Menu
2019-03-26T11:47:43+00:00
Em meio a tensão

Em Brasília, Doria manifesta apoio à reforma e prega paz e serenidade

Governador de São Paulo afirmou que a reforma tem condições de ser aprovada nos próximos quatro meses, como deseja o Planalto e a equipe econômica

26 de março de 2019
11:47
João Doria Jr.
Governador do Estado de São Paulo, João Doria - Imagem: Gabriela Biló/Estadão Conteúdo

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), avaliou nesta terça-feira, 26, que as rusgas entre o presidente Jair Bolsonaro e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já diminuíram e voltou a pedir serenidade na relação entre os poderes para que o Congresso tenha tranquilidade para votar a reforma da Previdência.

"O momento mais tenso passou. De ontem para hoje o movimento foi de serenidade e bom senso entre executivo e legislativo", afirmou Doria, ao chegar ao Palácio do Buriti, para reunião extraordinária do Fórum dos Governadores. "É preciso ter paz, serenidade e equilíbrio para que o Legislativo vote com calma e decisão", completou.

Para ele, a reforma tem condições de ser aprovada nos próximos quatro meses, como deseja o Planalto e a equipe econômica.

Perguntado se eventuais emendas dos parlamentares podem desfigurar o texto, o governador respondeu que é natural que o Congresso proponha mudanças. "A melhor reforma é a aprovada, a pior é a que não é aprovada", acrescentou.

Ainda assim, Doria reafirmou o apoio integral do governo de São Paulo à proposta de reforma - sem condicionantes - e prometeu mobilizar a bancada do Estado e do seu partido (PSDB) pela aprovação do texto. O governador disse ainda que o ministro da Economia, Paulo Guedes, tem a missão de conduzir as negociações junto ao parlamento.

"A reforma da Previdência é essencial para o Brasil, para os governadores e para os municípios. A reforma é uma inflexão importantíssima. O Brasil não crescerá e gerará emprego sem a reforma", concluiu Doria.

Além da Previdência, a reunião de governadores nesta terça deve debater outras questões como o novo pacto federativo em estudo pela equipe econômica, a securitização das dívidas estaduais e os repasses da Lei Kandir aos Estados. O ministro da Economia, Paulo Guedes, também participa do encontro.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Olha a oportunidade aí!

Ministro diz que estuda estender isenção de IR de debêntures a PJ e estrangeiros

Atualmente, a isenção das debêntures de infraestrutura é apenas para pessoas físicas

Agora vai?

Ministro suspende decisões que impediam julgamento de cartel de trens pelo Cade

Investigação envolve suposto conluio de empresas em licitações de metrôs e trens nos Estados de Rio Grande do Sul, Minas e São Paulo e no Distrito Federal

fala ministra

Na FAO, Tereza Cristina defende fim do protecionismo de países desenvolvidos

A ministra destacou que o protecionismo em países desenvolvidos ameaça o aumento da produção de alimentos nas nações em desenvolvimento, que ficam competindo com produtos subsidiados.

Você lembra do Windows Phone?

Bill Gates admite erro que poderia ter mudado a história dos smartphones

Em 2008, em uma reunião de emergência, a Microsoft decidiu remodelar os planos do seu sistema operacional para se adequar. E embora Gates tenha deixado o cargo de CEO em 2000, é provável que o seu conselho tenha sido levando em consideração

sem consenso

Líder do governo elogia projeto de agências reguladoras criticado por Bolsonaro

Para o senador Fernando Bezerra Coelho, o texto, já aprovado pela Câmara, aperfeiçoou o processo de escolha para o comando das agências

resenha com rodrigo

Maia lança podcast e diz que relatório deve ser votado até dia 27

Publicação será semanal e a previsão é de que seja publicado às segundas-feiras nas redes sociais do deputado

por mais impostos

George Soros e outros bilionários assinam carta pedindo imposto sobre grandes fortunas

Os herdeiros Regan Pritzker e Abigail Disney, além do cofundador do Facebook, Chris Hughes, e outras 15 pessoas assinam o documento pedindo o compromisso dos candidatos a Presidência dos EUA

de olho na reforma tributária

‘Claro que a proposta de reforma não é anti-Guedes’

Baleia Rossi, líder do MDB na Câmara, acredita que é um cenário positivo para a aprovação da mudança do sistema tributário brasileiro

foco na agenda econômica

Congresso quer protagonismo e promete votar a reforma tributária ainda este ano

PEC proposta acaba com três tributos federais – IPI, PIS e Cofins. Extingue o ICMS, que é estadual, e o ISS, municipal. Todos eles incidem sobre o consumo

Valor menor que as estimativas

Investimento direto no país soma US$ 7,070 bi em maio, diz BC

No acumulado do ano até maio, o ingresso de investimentos estrangeiros destinados ao setor produtivo somou US$ 35,137 bilhões

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements