Menu
2018-10-03T18:36:07+00:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
ESQUENTA DOS MERCADOS

Euforia na bolsa deve continuar após Datafolha confirmar Ibope

Ibovespa e dólar devem continuar tendência mostrada ontem, depois que Datafolha mostrou avanço de Bolsonaro e recuo de Haddad na corrida eleitoral

3 de outubro de 2018
7:37 - atualizado às 18:36
Jair Bolsonaro
Último Datafolha mostra avanço de Bolsonaro nas intenções de voto e vitória dele sobre Haddad no segundo turno - Imagem: Shutterstock

O dia de hoje nos mercados locais deve ser um repeteco de ontem, depois de a última pesquisa Datafolha de intenção de voto ter confirmado a tendência de crescimento de Bolsonaro e um enfraquecimento de Haddad na corrida eleitoral.

No último pregão, o Ibovespa avançou 3,71%, aos 81.593 pontos e o dólar à vista recuou 2,47%, aos R$ 3,9304 apenas porque a pesquisa Ibope do dia anterior mostrou uma melhora do cenário para o candidato do PSL.

Brilharam as ações de estatais, como BB, Eletrobrás e Petrobras, que voltou a ser a empresa mais valiosa da bolsa, com R$ 319,928 bilhões de valor de mercado, superando a Vale e a Ambev.

O bom humor nos mercados ontem também se traduziu no volume negociado na bolsa: R$ 16,6 bilhões, muito acima da média de R$ 9,6 bilhões. O apoio declarado da bancada ruralista a Bolsonaro potencializou o astral, pois eleva as chances de governabilidade.

Divulgada ontem à noite, a pesquisa Datafolha mostrou que Bolsonaro subiu de 28% para 32% nas intenções de voto, enquanto Haddad estabilizou em 21%.

Além disso, a rejeição ao petista subiu de 32% para 41%, enquanto a do capitão reformado do Exército caiu de 46% para 45%. Bolsonaro cresceu mais entre as mulheres. E numa simulação de segundo turno, já ganha de Haddad por 44% a 42%.

A pesquisa Ibope de segunda já mostrava tendência semelhante, o que deixou os investidores animados nesta terça. A diferença fundamental era que, no segundo turno, o Ibope ainda mostrava os dois candidatos empatados.

Já se fala em vitória de Bolsonaro ainda no primeiro turno, o que ainda é difícil. Mas se o eleitorado feminino continuar aderindo à sua candidatura, pode acontecer.

Nesta quarta (03), o mercado estará de olho em nova pesquisa Ibope a ser divulgada à noite. Nesta semana ainda teremos mais uma edição do Ibope (sábado) e duas do Datafolha (quinta e sábado).

Agenda do dia

No Brasil, teremos a divulgação do relatório de estabilidade financeira, às 10h30, e do fluxo cambial de setembro, às 12h30.

Nos EUA, às 9h15 haverá a divulgação do relatório de emprego do Instituto ADP, considerado uma prévia do payroll, que será divulgado na sexta. A previsão é que o ADP mostre a criação de 185 mil vagas de emprego no setor privado americano em setembro, melhor que em agosto, quando foram criadas 163 mil.

Ainda nos Estados Unidos, serão divulgados os índices do setor de serviços medidos pelos institutos Markit (10h45) e ISM (11h). Às 11h30, saem os estoques de petróleo. Na zona do euro, teremos as vendas no varejo em agosto.

Atenção à Itália

A crise fiscal italiana ainda é um ponto de atenção para os mercados internacionais, sobretudo bolsas as europeias, que nesta terça fecharam todas no vermelho.

O país continua a projetar um déficit de 2,4% do PIB em 2019, mas, sob pressão da União Europeia, teria decidido reduzir o rombo ao longo dos próximos anos, passando para 2,2% do PIB em 2020 e 2,0% do PIB em 2021.

Trata-se de uma boa notícia para os mercados, mas a resistência do governo de Roma em disciplinar as contas públicas, além de algumas declarações "antieuro" de dirigentes italianos deixaram o clima ainda ruim.

O premiê italiano, no entanto, reforçou que o euro é "indispensável" e que não há intenção de abandoná-lo.

*Com informações do Bom Dia Mercado, de Rosa Riscala. Para ler o Bom Dia Mercado na íntegra, acesse www.bomdiamercado.com.br

 

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Luz no fim do túnel?

Trump: ‘estamos indo muito bem com a China, e conversando’

Membros da equipe econômica norte-americana afirmam que negociadores das duas maiores economias do mundo irão conversar na próxima semana

Tem que adiar isso daí

Vitorioso nas prévias eleitorais argentinas, Fernández defende renegociação de acordo com o FMI

Alberto Fernández afirmou que o acordo para o pagamento de dívidas junto ao Fundo Monetário Internacional é “impossível de cumprir”

Opinião polêmica

Senadora Simone Tebet: ‘Bolsonaro ainda não vestiu o terno de presidente’

Referindo-se ao presidente, senadora do MDB afirmou “jamais imaginei que pudéssemos chegar onde chegamos”

Na hora de prestar contas

Presidente do Senado briga na Justiça para manter sigilo de gastos parlamentares

Destinadas a cobrir despesas relativas ao exercício do mandato, as cotas variam entre R$ 30 mil e R$ 45 mil, a depender do Estado do congressista

Nem tão hermanos assim

Bolsonaro volta a falar sobre Argentina e diz que país está cada vez mais próximo da Venezuela

Presidente usou sua conta no Twitter para fazer novos comentários sobre o processo sucessório na Argentina

Seu Dinheiro no domingo

Liberais não fazem pacotes

Dentro de mais alguns dias conheceremos o Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre. O resultado será magro e há quem fale em recessão técnica. Na sequência veremos uma nova onda de críticas e demandas na linha: “o governo tem quem fazer alguma coisa! Tem que impulsionar a demanda! Esse BC está errado!”. Sinto desapontar […]

Trilhando caminhos

Jovens precisam ter resiliência e iniciativa, dizem executivos sobre ser um novo empresário

Executivos falam sobre os comportamentos que um jovem ingressante numa grande empresa deve ter para trilhar um caminho profissional de sucesso

Crise partidária

Pedro Simon, ex-governador do RS: ‘existe o risco de o MDB desaparecer’

Em entrevista ao Estadão, o filiado ao MDB desde 1965 diz que seu partido precisa fazer uma “profunda reflexão”

Barrado na embaixada?

Consultoria do Senado diz que indicação de Eduardo Bolsonaro configura nepotismo e senadores se articulam para rejeitar seu nome

Parecer foi embasado no entendimento da Súmula Vinculante nº 13, do Supremo Tribunal Federal, que trata sobre nepotismo

Analisando a situação dos hermanos

Crise Argentina, feitiço do tempo

Os grandes desafios econômicos de Maurício Macri também parecem reimpressões de velhos e bem conhecidos problemas argentinos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements