Menu
Todo mundo acomodado

Doria critica “silêncio” do setor produtivo na defesa da reforma da Previdência

Governador paulista afirmou que “o PSDB de São Paulo estará apoiando” do projeto sem pedir nada em troca

8 de abril de 2019
14:37
Governador do estado de São Paulo
João Doria - Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) , criticou "o silêncio" do setor produtivo na defesa da reforma da Previdência. De acordo com ele, "a falta de manifestação do setor produtivo estabelece um vácuo" que é utilizado por opositores ao projeto, "para aqueles que no grito" querem evitar a aprovação do projeto.

Ele comentou sobre a tumultuada participação do ministro da Economia, Paulo Guedes, em audiência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, na semana passada, e considerou o debate ocorrido como "não democrático". "No grito e na intimidação, não é democrático", afirmou.

Doria disse que "o PSDB de São Paulo estará apoiando" a reforma da Previdência sem pedir nada em troca. "O governo que foi eleito tem que dar certo e temos que ajudar em todas iniciativas positivas, como a da Reforma da Previdência", comentou. "Vamos pedir o que é necessário, mas não estabelecer como moeda de troca para apoiar as boas iniciativas, como a reforma da Previdência", acrescentou.

Renovação de contratos de concessão

O governador afirmou ainda que todos os contratos de concessões de rodovias que vencem até 2022 serão renovados. "É decisão de governo", disse. Ele salientou que há previsão legal para realizar a renovação e que esse processo "facilita e agiliza" e tem em vista os resultados positivos apresentados pelas atuais concessionárias.

"O governo não tem interesse em auferir recursos, mas em melhorar serviços de forma mais rápida e reduzir custos de logística", disse, afirmando que o governo paulista "tem outras formas de auferir recursos" para o Estado.

Ele afirmou que o governo estadual ainda vai negociar com cada concessionária os novos contratos, de maneira que haja vantagem para os dois lados e que sejam implementadas inovações tecnológicas que garantam "o estado da arte" para essas concessões.

Doria também reiterou que o Estado pretende avançar em outros programas de privatização e citou a concessão de 22 aeroportos regionais e a Hidrovia Tietê-Paraná.

O governador citou ainda que o governo está estudando o modelo de repasse da hidrovia para a iniciativa privada e tem discutido com outros Estados que possuem trechos da hidrovia sobre a questão.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Poder

Congresso impõe agenda própria a Bolsonaro

Já são seis as iniciativas traçadas pelo Congresso para garantir maior influência e poder político após o abandono do presidencialismo de coalizão

Aviação

Segundo NYT, outro jato da Boeing pode ter problemas de segurança: o 787 Dreamliner

Segundo reportagem do New York Times, na fábrica do 787 na Carolina do Sul são comuns os casos de resíduos metálicos e ferramentas esquecidos dentro de aeronaves, além de peças defeituosas instaladas; até chiclete segurando o acabamento de uma porta já foi encontrado

O LEMA DE SÃO TOMÉ

Por que os gringos estão com o pé atrás em relação ao Brasil e à bolsa?

Apesar de o Ibovespa acumular alta em 2019, o fluxo de recursos estrangeiros para a bolsa no mercado à vista está negativo. Com a reforma da Previdência avançando aos trancos e barrancos, os gringos estão como São Tomé: só acreditam vendo

Transparência

Guedes defende mesma transparência do Copom para política de preços da Petrobras

Em entrevista, ministro voltou a defender que a estatal é livre para definir os preços

Petróleo

ANP nega mais prazo à Petrobras; campos terrestres irão para oferta permanente

Agência reguladora negou mais prazo para a estatal apresentar um plano de desativação de campos terrestres que não estão em produção há mais de seis meses

BOMBOU NA SEMANA

MAIS LIDAS: Siga o dinheiro

A vida dos milionários costuma fascinar as pessoas que ainda não chegaram e talvez nunca cheguem lá. Esse é o tipo de tema que costuma despertar as paixões humanas: admiração, inveja, raiva ou simplesmente a questão aspiracional. Quem não nasceu em uma família endinheirada certamente já pensou em como seria a sua vida se fosse […]

Atualização

Avianca cancela mais de 1.300 voos até dia 28

Guarulhos, Brasília e Galeão são os aeroportos mais prejudicados pelos cancelamentos. Já Congonhas e Santos Dumont parecem ter sido poupados

Piora nas contas

Déficit estrutural do setor público chega a 0,7% do PIB em 2018

Devido à deterioração das contas dos Estados e municípios, movimento de melhora das contas públicas pelo resultado oficial não aconteceu no estrutural, que apresentou piora no ano passado

Preço do diesel

Em áudio, Onyx diz que governo deu uma ‘trava na Petrobras’

Ministro da Casa Civil diz que os caminhoneiros podem ficar sossegados que o governo tem trabalhado para resolver o problema deles

Na mira de quem tem grana

Para que cidades os milionários estão se mudando?

Estudo mostra que Dubai, Los Angeles, Melbourne, Nova York, Sydney, Miami e São Francisco caíram nas graças dos endinheirados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

GUIA GRATUITO

Como declarar seus investimentos no IR 2019