Menu
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
Único lance

Em novo leilão, Enforce arremata mais créditos do falido BVA

No ano passado, a companhia, que é o braço de recuperação de crédito do BTG, pagou R$ 211 milhões por R$ 2,3 bilhões em créditos vencidos do BVA

11 de outubro de 2018
6:51 - atualizado às 6:54
Fachada do falido banco BVA - Imagem: Fábio Motta/Estadão Conteúdo

A empresa de recuperação de crédito do BTG Pactual, a Enforce, desembolsou R$ 70,7 milhões para herdar R$ 550 milhões em créditos de face do falido Banco BVA, liquidado em 2014. A informação é da coluna Broadcast, do Estadão, desta quinta-feira, 11.

Apesar de outras empresas terem demonstrado interesse nas "dívidas", a Enforce foi a única a dar um lance no leilão, que aconteceu ontem.

Não é a primeira vez

Há um ano, em uma disputa com a Jive Investimentos, a Enforce pagou R$ 211 milhões por R$ 2,3 bilhões em créditos vencidos do BVA.

Agora resta ao antigo banco se livrar de uma carteira de R$ 500 milhões que, ainda segundo a Broadcast, será a mais difícil de desovar já que estava envolvia em uma disputa judicial.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu