Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
TUDO QUE VAI MEXER NO SEU DINHEIRO HOJE

‘Desculpinhas’ e metas não atingidas

12 de fevereiro de 2019
10:14 - atualizado às 14:22
O Melhor do Seu Dinheiro
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Se tem uma coisa que não faltou no Brasil nos últimos anos foi notícia. Lava Jato, impeachment, crise econômica, eleições animadas e, infelizmente, uma infinidade de tragédias. Eu praticamente me mudei para a redação. Parei de nadar e frequentemente pulava o almoço. Comia alguma tranqueira na hora que desse. O resultado foram quase 10 quilos a mais e estou na batalha até hoje para me livrar deles. É a minha meta pessoal para 2019.

Amanhã tenho um retorno à nutricionista e preciso encarar o fato de que não bati a meta. Já estou ensaiando um discurso e procurando culpados: o bolo quatro leites da minha amiga, a cervejinha na sexta-feira, a quantidade de trabalho...

A BB Seguridade está na mesma que eu. A empresa apresentou ontem à noite mais um resultado ruim. Fechou 2018 com uma queda de quase 10% em seu lucro líquido, acima das suas próprias projeções no pior dos cenários. Uma grande decepção para o mercado.

A empresa também apresentou suas "desculpinhas" para os investidores para justificar os resultados. Que situação!

Vale lembrar que a BB Seguridade está na lista de empresas que o governo federal pretende privatizar. O Banco do Brasil já vendeu uma fatia pequena na bolsa, mas pretende se desfazer de mais ações. Se você está pensando em comprar os ativos do governo, é melhor dar uma olhada nos números da companhia. O Vinícius Pinheiro traz os detalhes do balanço financeiro aqui.

Todo cuidado é pouco

O Comitê de Política Monetária (Copom) divulgou há pouco a ata de sua primeira reunião de 2019, que aconteceu na semana passada e manteve a Selic em 6,5%. O colegiado voltou a sinalizar que a possibilidade de alta da inflação é maior do que a de baixa e continuou adotando um tom de cautela. O Eduardo Campos te conta quais os destaques do documento.

É difícil sair do buraco

Eu estou torcendo pela recuperação do Brasil, mas não está fácil. Um levantamento do Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi) mostra que 40% dos setores da indústria fecharam 2018 em crise. Saiba mais aqui.

Como está o presidente?

A equipe médica do Hospital Albert Einsten disse que Jair Bolsonaro está quase bom. Ele recebeu alta da unidade de terapia semi-intensiva ontem e já está no apartamento. Se você quer acompanhar de perto o dia a dia do novo presidente, acesse o Diário dos 100 dias. O Eduardo Campos acompanha nos bastidores os momentos mais importantes do novo governo.

Boas notícias do Oriente

Mesmo com os crescentes entraves diplomáticos com os EUA e com a desaceleração econômica global, a China anunciou hoje que suas exportações e importações em janeiro cresceram. Os dados preliminares são do Ministério do Comércio chinês, que acredita em uma estabilização da economia do país nos próximos meses. Saiba mais.

A Bula do Mercado: hora de celebrar as boas novas

Depois de sucessivos acontecimentos que levaram o otimismo para longe, o mercado deve voltar a comemorar algumas “boas novas” hoje. Lá fora, a boa notícia vem dos EUA, onde republicanos e democratas conseguiram chegar a um acordo para evitar uma nova paralisação do governo (shutdown).

A notícia deve ser potencializada por aqui com a melhora no quadro clínico de Jair Bolsonaro, que não deve demorar muito para ter alta e voltar a comandar o governo. Com isso, devem ser renovadas as esperanças do andamento da reforma da Previdência.

Ontem, o Ibovespa recuou 0,98%, aos 94.421 pontos. Já o dólar teve o quarto dia consecutivo de alta e fechou a sexta-feira em alta de 0,99%, cotado a R$ 3,76. Consulte a Bula do Mercado para saber como devem se comportar os mercados hoje!

Um grande abraço e ótima terça-feira!

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Poder

Congresso impõe agenda própria a Bolsonaro

Já são seis as iniciativas traçadas pelo Congresso para garantir maior influência e poder político após o abandono do presidencialismo de coalizão

Aviação

Segundo NYT, outro jato da Boeing pode ter problemas de segurança: o 787 Dreamliner

Segundo reportagem do New York Times, na fábrica do 787 na Carolina do Sul são comuns os casos de resíduos metálicos e ferramentas esquecidos dentro de aeronaves, além de peças defeituosas instaladas; até chiclete segurando o acabamento de uma porta já foi encontrado

O LEMA DE SÃO TOMÉ

Por que os gringos estão com o pé atrás em relação ao Brasil e à bolsa?

Apesar de o Ibovespa acumular alta em 2019, o fluxo de recursos estrangeiros para a bolsa no mercado à vista está negativo. Com a reforma da Previdência avançando aos trancos e barrancos, os gringos estão como São Tomé: só acreditam vendo

Transparência

Guedes defende mesma transparência do Copom para política de preços da Petrobras

Em entrevista, ministro voltou a defender que a estatal é livre para definir os preços

Petróleo

ANP nega mais prazo à Petrobras; campos terrestres irão para oferta permanente

Agência reguladora negou mais prazo para a estatal apresentar um plano de desativação de campos terrestres que não estão em produção há mais de seis meses

BOMBOU NA SEMANA

MAIS LIDAS: Siga o dinheiro

A vida dos milionários costuma fascinar as pessoas que ainda não chegaram e talvez nunca cheguem lá. Esse é o tipo de tema que costuma despertar as paixões humanas: admiração, inveja, raiva ou simplesmente a questão aspiracional. Quem não nasceu em uma família endinheirada certamente já pensou em como seria a sua vida se fosse […]

Atualização

Avianca cancela mais de 1.300 voos até dia 28

Guarulhos, Brasília e Galeão são os aeroportos mais prejudicados pelos cancelamentos. Já Congonhas e Santos Dumont parecem ter sido poupados

Piora nas contas

Déficit estrutural do setor público chega a 0,7% do PIB em 2018

Devido à deterioração das contas dos Estados e municípios, movimento de melhora das contas públicas pelo resultado oficial não aconteceu no estrutural, que apresentou piora no ano passado

Preço do diesel

Em áudio, Onyx diz que governo deu uma ‘trava na Petrobras’

Ministro da Casa Civil diz que os caminhoneiros podem ficar sossegados que o governo tem trabalhado para resolver o problema deles

Na mira de quem tem grana

Para que cidades os milionários estão se mudando?

Estudo mostra que Dubai, Los Angeles, Melbourne, Nova York, Sydney, Miami e São Francisco caíram nas graças dos endinheirados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu