Energisa.

Com o negócio, o maior banco privado do país passa a deter 12,3% do capital da Energisa Participações. A participação será apenas em ações preferenciais (PN, sem direito a voto). Os outros 87,7% do capital da subsidiária permanecerão com a holding Energisa.

A empresa da qual o Itaú virou sócio detém o controle das distribuidoras do Grupo Rede e da Energisa Mato Grosso. O acordo prevê ainda que a holding de energia terá a opção de recomprar a participação vendida para o banco.

Conversão de dívida?

O comunicado da Energisa não deixa claro, mas tudo indica que o aporte do Itaú foi feito a partir de uma conversão de dívida.

"Os investimentos realizados no contexto da operação contribuirão para a preservação da liquidez financeira do Grupo Energisa e para a sua desalavancagem geral", diz a empresa, no documento encaminhado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Em setembro, a dívida líquida consolidada da empresa era de R$ 8,656 bilhões, o equivalente a 2,9 vezes a geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização).

O fato de se tratar de uma conversão de dívida, e não um aporte com dinheiro novo, também explicaria o fato de o negócio não ter sido realizado pela Itaúsa, que é a holding de investimentos do Itaú.

Eu procurei o banco e a empresa de energia, mas ambos me informaram, via assessorias de imprensa, que não comentariam o assunto.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

expectativa

Consumidores esperam inflação de 5,4% em 12 meses a partir de maio, diz FGV

Fundação diz que, considerando-se o diferencial histórico entre as previsões dos consumidores e da inflação medida pelo IPCA, por exemplo, os números ainda compatíveis com uma inflação oficial na meta

vai aliviar

China anuncia corte de impostos para fabricantes de microchips

Medida visa ajudar setor em um momento de pressão dos Estados Unidos nas negociações comerciais

Botando os pontos nos is

Governo Bolsonaro altera Decreto de Armas após polêmica com fuzis

Decisão veio após a fabricante de armas Taurus divulgar que o decreto assinado pelo presidente dava margem para que pessoas comuns adquirissem o fuzil T4

vem modernização por aí

Scania fará novo aporte de R$ 1,4 bi na fábrica do ABC

Maior parte do novo montante será aplicada na modernização da fábrica – que no ano passado já foi totalmente remodelada – e na produção de veículos movidos a combustíveis alternativos

A agenda segue

Câmara desiste de esperar governo e avança com reforma tributária própria

Felipe Francischini convocou a votação para as 14h e espera liquidar o assunto ainda esta semana para deixar o caminho livre para o próximo estágio

Paciência zero

Maia diz que não aceitará ataques do executivo contra legislativo

Maia teve acesso a um material compartilhado pelo líder do governo na Câmara, major Vitor Hugo, em um grupo do Whatsapp. A charge compartilhada associava a negociação do governo com o Congresso a sacos de dinheiro

tá (quase) liberado

Câmara aprova MP que autoriza investimento até 100% estrangeiro em aéreas

Medida volta com a franquia mínima de bagagem que pode ser despachada gratuitamente; texto deve ser analisado pelo Senado e votada nesta quarta-feira, 22

deu ruim

Maia rompe com líder do governo na Câmara após mensagem por WhatsApp

O presidente da Câmara criticou abertamente o líder do governo na Casa, Major Vitor Hugo no final de uma reunião do colégio de líderes de partidos nesta terça-feira, 21.

dilema

Pode ser preciso cortar juros para cumprir meta de inflação, diz dirigente do Fed

James Bullard disse que a instituição pode considerar formas de recentralizar a inflação e as expectativas de inflação na meta de 2%

A Bula do Mercado

Mercado aposta em agenda positiva

Votação de medidas na Câmara cria um sentimento positivo em torno do andamento da reforma da Previdência

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements