Menu
André Franco
Crypto News
André Franco
É engenheiro e especialista em criptomoedas da Empiricus
2019-08-01T08:29:37+00:00
Crypto News

No universo das criptomoedas, você deve conter a ansiedade e se acostumar com a volatilidade

Na volatilidade normal das moedas virtuais, uma oscilação de 25 por cento não deveria assustar, mas assusta

1 de agosto de 2019
5:59 - atualizado às 8:29
Criptomoedas bitcoin
Imagem: Shutterstock

A ansiedade é um sentimento que tem me acompanhado a vida inteira. Não me lembro de sequer uma fase da minha vida em que não tenha sentido ela bem viva no meu cotidiano.

Na adolescência, os gatilhos eram as provas, os jogos interclasses e o vestibular. Eu sempre acreditava que estava ansioso exclusivamente pelo evento que se aproximava. Ledo engano.

Mais tarde, os gatilhos mudaram para entrevistas de emprego, performance no trabalho e nos investimentos. Hoje vejo que ela vai me acompanhar sempre e é uma característica, e não um bug.

Ao entender isso, ficou mais fácil de conviver com esse sentimento e entender onde ele vai jogar contra e onde vai jogar a favor.

No trabalho de análise, a ansiedade vai jogar a favor se for para entender o ativo em si, mas vai jogar contra se o objetivo for dar o call.

No trading, ela só vai jogar contra. Vai fazer com que eu abra a plataforma da exchange a cada cinco minutos para ver minha posição e, possivelmente, vai causar uma tomada de decisão ruim. Por isso, nem me arrisco.

Da mesma forma que entendo a ansiedade em mim, vejo a volatilidade em cripto, que não pode ser vista como um bug, mas apenas como uma característica intrínseca.

Essas quedas de 30 por cento devem ser consideradas do ativo em si e não podem ser comparadas ao que acontece no mercado de Bolsa tradicional.

Confesso que essa visão sobre volatilidade também faz qualquer um perder a noção do que é uma queda grande ou pequena.

“A Bolsa derreteu hoje...”

“Quanto caiu?”

“Caiu quase 4%! Um desastre”

Não entendo realmente como 4% é um desastre. Não me gera um único nó na garganta essa suposta queda.

Mas, voltando à questão da volatilidade em cripto, os preços não podem ser observados da forma tradicional.

Um exemplo que estamos vivendo agora, neste momento de consolidação do bitcoin, é que, entre 10 mil e 8.800 dólares, estamos falando do mesmo preço na real.

Dada a volatilidade normal do ativo, uma oscilação de 25 por cento não deveria assustar — mas sei que assusta.

Para aprender isso de forma consistente — e ter um comportamento estoico nesse ambiente — é preciso levar muita porrada.

O ano de 2018 foi pra isso.

Se você sobreviveu no ano passado com bitcoin na carteira, e sem largá-lo, merece uma estrelinha. Já se foi louco o suficiente para comprar mais, merece duas.

Em ambas as situações, uma casca grossa foi moldada ao redor da sua pele, depois de levar muitos socos e pontapés, e agora você já consegue passar por quedas de dois dígitos sem se sentir idiota por não ter vendido o ativo antes.

E, se você entende que 250 bilhões de dólares (atual tamanho do mercado cripto) não é o tamanho de algo que pode ser chamado de classe ativos, sabe que ainda há potencial a ser destravado nesse ecossistema.

No mínimo, esse mercado tem um upside de 300 por cento até se dizer que possui, de fato, o tamanho de uma classe de ativos, algo em torno de 1 trilhão de dólares.

Ainda é só o começo. Estamos no mercado certo, chegamos cedo e vamos ser recompensados por isso.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Posição gerou polêmica

Presidente da CCJ da Câmara diz que vai pautar PEC da regra de ouro na quarta-feira

Decisão atropela um entendimento feito entre Maia e a equipe econômica de esperar a proposta do governo para avançar na discussão no Parlamento

Seu Dinheiro na sua noite

A pergunta que não quer calar

Como jornalista, estou acostumado a fazer perguntas, mas de vez em quando me vejo em uma situação em que sou obrigado a respondê-las. Na sexta-feira à noite fui a Santos fazer uma palestra na faculdade onde estudei sobre a profissão e os livros que escrevi, inclusive o primeiro deles – que surgiu do meu trabalho […]

Paralelo à reforma principal

Presidente da comissão especial na Câmara quer votar reforma da Previdência dos militares nesta semana

Na reunião de terça-feira, marcada para as 14h, deve ser iniciada a discussão que antecede a votação

Amigos, amigos...

OCDE diz que Brasil já é um parceiro-chave da OCDE, que já está perto da organização

Diretor para a América Latina na Organização diz que o Brasil se destaca em pesquisas no sentido de competitividade global

vestuário na bolsa

IPO da C&A: começa hoje a reserva de ações da varejista

Faixa de preço dos papéis — que serão negociados sob o código CEAB3 — ficará entre R$ 16,50 e R$ 20,00; montante mínimo a ser solicitado é de R$ 3 mil

Saiu perdendo

Firjan diz que mudança nos royalties pode trazer perda de R$ 30 bilhões em 4 anos ao Rio de Janeiro

O Estado, maior produtor brasileiro de petróleo e gás natural do Brasil (60% do total), perderia R$ 6,4 bilhões por ano

Me segue!

Ex-ministro da Fazenda, Meirelles diz que grande mérito do atual governo é manter diretrizes econômicas de Temer, mas aponta erros

Secretário da Fazenda paulista afirmou que muitos dos pontos da MP da Liberdade Econômica foram traçados durante sua gestão no Ministério da Fazenda

admirável mundo novo

Economia digital vira gargalo para tributação

Na era dos aplicativos de serviços, impressoras 3D, robôs, moedas virtuais e marketplaces, o sistema tributário ficou obsoleto e tem tirado o sono do Fisco

mudança de cenário

Com queda nos juros, busca por crédito tem o maior crescimento em 9 anos

Desde janeiro, o aumento do número de pessoas que buscaram crédito foi de 10,3%, em relação a igual período do ano passado, segundo a Serasa Experian

dia de otimismo

Ações do Banco Inter sobem forte após possível parceria com Uber

No mês, as units ainda acumulam queda de 7%; segundo a Coluna Broadcast, conversas envolveriam a entrega pela empresa brasileira de estrutura para que a Uber possa oferecer serviços bancários

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements