Menu
Ivan Sant’Anna
Seu Mentor de Investimentos
Ivan Sant’Anna
É trader no mercado financeiro e autor da Inversa
2018-10-03T14:33:25+00:00
VIRADA

Filhos de Marx com Coca-Cola

Datafolha confirmou as boas novas que o Ibope reservara na véspera para os seguidores de Jair Bolsonaro.

3 de outubro de 2018
11:52 - atualizado às 14:33
Coca-Cola
Imagem: Shutterstock

Em pesquisa de intenção de votos divulgada ontem à noite, o Datafolha confirmou as boas novas que o Ibope reservara na véspera para os seguidores de Jair Bolsonaro. Não só confirmou como melhorou um pouco a posição do deputado.

Nas estimativas para o primeiro turno, Bolsonaro ganhou mais um ponto. Um pontinho só, mas ganhou. Agora, vence Haddad por 32 a 21, contra os 31 a 21 do Ibope.

Uma coisa ficou clara: a candidatura Geraldo Alckmin jamais decolou de verdade. Nitidamente os marqueteiros do ex-governador de São Paulo tomaram a decisão errada: optaram por bater em Bolsonaro, que estava muito mais à frente, ao invés de concentrar suas baterias em Fernando Haddad (Lula, vale dizer), cujos números eram mais próximos.

Alckmin pagou enorme vexame ao se juntar com o Centrão em busca de tempo na TV e dinheiro do fundo eleitoral. A aliança não lhe serviu de nada.

Outra ótima notícia para Jair Bolsonaro foi ver a rejeição de seu (único) adversário ir subindo: 21, 22, 26, 29, 32, 41. A diferença entre os dois é agora de apenas 4 pontos: 45 a 41, ainda em desfavor de Bolsonaro. Só que essa distância, seis pesquisas atrás, era de 18 pontos.

A explicação para isso é simples: à medida que Fernando Haddad foi sendo identificado como Lula, assumiu também os pecados do condenado de Curitiba. Pecados esses que não são poucos, com enorme destaque para o Mensalão e o Petrolão.

Como se isso não bastasse, veio a público parte da delação premiada de Antonio Palocci, mostrando que a eleição e a reeleição de Dilma Rousseff custaram três vezes mais do que o valor declarado à Justiça Eleitoral.

Quando se pergunta a um eleitor menos esclarecido qual é o nome do candidato de Lula, rola de tudo: Adraike, Radarke, Alade e por aí vai.

Pois bem, Adraike, Radarke ou Alade… Tanto faz, acabaram assumindo os votos e a rejeição de Lula.

Virada no 2º turno

De acordo com o Datafolha, no segundo turno Bolsonaro já vence Haddad por 44 a 42. Assim como vence os demais candidatos, com exceção de Ciro Gomes, que simplesmente não vai estar lá. Antes, o capitão perdia de todos. Lembra?

Um dos erros da campanha de Fernando Haddad foi pôr na linha de frente dos manifestos e protestos do último fim de semana os “artistas intelectuais”. Refiro-me a gente como Chico Buarque, Fernando Morais, Letícia Sabatella, Marieta Severo, Preta Gil, etc.

Não são essas pessoas que elegeram e reelegeram Lula e Dilma. Eles se mantiveram no poder graças aos programas sociais Fome Zero, Minha Casa Minha Vida, PAC e, principalmente, Bolsa Família. A gatunagem não estava no script.

Na definição imortal de Roberto Campos: “é divertidíssima a esquizofrenia de nossos artistas e intelectuais de esquerda: admiram o socialismo de Fidel Castro, mas adoram também três coisas que só o capitalismo sabe – bons cachês em moeda forte, ausência de censura e consumismo burguês. São filhos de Marx numa transa adúltera com a Coca-Cola”.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Será que vem mudança?

Bolsonaro quer mecanismo para reavaliar patrimônio declarado no IR

Temática do projeto seria a reavaliação de patrimônios que “normalmente são declarados com valores históricos”

Agora passou!

Senado aprova MP que abre setor aéreo a capital estrangeiro

Senadores mantiverem o conteúdo como saiu da Câmara, retomando a franquia gratuita de bagagem

Foi por pouco

Câmara aprova texto base da MP da reforma administrativa

Votação de modificações como a volta do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) para o Ministério da Economia será feita separadamente

E vai adiando...

Maia assina prorrogação de envio de emendas para reforma da Previdência

Prazo de envio das emendas já havia sido postergada, mas dependia de um ato oficial do presidente da Casa

Crypto News

Falsatoshi ataca novamente

Piada da vez com Craig Wright foi ele dar entrada no pedido de direitos autorais do código original do Bitcoin e de seu white paper

Seu Dinheiro na sua noite

15 anos esta noite

Um dos grandes marcos do mercado de capitais brasileiro está para completar 15 anos. Trata-se da oferta de ações da empresa de cosméticos Natura. A abertura de capital aconteceu no dia 26 de maio de 2004 na antiga Bovespa – bem antes da fusão com a BM&F e da mudança de nome para B3. Desde […]

Estatal fará follow on

Petrobras bate o martelo: irá reduzir sua fatia na BR Distribuidora para menos de 50%

A Petrobras irá diminuir sua participação na BR Distribuidora por meio de uma oferta pública secundária de ações (follow on), mas a fatia exata a ser vendida ainda não foi definida

Investimento mais que bem-vindo

Fiat Chrysler vai investir R$ 500 milhões em nova fábrica de motores em Betim (MG)

Nova linha será instalada ao lado do prédio onde já funciona a fábrica de motores aspirados e pode gerar 1,2 mil empregos

Cedendo à pressão

Governo diz que vai apoiar reforma tributária do Congresso

Secretário da Receita Federal disse que o Executivo irá opinar sobre as medidas em “momento oportuno” na Comissão Especial

Proposta própria do Congresso

CCJ da Câmara aprova admissibilidade da reforma tributária

Proposta de emenda à Constituição é uma iniciativa da própria Casa, que decidiu não esperar o envio do texto do governo sobre o tema

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements