Menu
Desfecho

CVM acata recurso e confirma eleição do conselho por chapa, diz BRF

Órgão confirmou que a eleição dos membros do conselho se deu mediante ao sistema de votação majoritária por chapa, e não por meio do sistema de voto múltiplo

12 de novembro de 2018
14:04
Unidade da BRF - Imagem: Divulgação

A BRF enviou ao mercado comunicado sobre uma decisão da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) a respeito do recurso apresentado pela companhia quanto ao sistema de voto múltiplo ao conselho de administração, em abril.

Na última quinta-feira, segundo o comunicado, foi divulgado o inteiro teor da decisão da CVM sobre o provimento ao recurso, confirmando a adequação da sistemática de votação utilizada para a eleição dos membros do conselho de administração da companhia na Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária de 26 de abril.

A BRF explica que a decisão do Colegiado da CVM confirmou que a eleição dos membros do conselho se deu mediante o sistema de votação majoritária por chapa, e não por meio do sistema de voto múltiplo.

"Diante disso, nenhum dos efeitos legais decorrentes da adoção do sistema de voto múltiplo será aplicável à eleição dos membros do Conselho de Administração da Companhia na AGO."

A votação foi conturbada. Foram mais de nove horas de reunião, em que Pedro Parente, na época ainda presidente da Petrobras, foi eleito presidente do conselho de administração da BRF, e Augusto Cruz vice-presidente, além de outros oito nomes.

Os acionistas da BRF finalizaram a votação após atrasos e certo tumulto sobre a dinâmica de votação. Até a manhã daquela quinta-feira, a votação seria feita por chapa, mas a escolha foi feita por voto múltiplo, após recomendação da CVM.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu