Menu
2019-07-29T10:09:59+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
sondagem

Confiança da indústria recua para menor nível em 18 meses

Confiança recuou em 11 dos 19 segmentos industriais pesquisados em julho. No geral, a queda do índice foi influenciada pelo Índice de Situação Atual

29 de julho de 2019
10:09
Produção industrial
Produção industrial - Imagem: shutterstock

A confiança da indústria caiu 0,9 ponto em julho ante junho, para 94,8 pontos, o menor nível desde outubro de 2018. Os dados são da sondagem realizada pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e divulgada nesta segunda-feira, 29.

Já em médias móveis trimestrais, o índice recuou pelo quarto mês consecutivo, desta vez em 1,0 ponto.

Segundo a FGV, a confiança recuou em 11 dos 19 segmentos industriais pesquisados em julho. No geral, a queda do índice foi influenciada pelo Índice de Situação Atual (ISA), de 2,2 pontos, para 94,4 pontos.

O Índice de Expectativas (IE) subiu 0,5 ponto, para 95,3 pontos - a primeira alta desde janeiro de 2019. Mesmo assim, a alta do IE foi determinada apenas por um componente do indicador.

Boa ou ruim?

A parcela de empresas que classifica a situação como boa caiu de 19,6% para 11,9%, enquanto a fatia que considera a situação ruim aumentou de 21,1% para 22,7%.

Os outros indicadores que compõem o ISA também tiveram desempenho desfavorável. O indicador que mensura o nível de estoques, por exemplo, caiu 0,6 ponto, para 94,1 pontos, o menor valor desde junho de 2018 (90,2 pontos).

Já a alta do IE foi puxada pelo aumento do indicador que mede o otimismo dos empresários com a evolução do ambiente de negócios nos seis meses seguintes, que avançou 3,3 pontos, para 98,4 pontos - o mesmo nível de maio.

A parcela de empresas prevendo melhora passou de 34,9% para 38,4%. Já aquelas que projetam piora caiu de 13,2% para 10,3%.

O indicadores de produção e emprego previstos para os próximos três meses recuaram 1,4 ponto e 0,3 ponto, respectivamente.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) subiu 0,5 ponto porcentual entre junho e julho, alcançando 75,5%, patamar idêntico ao de outubro de 2018. Em médias móveis trimestrais, o Nuci avançou pela quarta vez consecutiva, em 0,4 ponto porcentual, para 75,3%.

De acordo com a FGV, a edição de julho coletou informações de 1.142 empresas entre os dias 1º e 24 deste mês. A próxima divulgação ocorrerá no dia 26 de agosto, sendo que a prévia será publicada no dia 20 de agosto.

*Com Estadão Conteúdo 

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

atenção

Confiança do consumidor sobe em agosto, mas ainda há cautela, diz FGV

Índice de Confiança do Consumidor subiu 1,1 ponto no mês em comparação a julho, chegando a 89,2 pontos

segue a tensão

China promete novamente contramedidas em reação a tarifas dos EUA

Segundo o porta-voz, apesar da decisão do presidente americano, Donald Trump, de adiar algumas das cobranças, as tarifas violaram um consenso entre as potências

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quinta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Prudência

Cautela no exterior faz Ibovespa operar em queda; dólar sobe a R$ 4,05

O Ibovespa aparece no campo negativo e volta ao patamar dos 100 mil pontos, pressionado pelo tom de maior precaução que toma conta dos ativos globais

Câmbio

BC vende US$ 550 milhões em leilão à vista de dólar

Com venda integral do lote ofertado, não teremos, hoje, o leilão de swap tradicional. Mercado trocou swap por dólar de verdade

no documento

BCE discutiu pacote de estímulos monetários em reunião de julho, mostra ata

Banco Central Europeu também considerou examinar formas de fortalecer sua orientação futura (“forward guidance”) paras os juros

tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

Bienvenido ao paraíso dos especuladores

Enquanto (quase todos) os bancos centrais do mundo reduzem os juros, há uma taxa em escalada aqui do lado. A Argentina subiu seu juro para 74% ao ano diante do pânico dos investidores com a vitória da esquerda nas eleições primárias no início do mês. Poxa, 74% ao ano na renda fixa é uma bolada, […]

será que vai?

Guedes não mostrou proposta de privatização da Petrobras, diz Bolsonaro

Ontem, reportagem disse que o governo quer concluir a venda da estatal até 2022; as ações da Petrobras dispararam

mais um que passou

Câmara aprova projeto que permite posse de arma em toda a propriedade rural

Projeto segue para Bolsonaro sancionar ou vetar; regra atual diz que posse só é permitida na sede da propriedade

Bolsa

Ação da Telebras dispara com privatização no radar, mas não deveria

Com a alta de mais de 60% ontem na bolsa, o valor de mercado da Telebras na bolsa passou para mais de R$ 1,9 bilhão, mas os resultados da estatal nem de longe justificam toda essa euforia. E os minoritários ainda correm o risco de diluição

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements