Menu
2019-04-20T15:15:34+00:00
Longo prazo

Enel vende por R$ 2,9 bilhões usinas renováveis à CGNEI, da China

Valor total da transação entre as companhias foi US$ 700 milhões (cerca de R$ 2,9 bilhões); as três usinas possuem contratos de venda de energia de longo prazo (PPAs) em vigor

17 de janeiro de 2019
14:46 - atualizado às 15:15
Cabos de energia
Imagem: shutterstock

O braço de energia renovável do grupo italiano Enel no Brasil, a Enel Green Power Brasil Participações, acertou a venda de 100% de três usinas para a chinesa CGN Energy International Holdings Co. Limited (CGNEI). O valor total da transação foi US$ 700 milhões (cerca de R$ 2,9 bilhões).

Os três ativos negociados somam 540 MW e já estão em operação: os parques solares Nova Olinda (292 MW), localizado no Estado do Piauí, e Lapa (158 MW), na Bahia, além do parque eólico Cristalândia, de 90 MW, também na Bahia.

As três usinas possuem contratos de venda de energia de longo prazo (PPAs) em vigor. Lapa e Nova Olinda estão apoiadas por contratos de fornecimento de 20 anos que preveem a venda de volumes específicos de energia gerada pelas usinas para a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica. Cristalândia é apoiada por PPAs de 20 anos com um pool de distribuidoras brasileiras.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

A Enel destacou, em comunicado, que a operação está em linha com o plano estratégico do grupo para o período 2019-2021, alternando ativos para disponibilizar recursos que podem ser investidos em novos projetos, enquanto permanece nas atividades de operação e manutenção dos ativos vendidos. "O mercado brasileiro de energias renováveis é rico em oportunidades para o grupo, que quer seguir crescendo no País", afirmou a companhia.

O responsável pela Enel Green Power, Antonio Cammisecra, afirmou, em nota, que a companhia segue focada nas oportunidades oferecidas pelo mercado de energia renovável no Brasil e investindo de forma contínua no País. "Com a venda desses ativos, estamos captando valor para nosso crescimento no Brasil, onde estamos implementando um grande conjunto de projetos renováveis", declarou.

Segundo ele, a Enel Green Power vai desempenhar um papel ativo por meio do desenvolvimento de novos projetos e da gestão do conjunto de plantas em operação.
A conclusão da venda está prevista para até o fim do primeiro trimestre, sujeita ao cumprimento de condições prévias, incluindo a aprovação das autoridades antitruste brasileiras.

Os valores estão sujeitos a ajustes em linha com as práticas padrão de mercado para esse tipo de transação.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

SEGUE O JOGO

Saída de Levy não deve ter impacto sobre a reforma da Previdência, diz especialista

No entanto, mesmo com eventual aprovação da reforma previdenciária, dificilmente haverá retomada considerável da confiança, diz Rafael Cortez

ANÁLISE

“Chicago Boy”, Levy transitou no petismo e no Bolsonarismo – e foi alvo dos dois”

Assim como o ministro da Fazenda, Paulo Guedes, Joaquim Levy é um nome conhecido do mercado; estopim da demissão foi a nomeação de advogado

DE OLHO NAS AÇÕES

Petrobras faz maior descoberta desde o pré-sal, em Sergipe e Alagoas

Divulgada no mês passado, a descoberta deve gerar R$ 7 bilhões de receita anual à estatal e sócias, calcula a consultoria Gas Energy

MUITO RICOS X MAIS RICOS AINDA

Esta é a grande diferença entre milionários e bilionários, segundo autor

Milionários e bilionários podem ser grupos muito mais distintos do que a maioria acredita. Segundo especialista, esse contraste fica claro com a resposta para uma pergunta

MÚSICA PARA OS OUVIDOS

Energia deve ter nova rodada de privatização

A privatização de estatais é uma das alternativas propostas pelo Plano Mansueto para Estados que precisarem de socorro da União

Seu dinheiro no domingo

O mercado sempre oscila entre o cenário perfeito e o desesperador. Saber onde estamos é o segredo para ganhar dinheiro

Se a percepção prevalente no mercado é de que as coisas só podem melhorar, o investidor deve encarar isso com cautela

DIÁLOGO CORDIAL

Presidente do BNDES conversou com ministro da Economia sobre demissão

Levy entregou seu pedido de demissão do cargo ao ministro após ser alvo de críticas do presidente Jair Bolsonaro neste sábado (15)

TCHAU

Presidente do BNDES confirma pedido de demissão após declarações de Bolsonaro

Levy foi alvo de críticas do presidente Jair Bolsonaro no sábado (15), em função da nomeação do advogado Marcos Barbosa Pinto para o cargo de diretor

REDUÇÃO DE DANOS

Nada impede que a capitalização seja aprovada no 2º semestre, diz Maia no Twitter

O presidente da Câmara defendeu que a questão pode até ficar de fora do primeiro texto da reforma, mas destacou propostas já em andamento na área

CABEÇA A PRÊMIO

Gustavo Franco e Salim Mattar são cotados para substituir Levy

A avaliação é a de que a permanência do atual presidente do BNDES tornou-se insustentável depois da bronca em público do presidente

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements