Menu
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
Guerra Comercial

EUA podem provar do próprio ‘veneno protecionista’

Banco Central Europeu alerta os EUA que persistência em guerra protecionista poderia custar encolhimento de 2% à economia do país

26 de setembro de 2018
10:57 - atualizado às 12:12
Medidas protecionistas impostas pelo governo do presidente Donald Trump - Imagem: Shutterstock

O Banco Central Europeu (BCE) publicou um relatório em que "cutucou" os Estados Unidos nesta quarta-feira, 26.

A persistência de uma guerra comercial com maiores medidas protecionistas impostas pelo governo do presidente Donald Trump poderia ser prejudicial ao próprio país, explica o BCE.  A informação é do Broadcast, do Estadão.

Com a piora na confiança, o BCE estima que a economia norte-americana pode encolher mais de 2% só no primeiro ano.

Por outro lado, a instituição sugere que a economia da China pode chegar a crescer 3% se esse cenário perdurar.

As medidas que foram anunciadas até agora e que, em grande parte, envolvem uma guerra comercial entre Washington e Pequim, "terão efeito apenas marginal sobre a atividade econômica global", diz o relatório.

Se a escalada de tensões continuar, porém, elas trariam "efeitos globais adversos significativos", alertou.

Comentários
Leia também
Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu