Menu
2019-08-29T16:28:13+00:00
Nada abala!

Fitch avalia que perfil de crédito do Bradesco e Itaú segue forte

Agência de classificação de risco avalia que ambos os bancos atravessaram “com sucesso” a mais recente crise econômica

29 de agosto de 2019
16:28
Banco Bradesco e Itaú
Imagem: Estadão Conteúdo/Shutterstock

O perfil de crédito do Bradesco e do Itaú Unibanco permanece "muito forte", uma vez que ambos atravessaram "com sucesso" a mais recente crise econômica, em meio a extensivas franquias e modelos de negócios diversificados, que sustentam a resiliência dos bancos, avalia a agência de classificação de risco Fitch.

Segundo a agência, as carteiras de crédito dos bancos vêm crescendo desde 2018 e continuam apresentando qualidade de ativos estável, boa rentabilidade e alta liquidez. "No entanto, embora as métricas de adequação de capital em junho de 2019 ainda ofereçam um espaço confortável para crescer, riscos relacionados ao ambiente político nacional e a volatilidade do cenário internacional podem limitar o crescimento", destacam os diretores da Fitch, Esin Celasun e Jean Lopes, em relatório.

Em relação aos modelos de negócios, a agência aponta que os dois bancos continuaram bastante estáveis ao longo dos ciclos e sofreram apenas pequenos ajustes nos últimos cinco anos, com as carteiras de crédito de ambos passando a priorizar pessoas físicas, em vez de pequenas e médias empresas, no caso do Bradesco, e de grandes empresas, no do Itaú Unibanco.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Entre os riscos, os executivos apontam para um atraso na aprovação da reforma da previdenciária ou outras questões políticas que possam reduzir a confiança dos investidores e das empresas, assim como temas externos, como o Brexit (saída do Reino Unido da União Europeia), uma guerra comercial e a deterioração macroeconômica da Argentina.

"Embora o ambiente operacional seja determinante para os ratings de viabilidade, a Fitch acredita que Bradesco e Itaú continuarão resilientes a desenvolvimentos adversos", destacaram.

O rating de probabilidade de inadimplência do emissor (IDR) do Bradesco e do Itaú Unibanco está em BB, com perspectiva estável, um nível acima do rating do Brasil (BB-, com perspectiva estável). A agência destaca que uma nova elevação dos ratings dos bancos está limitada ao rating do Brasil por sua alta exposição ao soberano, principalmente por meio de títulos públicos e pela concentração da maioria de suas operações no Brasil.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Será que cai mais?

Selic em 5,0% ao ano? Na contramão do mercado, Itaú segue mais conservador

Segundo relatório da instituição, o banco seguirá observando os dados para a inflação e a taxa de câmbio do Banco Central para decidir por uma nova reavaliação

'impacto nulo'

Relator da reforma da Previdência apresenta novo parecer e acata apenas uma das 77 emendas

Emenda acatada retira do texto ponto que obrigava os servidores que entraram antes de 2003 a contribuírem por 35 anos, no caso dos homens, e 30 das mulheres, para ter direito à totalidade de gratificação por desempenho

Startup

Airbnb quer se hospedar na bolsa e anuncia planos para oferta de ações em 2020

Empresa que conecta usuários interessados em alugar apartamentos ou quartos por temporada com os proprietários foi avaliada em mais de US$ 30 bilhões

Negócio fechado

Superintendência do Cade aprova operação entre Allianz e Sul América Seguros

De acordo com informações do parecer, para a realização da operação, o negócio-alvo da Salic será transferido para a Sapi, que será adquirida pela Allianz Seguros e a Sasp será adquirida pela Allianz do Brasil Participações Ltda

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quinta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Giro dos BCs

Banco da Inglaterra decide manter taxa básica de juros em 0,75% ao ano

Inflação medida pelo índice de preços ao consumidor (CPI), que desacelerou para 1,7% anual em agosto, deve permanecer ligeiramente abaixo da meta de 2% no curto prazo, espera o BoE

Day after

Ibovespa sobe aos 105 mil pontos após decisões do Copom e do Fed; dólar avança

O Ibovespa reage positivamente às indicações do Copom, chegando a tocar o nível dos 106 mil pontos na máxima. O dólar à vista, por outro lado, segue pressionado e é negociado a R$ 4,14

Novidade na área

Toyota anuncia investimento de R$ 1 bi em fábrica de SP para produzir novo carro

Na unidade já são produzidos os modelos Etios e Yaris. Detalhes sobre o novo carro e a data de lançamento não foram divulgados

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

E a Magalu? Quem pegou, pegou, pegou…

Se tem uma empresa que fez a alegria dos seus investidores nos últimos anos foi o Magazine Luiza. Em 2015, o valor de mercado da varejista foi abaixo de R$ 200 milhões, um valor pífio comparado ao atual, acima de R$ 50 bilhões. Quem comprou os papéis do Magalu teve bons motivos para sorrir. Também se […]

Crise no Oriente Médio

Arábia Saudita procura importar petróleo para manter exportações, dizem fontes

De acordo com fontes, o país também consultou o Iraque sobre o possível fornecimento de até 20 milhões de barris de petróleo bruto para manter suas refinarias abastecidas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements