Menu
2019-05-03T09:55:26+00:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco) e “Abandonado” (Geração).
Guerra das maquininhas

Itaú diz que Rede continua lucrativa mesmo com taxa zero em recebíveis de cartão

Candido Bracher, presidente do maior banco privado brasileiro, negou que o Itaú esteja se valendo do seu poder de fogo na disputa pelo cada vez mais acirrado mercado das maquininhas de cartão

3 de maio de 2019
9:40 - atualizado às 9:55
Candido Bracher, presidente do Itaú Unibanco
Candido Bracher, presidente do Itaú Unibanco - Imagem: Nilton Fukuda/Estadão Conteúdo

A Rede, empresa de maquininhas de cartão do Itaú Unibanco, vai perder receita com a decisão de zerar a taxa nas operações de antecipação de recebíveis aos lojistas, mas continua sendo "muito lucrativa". A afirmação é do presidente do banco, Candido Bracher.

Ele negou que o Itaú esteja se valendo do seu poder de fogo na disputa pelo cada vez mais acirrado mercado das maquininhas de cartão. "Nós apenas antecipamos uma tendência que nos parece inexorável", afirmou Bracher, em teleconferência com a imprensa para comentar o resultado do primeiro trimestre do banco.

Para você entender o que está em jogo, os lojistas que fazem vendas no cartão de crédito só recebem o dinheiro em um prazo de 30 dias. Para quem deseja antecipar esses recursos, as empresas de maquininhas oferecem linhas de crédito, cobrando uma taxa de juros.

O que a Rede fez foi zerar essa taxa para os clientes com faturamento abaixo de R$ 30 milhões e que tenham conta no Itaú. As novas regras entraram em vigor ontem.

Bracher disse que a prática de realizar os pagamentos das vendas no cartão em dois dias (D+2) é comum no resto do mundo, mas que no Brasil ainda não acontecia em razão das altas taxas de juros.

O presidente do Itaú negou que o banco irá compensar essa perda de receita com a antecipação de recebíveis em outras linhas do banco. "Se houvesse grandes compensações, não teria sido necessário alterarmos o nosso guidance [projeção]", disse aos jornalistas.

Junto com o balanço, o Itaú reduziu ontem a projeção de crescimento nas receitas com serviços e tarifas, de um aumento de 3% a 6% para uma expansão de 2% a 5%. O banco também diminuiu a expectativa para o crescimento da margem financeira com clientes, que inclui as receitas com crédito, para um intervalo de 9% a 12%. A estimativa anterior variava de 9,5% a 12,5%.

Sobre a exigência do domicílio bancário no Itaú para o benefício da taxa zero na antecipação de recebíveis, o executivo afirmou que o banco zerou a tarifa para quem quiser transferir os recursos para outra instituição financeira.

Bracher disse ainda que vê "com muito bons olhos" a proposta lançada pela Cielo de criação de um custo efetivo total (CET) das taxas cobradas dos lojistas pelas empresas de maquininhas.

"Se a sugestão do nosso concorrente for levada à frente terá o nosso apoio."

A Cielo, controlada pelo Banco do Brasil e pelo Bradesco, também anunciou que vai zerar a taxa de antecipação no crédito à vista e do aluguel da maquininha (para os lojistas com faturamento acima de R$ 5 mil por mês) no plano "Cielo Livre".

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Cannabusiness

O dia não tão distante em os supermercados americanos venderão produtos feitos com planta de maconha

Todos querem sua fatia de uma indústria que deve ultrapassar os US$ 2 bilhões nos EUA até o próximo ano, uma vez que pesquisas vêm mostrando que os consumidores estão dispostos a pagar preços mais altos pelos produtos

Reduzindo os gargalos

Judiciário prepara pacote de medidas para acelerar recuperações judiciais

Em média, em São Paulo, são 567 dias (cerca de um ano e meio) entre a Justiça aceitar o pedido de recuperação de uma empresa e apreciar o plano de reestruturação

Seu Dinheiro no sábado

MAIS LIDAS: Esse filme eu já vi

Na semana em que o futuro pareceu repetir o passado, o assunto mais comentado não podia ser outro: o tsumani político que varreu Brasília. O enredo que incluiu derrotas do governo no Congresso, investigações do Ministério Público, manifestações de rua e investidores à beira de um ataque de nervos de fato me trouxe recordações recentes, […]

Pague pelo celular

Após avanço do Itaú, Mercado Pago amplia parcerias com lojas para pagamentos instantâneos

Empresa do site Mercado Livre fecha parceria com redes de farmácia e de alimentos para aceitar pagamentos pelo sistema de “QR Code”, que agora entrou na mira do Itaú

Plano de expansão

Rede de pizzarias Domino’s quer crescer com lojas próprias

Comprada pelo fundo Vinci Partners por R$ 300 milhões, a Domino’s prevê a abertura mais 460 pontos de venda no país – hoje são 241

Aérea em crise

Dono da Avianca é tirado do comando da empresa pela United

A decisão da companhia americana ocorreu após a Avianca divulgar, na quinta-feira, prejuízo de US$ 67,9 milhões no primeiro trimestre de 2019

Combustíveis

Petrobras reduz em R$ 0,09 o preço da gasolina nas refinarias

Para a redução da gasolina chegar na bomba, porém, é preciso que os postos de combustível repassem a queda no preço

Que bolsa é essa?

Vale ainda é uma mina de problemas, mas resultados contam outra história

Depois de algum tempo defendendo que era hora de esperar e, com todo respeito às vítimas das tragédias em Brumadinho e Mariana, acho que está na hora de comprar as ações, desde que você tenha estômago para aguentar a inevitável volatilidade que devemos ter pela frente

Não está sendo fácil

Deu ruim pra Cielo! Empresa retira projeção de lucro e corta dividendos dos acionistas

Projeções de lucro entre R$ 2,3 bilhões e R$ 2,6 bilhões foram extintas, enquanto o percentual de distribuição de dividendos caiu para 30%

Só assim resolve!

Se não aprovar a Previdência, só chamando um ministro da Alquimia, diz Bolsonaro

Segundo presidente, mídia tenta criar atrito, mas casamento com Paulo Guedes segue mais forte que nunca. Ministério da Economia solta nota oficial

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements